Cadastre-se em nossa newsletter para ler este e outros artigos.

Doses semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas os lançamentos da ELLE!
Inscreva-se gratuitamente.

  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER
  • O melhor da ELLE direto no seu inbox! Inscreva-se gratuitamente.
  • INSCREVA-SE AQUI
Beleza

"As rugas também são das risadas que dei", diz Céu

Alimentação saudável, produtos preparados em farmácia de manipulação e um bom batom vermelho de vez em quando: a cantora Céu fala sobre sua relação com o espelho e seus cuidados com a beleza.

Foto: Fabio Audi
PUBLICIDADE

Quando eu acordo… Sou muito apaixonada pelo meu travesseiro, AMO dormir. Essa foi a minha maior dificuldade quando me tornei mãe, de longe, pois depois que nascem filhos, mesmo se eles não estiverem mais dando trabalho pra dormir, seu sono muda muito. Então, eu tenho que confessar que acordo mal humorada e quase sempre demoro pra aterrisar na Terra.

Eu começo o meu dia… Não me exercito logo de manhã, acho lindo quem consegue, ou até medita... Mas ainda não alcancei essa meta. Eu gosto de fica quietinha, de passar o café. Isso me desperta. Depois começa a gritaria aqui em casa e, aí sim, me sinto pronta!

No meu café da manhã... Adoro o café da manhã, é minha refeição favorita. Tem que ter café e pão com manteiga. Mas como fruta também, às vezes, suco verde. Mas do pão com manteiga não consigo me livrar.

Na minha cozinha tem... Na minha geladeira nunca falta iogurte natural (às vezes, é só isso que quero comer. Além de ser um ingrediente muito versátil, uso pra fazer bolo, pra molhos etc.), limão – na verdade, frutas em geral – e legumes também. Sou muito dedicada a uma alimentação saudável, fui criada dessa forma: à base de gersal, açúcar mascavo, arroz integral. Sobremesa era paçoca e bananada... Então, isso está na minha formação, e acabo sendo bem rígida com a alimentação dos meus filhos. Eu deixo eles comerem de tudo, todas as porcarias também. Mas, aqui em casa, não compro Coca-cola (que, por sinal, amo, mas não compro) nem industrializados. Se vão comer, comem fora. Também priorizo alimentos orgânicos: compro de pequenos produtores, livres de agrotóxico. Prefiro gastar nisso do que em plano de saúde.

PUBLICIDADE

No meu chuveiro tem… O que faço, às vezes, são banhos de folhas, na intenção da propriedade específica de cada uma delas... Se quero proteção, lavanda, manjericão, arruda, anis-estrelado. Se quero ânimo, manjericão. Para acalmar, lavanda e camomila etc. Adoro banho de folha, me faz muito bem, me centraliza. Sim, às vezes, acendo velas também.

"Sou muito dedicada a uma alimentação saudável, fui criada dessa forma: à base de gersal, açúcar mascavo, arroz integral. Sobremesa era paçoca e bananada."

Para cuidar do meu cabelo… Eu uso todos os produtos, de pele e cabelo, produzidos em farmácia de manipulação, prescritos pela dra. Manuela, do consultório Carla Vidal. Senti muita diferença desde que comecei a fazer isso.


A cantora Ceu em frente ao piano Cabelo curtinho: "A liberdade de estar pronta facilmente foi fantástica."Foto: Divulgação

PUBLICIDADE

Para arrumar o meu cabelo… Meu cabelo está bem curto, tô deixando crescer e, no momento, estou deixando bem natural, não tenho feito nenhum tipo de interferência nos fios, até pra ver como crescerão, se ficarei com o cabelo mais forte. Antes, usava muito babyliss pra definir mais os cachos, um monte de produto... Agora tô mais livre. Acordo e assumo os cachinhos, passo a mão pra soltar eles, às vezes, uso faixas pra mudar um pouco, mas só. Foi muito gostoso cortar bem curto, a liberdade de estar pronta facilmente foi fantástica. Agora já estou na fase da saudade do cabelo comprido novamente.

O melhor conselho que eu já recebi de alguém… Apesar de eu exercitar muito a desconstrução de padrões sociais, de fazer todo esforço diariamente de libertação, de me curtir por simplesmente curtir, também valorizo muito quando meu companheiro me lembra de desencanar das minhas paranoias com gorduras e celulites. Ele me acha linda quando estou desencanada e livre com meu corpo, minha cicatriz de cesariana, que é bem aparente, me aceitando como sou. Acho que esses padrões foram uma construção patriarcal e escutar esse conselho do parceiro que tá junto tem um gosto bom!

A minha rotina de beleza é… Ela é baseada nesses produtos manipulados pra minha pele, de manhã, ao acordar, e à noite, depois do banho. Limpo minha pele com um esfoliante leve, depois adstringente. E, de manhã, uso um creme com uma pigmentação no meu tom de pele. Se tô afim de estar mais arrumada, passo um delineador, um rímel, hidrato a boca e, depois, um batom cor de pele. Mas no dia a dia tenho feito mais a limpeza e o creme, sem make, só um blush pois tenho aquele tom de pele oliva. A noite é só limpeza e outros cremes.

Mas, quando eu estou inspirada… Quando quero me botar pra cima coloco batom vermelho ou rosa-choque. Amo! Já muda tudo, imediatamente.

O meu perfume é… Sou apaixonada por cheiros, mas não encontrei o meu ainda. Geralmente gosto de cheiros que puxam pros perfumes masculinos, como o Terre, da Hermés. Amo os "Replica", da Maison Margiela, também. Tenho um sonho muito profundo em fazer meu próprio perfume.

Quando olho no espelho vejo… Puxa, tem dias que me amo, tem dias que nem tanto... Muda um pouco, mas, no geral, me amo sim, me aceito e entendo. Vejo o tempo chegando e tento receber essa notícia com carinho, vejo minha andada de forma legitima e batalhadora, as rugas também são das risadas que dei, dos grito que botei pra fora, da minha história. Aprendo muito com o espelho.

Para me tornar confiante… Faço terapia há alguns anos, e adoro. Acho que deveria ser obrigatória algum tipo de autoanálise, assim como ir ao dentista etc.. Acho fundamental, queria eu viver num mundo onde todes pudessem usufruir de uma terapia.

No almoço… Almoço com o Pupillo (o baterista Pupillo, casado com Céu), a gente curte almoçar juntos. Geralmente, já demos almoço pras crianças antes, em dia de semana. Mas final de semana tem sido todo mundo junto. Como de tudo, ainda não consegui me tornar vegetariana, amo peixe. Meu prato favorito é moqueca.

A receita que eu mais amo… Como eu disse, sou louca por moqueca, amo acarajé... Quando chego à Bahia, a primeira coisa que faço é comer acarajé. Aqui em São Paulo também sempre damos um jeito em achar um acarajé gostoso. Amo cuscuz paulista também. É um prato que me alegra e traz muitas memórias, a começar pela minha avó Antonieta, que sempre fazia o clássico, com sardinha. Aos sábados, temos comido sempre manjubinha frita, cuscuz e cerveja, bem delícia.

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE