PUBLICIDADE

Pois é, mais um Dia das Mães na pandemia. E já que a rotina doméstica anda tão puxada para todo mundo, que tal organizar um almoço petit comité bem especial, com cara de festa, mas que não implique em uma pia cheia de panelas para lavar? As cinco receitas a seguir seguem à risca este princípio: são fáceis de preparar e podem ir à mesa com acompanhamentos bem básicos. Tem até receita de prato único que suja uma panela só – melhor impossível.

Receita de galinhada mineira

Foto: Divulgação

"A galinhada é meu prato preferido e, na minha opinião, um dos que mais simbolizam a cozinha de Minas Gerais. É também o que mais gosto de cozinhar! O segredo é usar uma panela de fundo grosso que não seja antiaderente e, com calma, fazer o famoso pinga e frita: a gente deixa o refogado grudar no fundo da panela, depois pinga algum líquido que deixa o prato ainda mais saboroso. E pode substituir a água por caldo de frango, fica ainda mais gostoso."

Caio Soter, chef do Jardim Restô Bar, em Belo Horizonte.

Rendimento: 4 porções
Tempo de preparo: 1 hora

Ingredientes

16 quiabos
Azeite a gosto
Sal a gosto
Pimenta-do-reino a gosto
1 kg de sobrecoxas de frango cortadas em cubos
1 cabeça de alho picado
½ cebola picada
½ cenoura picada
½ pimentão amarelo picado
½ pimentão vermelho picado
½ maço de coentro (separe as folhas e pique os talos)
1 pimenta dedo-de-moça picada
1 colher (sopa) de cúrcuma
1 dose (30 ml) de cachaça
600 ml de água
1 xícara de arroz agulhinha
½ maço de cebolinha
2 gemas
Suco de 1 limão taiti

Modo de preparo

1. Corte os quiabos no sentido do comprimento e doure-os em uma frigideira bem quente, com um fio de azeite, sal e pimenta. Reserve.

2. Em uma panela quente, doure bem o frango no azeite, com sal e pimenta-do-reino. Retire da panela e reserve.

3. Na mesma panela, refogue, nesta ordem, o alho, a cebola, a cenoura, os pimentões, os talos de coentro e a pimenta dedo-de-moça.

4. Adicione a cúrcuma e, quando tudo estiver bem dourado, acrescente o frango e a cachaça. Raspe bem a panela com uma colher de pau para soltar a crosta que se formar no fundo.

5. Espere evaporar o álcool, deixando o refogado grudar mais um pouquinho no fundo panela. Adicione a água e deixe reduzir em ¼ do volume inicial.

6. Incorpore o arroz, tampe a panela e abaixe o fogo. Quando o arroz estiver cozido, desligue o fogo.

7. Misture as gemas, as folhas de coentro, a cebolinha e o suco de um limão, até ficar bem homogêneo. Sirva com o quiabo tostado por cima.

Receita de penne com trio de cogumelos

Foto: Tadeu Brunelli

"Embora minha especialidade seja a cozinha brasileira, muitos japoneses frequentavam meu restaurante-escola Na Cozinha. Para eles criei esse prato, imaginando que gostariam de encontrar uma receita familiar. Em ocasiões festivas, como eventos, costumo acrescentar um pouco de azeite trufado ao molho e finalizo com alguns brotos. Dica lindo."

Carlos Ribeiro, professor de culinária brasileira e autor do livro Culinária Japonesa para Brasileiros (Publifolha)

Rendimento: 4 porções
Tempo de preparo: 50 min

Ingredientes

1 pacote de penne de grano duro
Sal a gosto
Manteiga ou azeite a gosto para a massa
3 colheres (sopa) de manteiga
1 fio de azeite
250 g de shimeji
250 g de shiitake em tiras
250 g de cogumelo-de-paris em tiras
10 colheres (sopa) de saquê mirin (saquê culinário)
15 colheres (sopa) de shoyu
Pimenta-do-reino a gosto
4 hastes de cebolinha bem picadas
120 ml de água

Modo de fazer

1. Cozinhe o penne em água fervente abundante com sal, até ficar al dente. Escorra, misture um pouco de azeite ou de manteiga para a massa não grudar e reserve.

2. Em um frigideira grande e funda, derreta a manteiga, adicione o azeite e refogue os cogumelos em fogo alto por 5 minutos. Reduza o fogo, acrescente o saquê, misture bem devagar e deixe levantar fervura novamente.

3. Incorpore o shoyu. Assim que ferver de novo, coloque a água, misture bem e deixe cozinhar por mais 5 minutos. Tempere com pimenta-do-reino, finalize com salsinha e desligue o fogo.

4. Junte o penne cozido aos cogumelos, misture bem e sirva.

Receita de fettuccine ao molho de limão com camarões

Foto: Divulgação

"A vida me proporcionou dois mundos paralelos. Primeiro a cultura da minha infância no Sul do Brasil, fazendo macarrão ao lado de minha mãe. Depois, com minha sogra, aprendi a usar os frutos do mar, afinal, ela é filha de portugueses. Quando junto o macarrão de dona Laura com o camarão de dona Maria Lydia, homenageio duas grandes mulheres e mães – e tudo isso cabe em uma única panela!"

