#d6d6d6
#000000
#000000
#b94867
#d6d6d6
#d6d6d6
#b94867

Papo reto no espelho

Mikayla Nogueira é uma das tiktokers de beleza mais relevantes do momento. À ELLE Brasil, a estadunidense revela como tem lidado com o sucesso repentino e explica a decisão de se manter em Massachusetts, fora do circuito californiano, onde moram os maiores influenciadores de maquiagem do mundo.

PUBLICIDADE

Com mais de 9 milhões de seguidores no TikTok, Mikayla Nogueira é um fenômeno absoluto. Mas, se você pensa que esse número é resultado de anos produzindo conteúdo para a rede social, é aí que você se engana: por sorte ou destino, o primeiro vídeo publicado pela maquiadora, em março de 2020, viralizou, alcançando centenas de milhares de visualizações em apenas algumas horas. Seu talento para maquiagem é inegável, mas o que torna Mikayla realmente memorável é sua maneira genuína de falar sobre beleza – sem papas na língua e sendo quem ela realmente é. Em entrevista à ELLE, ela compartilha um pouco sobre sua história e revela seus maiores segredos como uma das tiktokers de maquiagem mais amadas da plataforma.

Como foi seu primeiro contato com a maquiagem?

Quando comecei a falar sobre maquiagem com a minha mãe, eu tinha por volta dos 10 anos e ela logo me deu um catálogo da Avon. Eu fiquei completamente maluca com a possibilidade de simplesmente marcar ali tudo o que eu quisesse e, obviamente, eu circulei tudo. (risos) Ninguém da minha família estava envolvido com o universo da beleza. Minha mãe nem usa maquiagem! Mas naquele momento eu já sabia que queria fazer isso para o resto da vida.

PUBLICIDADE

Quando isso se tornou um trabalho?

Quando eu tinha 8 anos, meu pai começou a me levar para o trabalho dele – uma casa mal-assombrada, dessas que as pessoas entram para tomar sustos e se divertir. Eu fiquei completamente fascinada com a maquiagem feita no elenco, porque eles faziam uns visuais loucos, de zumbi a palhaço. Quando fiz 15 anos, depois de implorar ao meu pai para que ele me deixasse ajudar o maquiador, ele finalmente concordou. Até os 18, trabalhei ali com maquiagem de efeito especial, enquanto fazia freelance maquiando outras pessoas também. Foi assim que eu comecei, mas nessa época eu já sabia que queria mais.

Quando as redes sociais entraram na equação?

Nunca fui muito popular nas redes sociais. Quase não tinha seguidores, apenas amigos, familiares e só. Quando a pandemia começou, eu estava na faculdade, me formando em comunicação e marketing. Com o isolamento social, basicamente a universidade falou que nós deveríamos arrumar nossas malas, esvaziarmos nossos dormitórios e irmos para casa. Eu estava trancada em Massachusetts e realmente não sabia o que fazer com meu tempo! Até que meu amigo Greg começou a insistir que eu baixasse o TikTok – afinal, era basicamente isso que todo mundo estava fazendo. Nesse mesmo momento, minha mãe, que é assistente social, estava procurando uma solução para ensinar virtualmente os alunos e comentou que todos eles estavam enlouquecendo com o tal aplicativo. Então, acabei baixando. Quase ninguém sabe isso, mas os primeiros vídeos que postei foram da minha mãe dando aulas para os seus alunos. Até o momento em que ela não precisou mais da conta para o trabalho e disse que eu poderia usá-la como quisesse. Então, eu disse a mim mesma: "Bom, não tenho mais nada para fazer, fui demitida do meu emprego, a faculdade foi cancelada... Deixa eu testar esse negócio". O primeiro vídeo que fiz de beleza foi um de transição, onde eu ia da cara limpa à maquiagem completa. Postei o vídeo, desliguei meu telefone e fui ficar com meus pais. Quando finalmente abri meu celular de novo, o vídeo estava com centenas de milhares de visualizações. Não sei se foi sorte ou fé, mas ele explodiu instantaneamente. Fiquei em completo choque.

PUBLICIDADE



Depois que o choque passou, o que você sentiu?

Acho que principalmente confusão. (risos) Porque foi realmente muito aleatório. Durante anos, observei essas enormes gurus de beleza e aspirava ser como elas, mas não sabia como conseguir ou como começar. Então, a "viralização" do meu vídeo acendeu um fogo em mim! Eu só conseguia pensar: "Este é o meu momento. Se eu não aproveitar a oportunidade agora, isso não vai acontecer de novo". Então, comecei a postar vídeos imediatamente. Valeu a pena!

PUBLICIDADE

E qual foi a estratégia para esse início? Porque tudo isso te pegou totalmente desprevenida, não?

Eu tenho um diploma em marketing, então isso ajudou. Mas eu realmente não sabia nada sobre o TikTok. Comecei a consumir conteúdo de outros criadores e percebi que havia um padrão: as pessoas postavam de três a cinco vezes por dia. Mas um criador de beleza também precisa de um nicho – você pode fazer resenhas, tutoriais, vídeos de transição… Você precisa encontrar a sua categoria específica. Mas eu não fazia ideia do que queria porque eu tinha postado um único vídeo que me fez ganhar 100 mil seguidores em um dia e foi uma loucura. (risos) Então, comecei a postar todos os tipos de vídeo para descobrir o que as pessoas gostariam de ver e, para a minha surpresa, elas curtiram de tudo! E é o que eu faço até hoje. Acho que, no final das contas, isso só me mostra que as pessoas me assistem por mim. Elas não se importam com o conteúdo especificamente. Só querem me assistir e eu sou muito grata por isso.

Quando o TikTok virou trabalho?

