Cadastre-se em nossa newsletter para ler este e outros artigos.

Doses semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas os lançamentos da ELLE!
Inscreva-se gratuitamente.

  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER
  • O melhor da ELLE direto no seu inbox! Inscreva-se gratuitamente.
  • INSCREVA-SE AQUI
Foto: Divulgação
PUBLICIDADE

A Gucci decidiu apostar no movimento da arte digital com a estreia de seu primeiro NFT: um filme inspirado na mais recente coleção, a Aria, que fará parte de um leilão recém-revelado pela Christie's.

A venda, intitulada Proof of Sovereignty: A Curated NFT Sale by Lady PheOnix, é um leilão específico de NFT criado para promover a obra da Gucci. O filme de quatro minutos é uma extensão do desfile apresentado na temporada internacional, com codireção de Alessandro Michele (diretor criativo da maison) e a premiada fotógrafa e diretora Floria Sigismondi.

De acordo com a Christie's, a obra NFT é ambientada em uma "paisagem de sonho e energia efervescente, que marca um momento histórico para a etiqueta, pois faz a ponte para um novo espaço de mídia". A casa de leilões acrescenta ainda que a peça digital expressa a "mensagem abrangente de Aria: um desejo universal de renovação; um desejo de florescer e florescer depois que a sombra do inverno passou. As portas se abrem à medida que a escuridão cede à luz e àquela festa do ar tão esperada".

Todo o lucro da venda será doado a UNICEF EUA, em apoio ao papel da organização em garantir que todos tenham acesso equitativo globalmente às vacinas da COVID-19. O lance inicial para o NFT começa em 20 mil dólares e termina no dia 3 de junho. Quem dá mais?

PUBLICIDADE
Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE