PUBLICIDADE

Houve um tempo, nos balcões de check-in das companhias aéreas, em que a única preocupação financeira que o passageiro tinha em relação às suas malas era a de evitar a taxa pelo excesso de bagagem. A situação mudou e malas, maletas e afins pesam cada vez mais no bolso do consumidor.

Com isso, muitos viajantes têm descoberto as vantagens de viajar leve, com uma mochila ou malinha de mão minimalista: além de se livrar do custo pelo despacho de bagagem, o ritual de embarque e desembarque fica muito mais rápido. E, no final das contas, é um exercício que pode ajudar você a rever o que é realmente essencial.

Em trechos nacionais, as companhias aéreas brasileiras não cobram pelas malas que podem ser colocadas no bagageiro superior da cabine. No caso da Gol Linhas Aéreas, a mais popular em voos nacionais, as dimensões são de 55 cm x 25 cm x 35 cm (incluindo rodas, alças etc), com peso máximo de 10 kg. Algumas empresas europeias e estadunidenses também não cobram pela bagagem de mão. Mas são pouquíssimas.

Em voos internacionais de empresas low cost é mais comum, atualmente, permitir que o passageiro viaje, sem pagar qualquer custo adicional, apenas com uma mala de item pessoal, que deve caber e ser colocada embaixo do assento à frente do passageiro. Assim, o desafio é maior. A RyanAir, a companhia de voos baratos mais conhecida, permite que o cliente viaje com uma bolsa média, de dimensões 40 cm x 20 cm x 25 cm.

PUBLICIDADE

Nem sempre é necessário que a mochila esteja dentro do tamanho estabelecido, mas o ideal é não enchê-la a ponto de ficar volumosa demais e não caber dentro do “gabarito” da empresa. Por isso, é preciso pensar bem no acessório que vai ser usado e como ele vai ser organizado.

Seja no bagageiro superior ou sob o assento, encontrar uma mala que atenda às medidas das linhas aéreas e também às necessidades dos viajantes não é uma tarefa fácil. Mas a gente ajuda: reunimos aqui opções de malas e mochilas para quem quer viajar leve. Boa viagem!

Para colocar sob o assento

Foto: Divulgação

Mochila Fjallraven Kanken para laptop de 13 polegadas. Dimensões: 35 x 25 x 16 cm. Preço: R$ 1.924, na Amazon.

Uma das favoritas de quem viaja em companhias de voos baratos. A mochila foi feita, inicialmente, para quem precisa andar com o notebook, mas o fato de ela ser quadrada e ter o fundo rígido permite que seja fácil organizar uma mala para uma viagem de fim de semana.

Malas de cabine

Bolsa de viagem com rodinhas Thule Subterra 36L. Dimensões: ‎20,32 x 35,56 x 55,88 cm. Preço: R$ 2.958, na Amazon.

A bolsa pode parecer pequena, mas ela consegue abrigar muita coisa graças aos seus bolsos internos: um, impermeável, evita acidentes que podem arruinar a sua bagagem, enquanto outro, mais rígido, pode proteger seus óculos de sol. Há, ainda, espaço para o notebook e alças para levar a mala como mochila nas costas.

Preços pesquisados em janeiro de 2022 e sujeitos a alteração.

Os produtos incluídos nesta reportagem foram selecionados pela nossa equipe e contêm links para sites parceiros. Caso você compre produtos linkados no nosso site, podemos receber uma comissão.

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE

A ELLE Brasil utiliza cookies próprios e de terceiros com fins analíticos e para personalizar o conteúdo do site e anúncios. Ao continuar a navegação no nosso site você aceita a coleta de cookies, nos termos da nossa Política de Privacidade.

Assine nossa newsletter

Doses Semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas as novidades e lançamentos da ELLE no seu inbox.
Increva-se gratuitamente.