Marcos Livi, chef e proprietário do restaurante Brique

Rendimento: 4 porções
Tempo de preparo: 40 min

Ingredientes

600 g de camarões limpos, sem casca, com os rabinhos
4 dentes de alho bem picados
100 ml de conhaque
1 colher (café) de sal marinho
1 colher (café) de pimenta-do-reino moída na hora
2 limões-sicilianos
3 colheres (sopa) de azeite extravirgem
500 g de creme de leite fresco
500 g de fettuccine
Salsinha finamente picada a gosto

Modo de preparo

1. Tempere os camarões com metade do alho, o conhaque, sal e pimenta-do-reino e leve à geladeira por 1 hora.

2. Raspe as cascas dos limões e reserve.

3. Em uma panela, refogue o restante do alho no azeite até amolecer, sem dourar. Acrescente o creme de leite fresco e deixe o molho encorpar, em fogo médio, por cerca de 10 minutos.

4. Assim que o molho engrossar um pouco, acrescente o suco dos limões e mantenha em fogo baixo por 5 minutos, para que o molho reduza e fique encorpado. Finalize com as raspas dos limões e reserve.

5. Cozinhe os camarões no vapor por aproximadamente 5 minutos – se não tiver uma panela própria, apoie um escorredor de metal na boca da panela com água, sem deixar que a água toque nos camarões. Reserve.

6. Cozinhe o fettuccine em água fervente abundante, com sal, até que esteja al dente. Escorra.

7. Sirva a massa em porções individuais, com o molho de limão e os camarões por cima. Decore com salsinha picada.

Receita de bobó vegano de cogumelos

Foto: Divulgação

"Vejo cada vez mais clientes optando por comer menos proteína animal – e, no caso do camarão, muita gente simplesmente não gosta ou não pode comer. Por isso os pedidos por este tipo de prato têm sido cada vez mais frequentes. Além de gostoso, o bobó de cogumelos é uma receita democrática para compartilhar com a família e os amigos, porque todo mundo gosta."

Chef Vini Rojo, proprietário da marmitaria Mama Filó Cozinha

Rendimento: 4 porções
Tempo de preparo: 40 min

Ingredientes

½ abóbora cabotiá descascada e cortada em pedaços
1 pitada de sal
azeite a gosto
1 dente de alho picado
½ cebola picada
200 g de cogumelos-de-paris frescos fatiados
250 ml de leite de coco
Sal a gosto
Pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo

1. Cozinhe a abóbora em água e sal até ficar macia. Escorra e amasse para formar um purê. Reserve.

2. Em uma panela, aqueça o azeite e refogue o alho e a cebola. Adicione os cogumelos e refogue.

3. Acrescente o purê de abóbora pronto e o leite de coco. Corrija o sal, tempere com pimenta e sirva com arroz integral e quinoa cozida.

Receita de polpettone alla napoletana

Foto: Divulgação

"Esta é a receita que me remete aos almoços de domingo. Italianos do sul adoram fazer polpettone para os encontros de família por ser fácil e versátil. Pode ser acompanhado de salada ou de um belo espaguete. Uma dica: na hora de rechear o polpetone, coloque primeiro as fatias de presunto e depois o queijo, o que evita que o polpetone rache no forno."

Mario Galluzzi, chef do restaurante Cozinha de Afeto

Rendimento 4 porções

Tempo de preparo 1h 30min

Ingredientes

Polpettone
200 g de pão amanhecido
200 ml de leite
400 g de carne moída
50 g de queijo parmesão ralado
50 g de queijo pecorino ralado
100 g de presunto cozido fatiado
100 g de provolone picante fatiado
2 ovos grandes
150 g de vagem holandesa
150 g de cenoura em palitos longos1 ramo de salsinha picada
2 dentes de alho picados
Folhas de manjericão fresco a gosto
Sal a gosto
Pimenta-do-reino moída na hora, a gosto
Azeite para untar
Noz-moscada a gosto

Molho
45 ml de azeite de oliva
2 dentes de alho picados
600 g de tomate pelado em cubos
2 colheres (sopa) de extrato de tomate
Sal a gosto
Pimenta-do-reino moída na hora a gosto
Folhas de manjericão fresco a gosto

Modo de preparo

1. Em uma tigela, molhe o pão com o leite e esprema para tirar o excesso de leite.

2. Misture a carne com o pão espremido e adicione o parmesão e o pecorino ralados, os ovos, a salsinha e o alho picados. Tempere com sal e pimenta e amasse bem até obter uma massa homogênea. Reserve.

3. Cozinhe as vagens e as cenouras em água até que estejam al dente. Escorra e reserve.

4. Abra a massa sobre uma folha de papel-manteiga ou papel-alumínio, formando um retângulo. Sobre ela, distribua as fatias de presunto, as folhas de manjericão, as fatias de provolone e os legumes.

4. Enrole como se fosse um rocambole e transfira para uma assadeira untada com azeite. Leve ao forno preaquecido a 200° C, por cerca de 15 minutos. Vire o polpettone e asse por mais 15 minutos. Reduza a temperatura para 180° C e deixe no forno por mais 30 minutos.

5. Enquanto isso, prepare o molho de tomates. Em uma panela com azeite, refogue o alho picado, junte os tomates e o extrato de tomate. Tempere com sal e pimenta e deixe cozinhar por 30 a 40 minutos. Junte o manjericão e retire do fogo.

6. Corte o polpettone em fatias e sirva com o molho.



Um doce mais especial não precisa necessariamente ser difícil de fazer. Ficou encarregado de preparar a sobremesa do Natal ou do réveillon? Confira receitas descomplicadas que fazem o maior sucesso.




Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE