PUBLICIDADE

A Balenciaga revelou o lookbook da coleção pre-fall 2021. Cada um dos 58 looks foi fotografado em estúdio e, posteriormente, aplicado digitalmente em frente a famosos pontos turísticos do mundo, como a Torre Eiffel e a Torre de Pisa. A ideia, aqui, tem duplo sentido: de um lado se conecta aquela ideia e estética de turista, tida como de mau gosto por muitos (e já explorada por Demna Gvasalia, diretor criativo da maison), do outro, a saudade de viajar o mundo, em um momento em que fronteiras são fechadas e restrições de locomoção e contato social seguem em curso, devido à pandemia da Covid-19.

A coleção é unissex, composta por peças de fácil reconhecimento: aqueles básicos não básicos pelo quais Demna ficou conhecido. Tem ainda, como era de se esperar, as silhuetas exageradas, os casacos e vestidos volumosos que são a assinatura da marca. Tudo feito a partir de tecidos upcycled, reciclados ou com origem e produção certificada.

Entre as novas, uma releituras dos moletons estilo hoodie e camisetas da GAP, causaram certa polêmica nas redes sociais. O motivo foram as palavras gay pride no lugar do logo da marca norte-americana. A ideia, segundo o próprio estilista foi, era lutar contra a homofobia. "Cresci em uma sociedade em que eu não poderia usar essas roupas, e ainda existem lugares no mundo em que não se pode fazer isso hoje", disse Demna, em entrevistas à imprensa. "Eu não sou alguém que sai na rua e começa a gritar, mas esse é o ativismo político com a moda que posso fazer."

PUBLICIDADE

Para alguns, porém, a brincadeira bem humorada com o nome de uma etiqueta estadunidense, a aparente ausência de um apoio efetivo à causa e seus membros e a representatividade limitada, não foram as melhores formas de exaltar a diversidade e orgulho LGBTQIA+.


Para marcar o lançamento da nova coleção, a Balenciaga também divulgou um vídeo no YouTube. O Feel Good Video reúne três minutos de cenas de praias, surfistas, montanhas, cavalos correndo no campo, golfinhos, águas-viva, a Aurora Boreal, lençóis secando ao vento, confraternizações entre amigos e família e cenas de pessoas aplaudindo o trabalho dos médicos de dentro de suas casas. O compilado termina com uma aglomeração de pessoas soltando lanternas de papel no ar. As imagens, no caso, partiram de um estudo responsável por apontar cenas capazes de fazer as pessoas se sentirem bem ou, simplesmente, calmas.

Paralelamente, a marca inaugurou sua primeira loja no Brasil. Ela fica em São Paulo, no Shopping JK Iguatemi. A abertura, prevista par ao início de março, foi atrasada devido às restrições sanitárias para controle da Covid-19. Para "suprir" o contratempo, a Balenciaga foi lançada, antes, na plataforma Iguatemi 365, que reúne artigos dos lojistas da rede de shoppings. Com o afrouxamento das regras, contudo, o ponto de venda abriu as portas no último, dia 18 de abril.

PUBLICIDADE

Na última semana, a Balenciaga lançou uma coleção em parceria com a Gucci, para comemorar os 100 anos da marca italiana. Saiba tudo sobre ela aqui!


Para celebrar o seu centenário, a Gucci desfilou uma parceria histórica com a Balenciaga. Neste episódio, falamos um pouco mais dessa coleção e damos um giro nas principais notícias da semana: do desfile secreto da Bottega Veneta, que irritou as redes sociais, à valorização da Hering no mercado após recusar uma fusão com a Arezzo.


A Balenciaga lançou um game para apresentar a sua nova coleção. Neste episódio, a gente comenta o jeito completamente novo de mostrar uma temporada e aproveita para mergulhar na história dessa casa que sempre olhou para o futuro.


Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE