Cultura

O melhor do streaming em julho

Além do final épico da quarta temporada de Stranger Things, o mês conta com a estreia Spencer, estrelado por Kristen Stewart, uma adaptação de Persuasão e a série The girl from Plainville.

O melhor do streaming em julho
PUBLICIDADE

O mês de julho chega com o lançamento dos episódios finais da quarta temporada de Stranger Things, uma nova série estrelada por Elle Fanning e Chloë Sevigny, uma adaptação de Jane Austen e um filme sobre a princesa Diana. Confira:

Stranger Things, 4ª temporada, volume 2 (Netflix)


Com episódios mais longos e seu elenco crescido, a quarta temporada de Stranger Things adicionou mais mistério à trama criada pelos irmãos Matt e Ross Duffer. Desta vez, as referências oitentistas vão desde o filme A hora do pesadelo (1984) até “Running Up That Hill”, música que colocou Kate Bush de volta ao topo das paradas depois de 37 anos, após ter sido usada na trilha sonora da série. Já o volume dois da aventura chega à Netflix nessa sexta e promete, de acordo com os roteiristas, uma contagem de corpos. Isso porque o vilão da temporada, Vecna (Jamie Campbell Bower), está ficando cada vez mais forte, enquanto a turma de adolescentes de Hawkins se prepara para enfrentá-lo no Mundo Invertido e Eleven (Millie Bobby Brown) continua tentando recuperar seus poderes.

Estreia em 01.07.

Spencer (Amazon Prime Video)


Depois de Naomi Watts, Emma Corrin e muitas outras, chegou a vez de Kristen Stewart, estrela da saga Crepúsculo, dar vida a Lady Di nos cinemas. O longa dirigido pelo chileno Pablo Larraín (Jackie) mistura realidade e fantasia (com toques sombrios) ao recontar as férias de Natal da princesa Diana junto com a família real britânica, dias antes dela pedir o divórcio do príncipe Charles (Jack Farthing). A caracterização caprichada e a interpretação de Stewart ainda renderam à atriz sua primeira indicação ao Oscar.

Estreia em 01.07.

The girl from Plainville (Starzplay)


Baseada em um caso real que chocou os Estados Unidos em 2014, a minissérie acompanha a jovem Michelle Carter, interpretada por Elle Fanning (que também assina a produção-executiva), condenada por homicídio após ter enviado mensagens de texto incentivando que seu namorado, Conrad Roy III (Colton Ryan), tirasse a própria vida. O elenco ainda conta com Chloë Sevigny (Meninos não choram) e Cara Buono (Stranger Things).

Estreia em 10.07.

Persuasão (Netflix)


Escrito por Jane Austen (Orgulho e preconceito), Persuasão apresenta a história de Anne Elliot, uma mulher que deixou o amor de sua vida escapar, mas que anos mais tarde ganha uma segunda chance com ele, desde que esteja disposta a enfrentar os dilemas morais da sociedade inglesa do século 19. Repleto de críticas sociais, o romance foi o último trabalho completo de Austen e ganha adaptação como filme, via Netflix, com Dakota Johnson (A filha perdida) como protagonista.

Estreia em 15.07.

Agente Oculto (Netflix)


A superprodução da Netflix inclui Ryan Gosling no papel do agente da CIA Court Gentry, também conhecido como Agente Oculto. Além dele, o thriller dirigido por Anthony e Joe Russo também conta com Chris Evans (Capitão América: o primeiro vingador), Ana de Armas (Águas profundas) e o brasileiro Wagner Moura, capa do volume 6 da ELLE Brasil.

Estreia em 22.07.

Crimes do futuro (Mubi)


O filme marca o retorno de David Cronenberg à direção depois de quase dez anos, e traz no elenco Viggo Mortensen (O senhor dos anéis), Léa Seydoux (Azul é a cor mais quente) e Kristen Stewart. Incômodo e crítico – assim como boa parte da obra do diretor – o longa foi lançado no Festival de Cannes 2022 e narra um futuro distópico onde os seres humanos vivem em um novo ambiente sintético e sofrem mutações no corpo, que podem alterar o DNA.

Estreia em 29.07.

E se você não viu em junho, vale assistir… American crime story: Monica Lewinsky (Star+)


A terceira temporada de American crime story relata o escândalo entre Bill Clinton e sua ex-estagiária e amante, Monica Lewinsky, que quase custaram o mandato do ex-presidente dos Estados Unidos. Dirigida por Ryan Murphy, os novos episódios se concentram em mostrar a visão das mulheres envolvidas no caso e como suas vidas foram afetadas, principalmente a de Monica (Beanie Feldstein, na série), que na época foi condenada pela mídia e sofreu cyberbullying, enquanto Clinton (Clive Owen) era absolvido de todas as acusações.

Pleasure (Mubi)


Os bastidores da indústria pornográfica, ainda dominada por homens, ganham um olhar feminino e ousado pelas mãos da diretora estreante Ninja Thyberg. No filme, a atriz revelação Sofia Kappel interpreta uma jovem ambiciosa que se muda da Suécia para Los Angeles para tentar realizar o sonho de ser uma grande estrela pornô.

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE

A ELLE Brasil utiliza cookies próprios e de terceiros com fins analíticos e para personalizar o conteúdo do site e anúncios. Ao continuar a navegação no nosso site você aceita a coleta de cookies, nos termos da nossa Política de Privacidade.

Assine nossa newsletter

Doses Semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas as novidades e lançamentos da ELLE no seu inbox.
Increva-se gratuitamente.