• ASSINE NOSSA NEWSLETTER
  • O melhor da ELLE direto no seu inbox! Inscreva-se gratuitamente.
  • INSCREVA-SE AQUI
Moda

Schutz lança linha completa de roupas

Marca se torna uma das primeiras etiquetas de acessórios a expandir para propostas full look.

Fotos: Nicole Heiniger
PUBLICIDADE

Um sonho antigo de Alexandre Birman finalmente se tornou realidade. Desde que fundou a Schutz, em 1995, o hoje CEO da Arezzo e & Co. já imaginava expandir a marca para muito além dos calçados. A partir da próxima terça-feira, 12.04, a primeira uma pop-up store inteiramente dedicada a linha de roupas da etiqueta será aberta, no bairro do Jardins, em São Paulo. Há também um endereço no Rio de Janeiro, no Shopping Leblon. Futuramente, uma flagship, que pretende abrigar loja, showroom e ateliê, deve ser inaugurada na rua Oscar Freire, também na capital paulista.

Quem comanda a nova empreitada é a diretora executiva das marcas Schutz e Alexandre Birman, Milena Penteado. Na direção criativa, está Cacá Garcia, estilista já conhecida – e querida – entre fashionistas paulistanas. Ela já teve seu próprio negócio, a Pelu, ao lado de Helena Linhares, e passou pelas equipes de estilo da Raya de Goeye e, mais recentemente, Cris Barros.


"A ideia é apostar nos básicos, mas com uma informação de moda bem carregada", diz Cacá, durante uma visita a pop-up store na manhã desta segunda-feira, 11.04. "A ideia é fazer algo que consiga conversar com a enorme quantidade de sapatos e acessórios. É uma roupa que vai acompanhar a mulher 24 horas por dia. São peças-chave, que estarão no seu armário para sempre e que vão muito de encontro ao que acredito para o futuro da moda: design com preço justo, roupa com propósito e diálogo com todas as mulheres.”

PUBLICIDADE

Pense numa seleção despretensiosa de peças de alfaiataria, camisaria com formas mais largas e proporções não tão básicas, moletons com recortes e seleção de cores esperta além de um jeanswear bem em sintonia com o que há de mais desejável no mercado no momento. Com propostas tão bem alinhadas às tendências do momento, a meta de ter ao menos 50% das vendas correspondente ao vestuário não deverá ser tão difícil de ser atingida.

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE

A ELLE Brasil utiliza cookies próprios e de terceiros com fins analíticos e para personalizar o conteúdo do site e anúncios. Ao continuar a navegação no nosso site você aceita a coleta de cookies, nos termos da nossa Política de Privacidade.

Assine nossa newsletter

Doses Semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas as novidades e lançamentos da ELLE no seu inbox.
Increva-se gratuitamente.