Esse foi, na verdade, um dos meus maiores dilemas. Me considero uma pessoa inteligente e não ia tomar uma decisão precipitada de simplesmente largar tudo. Comecei em março de 2020 e esperei até outubro do mesmo ano para tomar qualquer tipo de decisão. Foi nesse mês que deixei meu trabalho fixo e a pós-graduação. Inclusive, postei um vídeo no TikTok sobre o assunto, dizendo o quanto eu estava com medo, mas que iria tentar. Esse vídeo também viralizou e várias pessoas me conheceram através dele. Mas, para fazer essa mudança, economizei um ano inteiro de aluguel, porque eu não estava realmente ganhando dinheiro com a rede social naquela época. Demorou até eu conseguir fechar trabalhos com marcas.

"Não é muito divertido conviver com o hate todos os dias. Mas eu tento ignorar porque sei que tenho um impacto na vida de algumas pessoas. Tento tornar minha influência uma boa influência."


Como é a rotina de uma influenciadora de beleza do TikTok?

Sou uma pessoa muito estruturada e acordo às 7 horas todos os dias e filmo imediatamente – não faço mais nada, saio direto do meu quarto para a minha sala de beleza. Faço de três a cinco vídeos por dia, às vezes mais. Normalmente termino até as 14 horas, dependendo de quanto tempo leva para fazer cada make. Depois disso, faço entrevistas, respondo e-mails, faço reuniões com marcas, monto a agenda para o dia seguinte, edito e posto os vídeos. Também tento responder a pelo menos 25% dos comentários, para manter o engajamento. Apesar da quantidade de coisas, para mim é muito importante manter a normalidade na vida, por isso tento desligar essa vida de influenciadora até às 16 horas. Essa é a hora que eu vou cuidar da casa, ficar com meu noivo e fazer coisas de pessoas normais. Mas admito que é difícil realmente desligar. (risos)

Com tanto conteúdo para produzir, como você se mantém criativa?

Acho que essa é a beleza do TikTok – é o aplicativo das trends, então, pessoalmente, adoro quando um produto ou vídeo viralizam. Sempre vou nisso, acho muito divertido participar. Também fico atenta ao que está acontecendo no mundo. Em outubro, fiz muito conteúdo de Halloween. Este mês, tudo com o tema natalino e, agora em janeiro, vou fazer muita coisa no estilo "ano novo, novo eu". Mas também nem todo vídeo que faço é um look completamente novo, até porque isso destruiria totalmente minha pele. (risos) Costumo fazer cinco vídeos de uma mesma maquiagem, de resenha à tutorial, da preparação da pele à sobrancelha.



Você já sentiu pressão para mudar quem você é por causa das redes sociais?

Sim. Às vezes fico um pouco assustada porque vivo nas redes sociais e existem momentos em que sinto que estou me perdendo, que estou seguindo muito as tendências, caindo na toca do coelho, sabe? Tento ficar atenta a isso porque eu simplesmente não quero perder quem eu sou. Esse é um dos grandes motivos pelos quais eu me recuso a me mudar para a Califórnia (Onde está boa parte dos influenciadores.) Eu só quero manter uma vida normal.

Comunicar sobre beleza nos dias de hoje, especialmente no TikTok, não é algo simples. Como você lida com a influência que tem sobre as pessoas que te seguem?

Essa foi provavelmente a coisa mais difícil para mim. Antes, parecia que eu estava apenas sentada com meu celular, postando um vídeo divertido de maquiagem. Levei muito tempo para perceber que, quando eu posto um vídeo, ele impacta muitas pessoas. Por exemplo, quando minha acne estava realmente muito ruim, eu quis mostrar porque queria que todo mundo entendesse que isso não é um problema. Mas às vezes também fico com medo dos comentários — já recebi respostas como "cara de pizza de pepperoni", ou "sua acne é nojenta". Não é muito divertido conviver com isso todos os dias. Mas eu tento ignorar porque sei que tenho um impacto na vida de algumas pessoas. Tento tornar minha influência uma boa influência. Tenho a convicção de que a maquiagem deve ser divertida, e é isso! Ela não deve servir para mudar sua aparência ou te transformar em outra pessoa. Eu usaria literalmente essa sombra verde, que estou usando agora, todos os dias, só para me divertir.



Esse é o seu tipo de maquiagem preferida?

Essa é uma pergunta interessante, porque eu tenho pensado muito sobre isso ultimamente. O que está na moda agora é esse visual natural e brilhante e, por um tempo, eu estava caindo totalmente nessa tendência. Mas percebi que, apesar de esse visual ser incrível, eu sou muito mais dos olhos ousados e loucos. (risos) Eu tenho dedicado tempo para fazer esses looks diferentes e realmente ser eu mesma, porque não quero perder essa parte de mim.

Suas maquiagens evoluíram muito desde o seu primeiro vídeo. Qual foi a coisa mais legal que você aprendeu neste último ano?

Ai, meu Deus, aprendi tanto! Mas acho que foi utilizar produtos cremosos. Durante anos usei muito pó, mas desde o último ano estou me apaixonando pelo blush e pelo iluminador em creme, por exemplo. Acho que eles deixam a pele muito mais fresca e bonita do que quando ela está carregada de pó.

Você tem uma trend favorita do TikTok?

Nossa, acho que, no momento, provavelmente seria o áudio "what's the prob dog", que é para fazer transição de maquiagem. Na verdade, eu amo todos os vídeos de transição. Toda vez que há uma nova trend, eu corro para fazer. É realmente divertido. Em geral, também tem um recurso que eu adoro, que é a tela verde. Com ela, você pode usar vídeos de outras pessoas. Para mim, parece uma espécie de colaboração e, de certa forma, é como trabalhar com outros artistas.