PUBLICIDADE

A temporada de desfiles Outono/Inverno está chegando! Neste ano, ainda por causa da pandemia de coronavírus, as principais semanas de moda do mundo adotarão o formato digital como carro-chefe — ainda que com algumas exceções. Para te ajudar a se organizar, a ELLE preparou um guia para os próximos grandes desfiles, que começam já na próxima semana. Confira!

Semana de moda de Milão

A Semana de Moda Masculina de Milão começa já nesta sexta-feira, 15 de janeiro, e vai até o dia 19, abrindo a temporada de desfiles deste ano. Das 37 marcas que irão participar, apenas 5 terão desfiles físicos – entre elas a aguardada colaboração do estilista Raf Simons com a Prada, que acontece em 17 de janeiro, e marca a segunda coleção da parceria. Leia a resenha da primeira aqui.

A Semana de Moda de Milão, prevista de 23 de fevereiro a 1 de março, pretende misturar o formato físicos com o virtual. Neste ano, apenas 40 marcas participarão do evento, número enxuto comparado aos anos anteriores.

Mesmo os desfiles ao vivo, no entanto, contarão com pouca ou nenhuma plateia, caso da Fendi, Dolce & Gabbana e Etro.

Semana de Moda e de Alta Costura de Paris

A temporada de desfiles de Paris começa agora em janeiro e termina apenas em março.

Entre 19 e 24 de janeiro, a Semana de Moda Masculina de Paris apresenta as coleções de Outono/Inverno 2021/2022, que chegarão às lojas na Europa e América do Norte a partir de setembro e, no Brasil, na metade de 2022. Entre os destaques, estão as marcas Louis-Gabriel Nouchi, Arturo Obegero, Basscoutur e Valette Studio, Kolor, Taakk e Kidill, Wales Bonner. A abertura ficará a cargo da grife Berluti, e o encerramento será feito pela Celine.

Já a Semana de Alta Costura de Paris acontece de 25 a 28 de janeiro. Entre os highlights do evento estarão Alber Elbaz, ex-estilista da Guy Laroche, Saint Laurent e Lanvin, agora à frente da AZ Factory; e a estreia do artista e estilista norte-americano Sterling Ruby, um dos maiores colaboradores de Raf Simons. Por causa da pandemia de coronavírus, no entanto, os estilistas londrinos Tamara Ralph e Michael Russo cancelaram sua participação no evento.

Ambos eventos deverão acontecer sem plateia, segundo nova orientação Fédération de la Haute Couture et de la Mode, órgão regulador responsável. As grifes poderão desfilar seus modelos na passarela, mas de portas fechadas para o público, e transmitindo-os pela internet.

A Semana de Moda de Paris prevê a conclusão do circuito internacional de 1 a 9 de março, mas a data ainda pode sofrer alteração.

Semana de Moda de Nova York

A Semana de Moda de Nova York está marcada para acontecer entre 15 e 17 de fevereiro. Como em 2020, o evento terá apenas três dias de duração, medida preventiva adotada pelo governo do Estado de Nova York para conter a pandemia de coronavírus. O calendário de desfiles ainda não foi divulgado.

Semana de Moda de Londres

A Semana de Moda de Londres será multiplataforma neste ano. Entre 19 e 23 de fevereiro, o público poderá assistir aos desfiles pelo site www.londonfashionweek.com, que contará também com fotos das coleções, entrevistas com designers, podcasts e e-commerce.

O Reino Unido vive, atualmente, um terceiro lockdown, imposto a fim de conter a disseminação de uma nova variante do coronavírus encontrada no país. Em entrevista nesta quarta-feira, 13.01, o primeiro ministro britânico, Boris Johnson, disse não ter expectativa de flexibilizar a quarentena pelo menos até a metade de fevereiro.



A semana de moda de Paris e grandes marcas de luxo ensaiam uma retomada dos desfiles ainda neste ano.


Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE