Cadastre-se em nossa newsletter para ler este e outros artigos.

Doses semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas os lançamentos da ELLE!
Inscreva-se gratuitamente.

  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER
  • O melhor da ELLE direto no seu inbox! Inscreva-se gratuitamente.
  • INSCREVA-SE AQUI

Unhas "por fazer" se popularizam na quarentena

PUBLICIDADE

Foi só começarmos a falar em isolamento social para a manicure Gi Carmago, de São Paulo, receber uma enxurrada de mensagens de clientes desesperadas por não poderem mais marcar as clássicas sessões semanais para cuidar das unhas. "Elas me escreviam pedindo socorro, pois as unhas estavam quebrando, ficando ressecadas e muitas não tinham a prática para arrumar", conta a especialista. Diante de diversos pedidos de ajuda, ela começou a dar dicas de cuidados para manter o aspecto saudável em casa. O visual supercolorido dos esmaltes, das unhas de gel, acrílico ou porcelana, no entanto, foi ficando de lado para a maioria das pessoas, que preferiram não se arriscar na missão.

O período de isolamento vem se alongando e, com isso, nos deparamos com este "novo normal": unhas por fazer. De uma hora para outra, aceitamos o fato de não estar com as unhas feitas o tempo todo e fomos deixando de lado a esmaltação, unhas de gel, de acrílico ou decoradas.. Essa realidade virou tendência mundial – estamos falando das naked nails (unhas nuas, na tradução literal).

A falta do esmalte que tanto causou estranhamento para umas, foi motivo de surpresa positiva para outras, que perceberam suas unhas mais fortes e saudáveis longe da química. "A unha precisa ser hidratada e cuidada assim como as outras partes do corpo. Livre de esmalte, fica mais fácil incluir o hábito na rotina", diz a dermatologista Nura Ayoub, de São Paulo.

PUBLICIDADE

Mesmo com a abertura dos salões, muita gente optou por não se expor ao risco e, por incrível que pareça, acabou se acostumando com o visual natural. Por outro lado, houve quem saiu correndo para retomar o hábito de beauté. "No Brasil temos a cultura do esmalte. Para muitas mulheres, esmaltar as unhas significou um rito de passagem marcando o início da fase adulta. Esse hábito tão enraizado entre nós, brasileiras, também traz uma herança do patriarcado. É mais uma maneira de aprisionar as mulheres pelos padrões impostos pela indústria, que continua ditando que é necessário usar esmalte, batom, etc", diz a psicanalista e consultora de imagem, Miriam Lima.

"A unha precisa ser hidratada e cuidada assim como as outras partes do corpo. Livre de esmalte, fica mais fácil incluir o hábito na rotina", Nura Ayoub

O momento vai muito de encontro ao trecho do livro "O mito da Beleza", em que a autora feminista e jornalista Naomi Wolf escreve: "A verdadeira questão não tem a ver com o fato de nós mulheres usarmos maquiagem ou não, ganharmos peso ou não, nos submetermos a cirurgias ou evitarmos, nos trajarmos com esmero ou não, transformamos nosso corpo, nosso rosto e nossas roupas em obras de arte ou ignorarmos totalmente os enfeites. O verdadeiro problema é nossa falta de opção". A tendência naked nails veio para mostrar que, mesmo que por vias tortas, passamos a ter opção.

PUBLICIDADE

"Entre outras coisas, a pandemia nos trouxe a possibilidade de libertação de padrões", afirma Miriam. "E como qualquer rompimento de padrão, uma parte das pessoas se sentiu livre e à vontade, outra parte estranhou e, provavelmente, assim que possível voltará à rotina habitual", completa a psicanalista.

Uma coisa é fato: a valorização do natural é uma tendência cada vez mais forte e já prevista no mundo da moda e beleza. "Temos uma variedade cada vez maior de itens de cuidados com a saúde das unhas e não apenas esmaltes, como óleos, hidratante, regeneradores e itens específicos para o cuidado das cutículas", diz a manicure Cleonice Abreu, de São Paulo.

Embora simples e natural, o aspecto livre de esmalte pede um cuidado extra com a higiene e saúde das unhas. Ter um arsenal caprichado desses produtos em casa ajuda na manutenção do visual mais clean.

E como cuidar das unhas naturais?

Escudo Protetor

"Escolha um hidratante para mãos e unhas com ativos emolientes, como ceramidas e fosfolipídeos", sugere Nura Ayoub. O contato com produtos químicos no dia a dia, água quente, o próprio movimento e manuseio de itens com as mãos vão gerando pequenos danos que, quando acumulados, podem se manifestar em forma de: quebra, rachadura e ressecamento. Quanto mais bem hidratadas e protegidas estiverem suas unhas, menores esses efeitos.

Base aliada

Cada unha tem uma necessidade diferente e entender quais são as demandas das suas unhas é essencial para a escolha da base ideal. Se ela estiver frágil e quebradiça, por exemplo, você precisa de ativos fortificantes como formoldeído e dimetilureia (sob prescrição médica). Mas unha fraca também pode ser sinal importante de algum déficit nutricional ou problema hormonal. Observe e converse com o seu médico para entender o melhor tratamento para você, ok?

Cutícula: fica ou sai?

Já é sabido que elas compõem uma barreira protetora natural das unhas e que quanto mais retiramos essa pele, mais elas insistem em nascer. "Eu recomendo tirar somente o excesso que realmente estiver incomodando e somente se tiver um bom alicate e prática para isso. Remover em excesso pode acabar abrindo espaço para a entrada de bactérias prejudiciais para a saúde das unhas", diz Cleonice.

Pílulas da beleza

Suplementos via oral ajudam a manter a saúde das unhas em dia? "Uma dieta balanceada com boa ingestão de proteínas faz toda a diferença. Quem tem algum déficit nutricional pode se beneficiar com a suplementação de biotina, colágeno, ômega 3 e silício orgânico", afirma Nura.

Skincare para as unhas

A pele das unhas e das mãos demandam um cuidado ainda maior por estarem em contato frequente com álcool gel e sabonete, que acabam piorando o ressecamento. Nada mais justo, portanto, do que fazer deste o seu novo ritual de beauté. "Gosto muito do resultado de uma massagem rápida nas unhas, com óleo de amêndoas, feita com movimentos circulares", ensina Gi Camargo.

Wishlist: os melhores produtos para cuidar das unhas

Fortificante Mavala Scientifique, R$ 83,58

Com formoldeído, restaura as unhas quebradiças ou com descamação

Cera Nutritiva Unhas e Cutículas, Granado, R$ 31,50

Enriquecida com óleos vegetais, extrato glicólico de aveia e vitamina E, hidrata e fortalece tanto as unhas, quanto as cutículas.

Cera Nutritiva Natural Vegano Unhas e Cutículas, Twoone Onetwo, R$ 15

Traz óleos vegetais como gergelim, macadâmia e oliva, vitamina E e manteiga de murumuru, para o cuidado diário das unhas.

Creme Mãos e Unhas, Caudalie, R$ 99

Feito com ativos antioxidantes provenientes da uva, manteigas de karité e de abacate, creme nutre, protege e repara as mãos e unhas.

Base Nutritiva Bela e Hidratada para Durar, Dailus, R$ 10,90

Com óleo de coco, devolve o aspecto saudável as unhas com acabamento brilhante e secagem rápida.


Maior resistência e esmaltes intactos por um mês. Esses são os principais benefícios das unhas artificiais – além de serem ultraestilosas. Entenda a diferença entre unhas de gel, acrílico, fibra e outros termos.


A artista transdisciplinar Cyshimi conta como a técnica milenar de adornar as unhas se tornou um fenômeno da cultura pop contemporânea.


Sucesso mundo afora, os cosméticos em monodoses começam a chegar em peso por aqui prometendo praticidade e alta performance em tratamentos capilares ou de skincare.

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE