• ASSINE NOSSA NEWSLETTER
  • O melhor da ELLE direto no seu inbox! Inscreva-se gratuitamente.
  • INSCREVA-SE AQUI
Cultura

Onde ler e assistir às histórias de Elena Ferrante

A filha perdida, romance da italiana, ganha adaptação pela Netflix no próximo dia 31.12, protagonizada por Olivia Colman e Dakota Johnson. Relembre a obra da autora best-seller e as séries e filmes baseados em seus livros.

Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

Com mais de 16 milhões de livros vendidos, Elena Ferrante consegue nos hipnotizar com narrativas densas e profundas sobre questões íntimas enfrentadas pelas mulheres ao longo da vida. Isso somado ao mistério em torno da identidade da escritora, que assina com pseudônimo e dá raras entrevistas. É sempre um frenesi quando uma adaptação de livro para filme ou série da autora italiana é anunciada. Ler Ferrante é viciante assim como assistir às suas histórias.

My brilliant friend, série da HBO lançada em 2018, manteve a qualidade da aclamada Tetralogia Napolitana, o que só fez aumentar o interesse do público para ver outros livros ganhando as telas. O próximo da lista é A filha perdida, filme que estreia em 31.12, na Netflix. E outras produções estão sendo desenvolvidas.

A seguir, damos o caminho para ler seus textos e assistir às adaptações no cinema e no streaming das histórias criadas por ela, tanto para quem já faz parte da Ferrante Fever (Febre Ferrante, em português) quanto para quem quer embarcar nessa jornada:

Livros de Elena Ferrante publicados no Brasil

Foto: Reprodução

Tetralogia Napolitana

A série best-seller que a alçou à fama internacional é toda contada pela perspectiva de Elena Greco (Lenu), a partir de memórias ligadas à sua melhor amiga de infância Rafaella Cerullo (Lila). Já idosa, ela recebe uma ligação do filho de Lila dizendo que a mãe está desaparecida, o que a motiva a escrever sobre a relação das duas e sobre as outras famílias que viviam no bairro pobre de Nápoles, onde ambas cresceram na segunda metade do século 20.

A amiga genial (2011)

Editora Biblioteca Azul (2015)

O livro que abre a tetralogia mostra como Lenu ficou mexida com a chegada de Lila à sua escola e à vizinhança. Se antes era a aluna mais inteligente da turma, agora ela encontra uma colega à sua altura, o que gera encantamento e um senso de disputa. Apaixonadas pela escrita, as duas rapidamente se aproximam em uma relação que mistura companheirismo, rivalidade velada, brigas e muitos planos. O enredo evolui até a adolescência, quando relacionamentos amorosos e questões relacionadas à sexualidade também ganham destaque.

Filme "A filha perdida"

Filme A Filha Perdida

Foto: Divulgação / Netflix

Na aguardada versão cinematográfica do livro A filha perdida (Netflix), a protagonista Leda é interpretada pela premiada Olivia Colman, vencedora do Oscar, Emmy e Globo de Ouro e conhecida por sua atuação como a rainha Elizabeth II na terceira e na quarta temporada de The Crown.

Maggie Gyllenhaal faz a sua estreia como diretora e foi também a responsável por adaptar o romance de Ferrante. Dakota Johnson (50 tons de cinza) interpreta Nina, Peter Sarsgaard (Boys don't cry) é o professor Hardy, Paul Mescal (Normal people) faz Will e Oliver Jackson-Cohen (The Haunting of Bly Manor) vive Toni.

Série "My brilliant f​riend"

\u200bPrimeira imagem divulgada da terceira temporada de My brilliant friend

​Primeira imagem divulgada da terceira temporada de "My brilliant friend"

Foto: Divulgação / HBO Max

Os fãs da Tetralogia Napolitana ficaram em êxtase quando a HBO anunciou que faria uma série de televisão sobre a história de Lenu e Lila em parceria com o canal italiano RAI e o serviço TIMvision. A primeira temporada foi ao ar em 2018 e a segunda em 2020, ambas disponíveis na HBO Max. A terceira será lançada no dia 28 de fevereiro na plataforma.

Cada uma delas mostra os acontecimentos referentes a um livro. A primeira foca em A amiga genial, a segunda em História do novo sobrenome e por aí vai. Como o volume de estreia teve grande repercussão, a produção acabou recebendo o título original, em inglês, My brilliant friend (quando for fazer a busca na plataforma de streaming, digite dessa forma, senão, a série não aparece).

O elenco é inteiramente italiano e os diálogos são na língua italiana ou no dialeto de Nápoles, como narrado no livro. O roteiro é fiel à história original e a recepção tem sido bastante positiva – a média de aprovação é 96% no Rotten Tomatoes, site que reúne críticas de filmes e séries.

Série "A vida mentirosa dos adultos"

Antes da estreia de A filha perdida, a Netflix apostou em mais uma obra de Ferrante. Em maio de 2020, a plataforma de streaming anunciou que está produzindo uma série baseada em A vida mentirosa dos adultos, em parceria com a produtora italiana Fandango. O elenco ainda não foi anunciado e não há previsão de estreia.

Filme "Dias de abandono"

Antes mesmo de todo o hype mundial de Ferrante provocado pela Tetralogia Napolitana, o cineasta italiano Roberto Faenza já havia feito um longa baseado em Dias de abandono. Lançado em 2005, o drama é protagonizado pela premiada atriz italiana Margherita Buy e foi vencedor do Globo d'oro, prêmio italiano de cinema. Infelizmente, não está disponível no Brasil em plataformas de streaming.

Outra má notícia para quem é fã do livro é que a HBO havia anunciado no início deste ano um longa sobre o sofrimento de Olga com Natalie Portman como protagonista. Mas em agosto foi anunciado que a atriz, que também era produtora-executiva do filme com Ferrante, deixaria a produção por problemas pessoais e o projeto foi cancelado.

Coluna no The Guardian

Coluna do The Guardian

Foto: Reprodução

O ano de 2018 foi ótimo para os fãs de Ferrante: a escritora ganhou uma coluna semanal no The Guardian. Conhecida por seus romances densos, a ideia de textos mais curtos e periódicos surpreendeu a todos. Em 19 de janeiro de 2019, ela publicou seu último texto no jornal britânico, relatando que embarcou nessa ideia como um desafio, já que estava com medo de não dar conta dos prazos e de precisar escrever mesmo sem ter vontade.

Deu certo, mas a autora decidiu focar em outros projetos. Os textos, no entanto, seguem disponíveis na versão online da publicação.

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE

A ELLE Brasil utiliza cookies próprios e de terceiros com fins analíticos e para personalizar o conteúdo do site e anúncios. Ao continuar a navegação no nosso site você aceita a coleta de cookies, nos termos da nossa Política de Privacidade.

Assine nossa newsletter

Doses Semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas as novidades e lançamentos da ELLE no seu inbox.
Increva-se gratuitamente.