#EDEDED
#000
#000
#EDEDED
#000
#ffffff
#000

Espírito valente

Abrindo cada vez mais espaços para a comunidade LGBTQIA+, Valentina Sampaio está voando alto e, agora, se consagra como o novo rosto da Armani Beauty. No bate-papo a seguir, ela conta sua trajetória no mundo da moda e compartilha seus maiores segredos de beauté.

PUBLICIDADE


Valentina Sampaio é uma força da natureza e, como tal, tem um poder avassalador de abalar estruturas. A modelo brasileira foi a primeira mulher trans a trabalhar com a Victoria's Secret e a estrelar uma capa da publicação estadunidense Sports Illustrated Swimsuit Issue. Quando Valentina ocupa esses espaços, ela coloca em xeque o status quo e abre o caminho para que o mercado se transforme junto com ela. "A beleza é subjetiva. Significa coisas diferentes para pessoas diferentes, mas acredito que, no limite, ela seja um tipo de transmissão da nossa essência", diz em entrevista à ELLE.

Foto: Lufre

Agora, a modelo, que nasceu em uma pequena aldeia de pescadores no Ceará, está mais do que pronta para dominar o mundo. Em 2021, ela se junta aos atores Cate Blanchett e Ryan Reynolds como rosto da Armani Beauty. "Isso significa muitas coisas para mim. Faz com que eu me sinta vista, aceita e valorizada pelo que eu sou, como pessoa e também como profissional. É um grande passo coletivo na celebração do direito da comunidade trans de viver e trabalhar com dignidade." Aqui, a modelo revela como foram seus primeiros passos no mundo da moda e o que espera para o futuro. Além de abrir o coração, ela abre também o nécessaire e compartilha seus maiores segredos de beleza.

PUBLICIDADE

Como a carreira de modelo aconteceu para você? Essa sempre foi uma vontade sua?

Na verdade, eu cresci querendo ser designer de moda. Eu amo o processo de criação de roupas. O trabalho como modelo foi algo que aconteceu organicamente, como consequência do estudo de design de moda na universidade. Quando tentei ser modelo, me apaixonei pela experiência. Foi esse amor que me apoiou nos dolorosos desafios que enfrentei quando as pessoas tinham medo de trabalhar comigo por eu ser trans, chegando até a me demitirem por causa disso. Fico muito feliz porque, apesar de algumas experiências humilhantes e traumatizantes, nunca desisti.

"Eu gostaria de ver um compromisso mais profundo por parte das empresas em abraçar a diversidade por meio do desenvolvimento de produtos, seleção de embaixadores das marcas, nas campanhas etc."


Foto: Divulgação Armani Beauty

Apesar das mudanças que vêm acontecendo nos últimos tempos, o mercado da moda ainda pode ser cruel em relação a padrões de beleza. Isso a impactou de alguma forma?

A indústria da moda pode ser muito difícil. Houve muitos momentos em que pessoas e marcas fizeram com que eu me sentisse mal com minha aparência em castings. Houve ocasiões em que as pessoas olharam para mim e fizeram comentários como: "Nada fica bem em você", “Você precisa ser mais magra”, “Você precisa ser mais alta”, entre outros. Acontece também de dizerem uma coisa na minha cara, mas transmitirem um senso de julgamento muito mais negativo com tom de voz e linguagem corporal.

PUBLICIDADE

A nossa concepção de beleza também vem se transformando, com cada vez mais representatividade e inclusão. Como você vê essa mudança acontecendo?

Percebo que um progresso positivo está acontecendo no reconhecimento da beleza e do valor da inclusão e da diversidade. Devemos nos apoiar e apoiar também os outros para nos sentirmos livres para ser quem realmente somos. A beleza está em toda parte e é diversa. Eu gostaria, contudo, de ver um compromisso mais profundo por parte das empresas em abraçar isso por meio de desenvolvimento de produtos, seleção de embaixadores das marcas, campanhas etc.

Foto: Divulgação Armani Beauty

Você pode compartilhar com a gente um pouco da sua rotina de beleza? Tem algum ritual do qual você não abre mão?

Após o banho, sempre limpo minha pele e invisto meu tempo hidratando cuidadosamente meu corpo. Para o meu rosto, adoro o Crema Nera, da Armani. Ele deixa minha pele incrivelmente hidratada e brilhante. Fora isso, tomo muita água. Hidratação é tudo!

Quais são seus produtos favoritos de maquiagem, cabelo e skincare?

O hidratante Crema Nera, a base Luminous Silk Foundation, o corretivo Power Fabric Concealer e o primer Luminous Silk Primer – todos da Armani. Para o cabelo, fico trocando de xampu e máscara. Uma marca de que gosto muito é a Kérastase. Como leave-in, vou de Oribe. E, sempre que posso, aplico alguma máscara de hidratação após o xampu nas lavagens!

O que q deixa mais confiante nos dias em que a autoestima está um pouco mais baixa?

Manter os pés no chão, ser grata e acreditar na minha capacidade de sempre continuar crescendo e criando sem limites. O verdadeiro autocuidado vai além do que se pode fazer ao cuidar do corpo físico. É sobre se conectar consigo mesma e meditar para limpar e acalmar a mente. Fazer o que gosto também me traz alegria e me dá a sensação de paz. Eu me sinto mais bonita quando estou com o pé no chão.

Você já conquistou muito em sua carreira. O que você ainda espera fazer?

Eu adoraria atuar novamente em um filme no qual me sinta profundamente conectada, que tenha uma mensagem inspiradora. Gostaria de cocriar uma coleção com uma marca que contribua para instituições de caridade transrelacionadas. E, eventualmente, gostaria de criar uma casa ou instituição no Brasil que apoie a comunidade trans com benefícios de saúde, serviços jurídicos, educação e oportunidades de trabalho digno.