Cadastre-se em nossa newsletter para ler este e outros artigos.

Doses semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas os lançamentos da ELLE!
Inscreva-se gratuitamente.

  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER
  • O melhor da ELLE direto no seu inbox! Inscreva-se gratuitamente.
  • INSCREVA-SE AQUI
PUBLICIDADE

Faz um ano que Walério Araújo tenta comemorar os 30 anos de sua carreira. A ideia original era fazer um grande desfile, obviamente seguido de uma festa maior ainda, no ano passado. Como sabemos, o micróbio não deixou e o presidente nada faz para que possamos ter qualquer tipo de comemoração digna. Pois ele cansou de esperar e decidiu celebrar como podia: em vídeo, com alguns poucos amigos e modelos (todos devidamente testados), enaltecendo o que há de mais essencial em sua história e estilo.

É difícil falar do estilista e não pensar em fervo, carnaval, boys e algumas das personalidades mais divinas e emblemáticas da noite (de São Paulo e do Brasil). Eloína dos Leopardos é uma delas. No vídeo apresentado no domingo, 27.06, ela aparece chiquíssima de vestido de veludo preto com babados rosa no decote. Tem ainda Renata Bastos, em versão showgirl, Bianca Dellafancy, com franjas nas cores do arco-íris, Filipe Catto e Vivi Orth com look em referência à famosa coleção Pérolas Aos Porcos.

Como nem só de festa, otim e ocó vive o ser humano, momentos afetivos e familiares também estão presentes nesse vale a pena ver de novo das modas. Maria do Carmo, sua mãe, e Mazé, sua cachorra de 14 anos, são homenageadas com estampas em vestidos e blusas. Referências religiosas de seus avós aparecem no look inspirado na imagem de Padre Cícero, vestido por Johnny Luxo, e no de Aretha Sadick. O Edifício Copan, sua casa há décadas em São Paulo, Janaína Rueda, amiga e chef do Bar Da Dona Onça, e Exu também marcam presença, física e figurativa.

PUBLICIDADE

Por muito tempo, boa parte do mercado de moda menosprezou o trabalho de Walério por ser subversivo, sexual ou extravagante demais. E de fato é. Ainda bem! Alguns dos assuntos em pauta hoje, tratados de maneira quase oportunista por muitos, sempre estiveram genuína e naturalmente presentes nas roupas e processo criativo do estilista. A celebração de seus 30 anos de carreira, ainda mais na SPFW, é um tardio e muito bem-vindo reconhecimento do seu valor e potencial – além de uma lembrança do quanto estamos saudosos por dividir pistas de danças com o dono de um dos sorrisos e risadas mais debochados do métier. Vida longa!

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE