Beleza

Beauty chat: Julia Konrad

Pele bem limpinha e skincare sem piração ou obrigação: é nisso que acredita a atriz de Cidade Invisível da Netflix

Foto: Divulgação

Julia Konrad

PUBLICIDADE

Quando eu acordo... Sempre tive muita insônia. Meu sono é leve e agitado. Uma noite bem dormida é tudo o que eu mais desejo. Por isso, tenho colocado em prática algumas estratégias para me ajudar a descansar melhor. Uma delas é deitar e levantar mais cedo, respeitando o ritmo do ciclo circadiano. Dormimos com a janela aberta: assim que amanhece, começo a despertar. Levanto oficialmente às 7h30, mas quero tentar levantar ainda mais cedo.

Eu começo meu dia... Ano passado, comecei a raspar minha língua pela manhã antes de colocar qualquer outra coisa na boca. Essa prática ayurvédica ajuda a eliminar toxinas do corpo que se acumulam na língua enquanto dormimos. Escovo meus dentes e depois lavo meu rosto com água gelada para ajudar a despertar nos dias em que me sinto mais letárgica. Pela manhã, meu skincare é básico: sabonete para o rosto, sérum para acne, protetor solar. Depois disso, saio com o Pedro, meu namorado, para dar uma volta com a nossa cachorra, Luna. Essa caminhada logo cedo é maravilhosa pra já começar o dia mais energizada. Nos dias em que estou mais disposta, já emendo em algum tipo de exercício físico – yoga, funcional, hiit, ou algum "cardio" leve. Tento fazer pelo menos 20 minutos de atividade física todos os dias. Ajuda muito na qualidade do sono à noite.

PUBLICIDADE

No meu café da manhã... Amo café da manhã! (risos) De longe, a minha refeição favorita do dia. Vario muito o cardápio, vou respeitando minhas vontades. Tinha o costume de dar aquela caprichada e fazer um brunch nos finais de semana, com direto a ovos mexidos, suco, panquecas, shakshuka – que aliás, é um dos meus pratos favoritos da vida e acabei de perceber que faz tempo que não faço! Mas, independente do cardápio, o que não pode faltar de jeito nenhum é café moído e coado na hora, é a primeira coisa que preparo quando vou pra cozinha pela manhã.

Na minha cozinha tem... Há algum tempo vinha diminuindo o consumo de carne, mas, desde que me mudei para a casa dos meus sogros, em maio do ano passado, voltei ao antigo hábito. Ao mesmo tempo, tento apresentar receitas veganas e vegetarianas e muitas delas já foram incorporadas ao cardápio "oficial" da casa. Ao longo da vida, já me consultei com diversas nutricionistas e já segui vários planos alimentares diferentes, dietas da moda, etc. Hoje em dia, tenho uma relação emocionalmente mais saudável com a comida. Nada está proibido, me alimento com consciência e de forma intuitiva, sempre preferindo alimentos frescos, orgânicos, e refeições feitas em casa, evitando ultraprocessados. Mas, quando bate a vontade de comer algo que poderia ser considerado "besteira" – como pizza ou hambúrguer, batata frita, etc. – respeito essa vontade numa boa.

PUBLICIDADE

"O autocuidado não pode, nem deve, ser mais uma obrigação. Sinto que o termo está desgastado e mercantilizado. De nada adianta você trocar uma prisão por outra – por exemplo, a da maquiagem pela do skincare de 35 passos. Saúde mental sempre em primeiro lugar", Julia Konrad

No meu chuveiro tem... Antes de entrar no chuveiro, faço escovação a seco – outro hábito da ayurveda que adquiri no ano passado. Ajuda a esfoliar a pele, eliminar células mortas e ativar a circulação. Tenho galho de eucalipto pendurado no chuveiro, deixa um cheiro delicioso no banheiro inteiro! Outra dica é pingar algumas gotas de óleo essencial de lavanda no box na hora do banho, principalmente se for tomar à noite, antes de deitar. Ajuda a relaxar e preparar o corpo para o descanso.

Para cuidar do meu cabelo... Cabelo cacheado tem vida própria! (risos) Testo muita coisa diferente, amo descobrir novos produtos. Tento priorizar os que tem ingredientes mais limpos na composição, sem parabenos, sulfatos ou silicones. Ultimamente, tenho amado a linha inteira da GE Beauty. Adoro a proposta da marca, de criar seus próprios rituais, misturas, e me apaixonei pelo resultado no meu cabelo. Deixa os cachos soltinhos, hidratados e definidos. Fora o cheiro... Acho que são os produtos com o cheiro mais gostoso que já usei na vida!

Para arrumar meu cabelo... Sempre uso um finalizador para cachos. No momento, vou com o da GE Beauty, misturado com algumas gotas do booster de definição deles. Mas a técnica de finalização varia. Quando tenho pressa, distribuo a misturinha pelo cabelo todo e penteio com uma escova finalizadora tipo a Denman D3, que faz sucesso entre as cacheadas. As fitas se formam praticamente sozinhas com essa escova, os cachos ficam definidos e com um volume bom. Agora, se tenho tempo e quero que meu cabelo dure com definição alguns dias sem lavar de novo, faço uma fitagem a mão bem caprichada, finalizando com dedoliss na camada do topo pra deixar as molinhas ultra definidas.

O melhor conselho que eu há recebi de alguém... Não foi o conselho de alguém específico, mas algo que aprendi no último ano que mudou muito minha forma de pensar. O autocuidado não pode, nem deve, ser mais uma obrigação. Sinto que o termo está desgastado e mercantilizado. De nada adianta você trocar uma prisão por outra – por exemplo, a da maquiagem pela do skincare de 35 passos. Saúde mental sempre em primeiro lugar.


A minha rotina de beleza é... Sou super disciplinada com a pele. Como tenho acne, preciso ter um cuidado a mais na hora da higienização da pele – por exemplo, antes de lavar o rosto, lavo bem as mãos. Já os produtos, testo muita coisa! (risos) Sou meio viciada em skincare, adoro esse momento, mas ao longo do tempo montei uma rotina base para os dias que não tenho tempo, ou quando a pele pede um descanso dos testes. Pela manhã, lavo com o sabonete Cleanance, da Avène, e finalizo com protetor solar da Biossance. A noite, repito o sabonete, adiciono algum sérum antiacne (amo o Blemish Age + Defense da Skinceuticals). Só que, ao invés do protetor solar, finalizo com um hidratante em gel, também da Biossance. No dia a dia, não uso maquiagem, gosto de deixar a pele respirar e ver ela "nua", com todas as suas características: a acne, as manchinhas, as linhas de expressão... É um respiro para a cabeça também. Somos bombardeados por imagens de peles "perfeitas" e irreais nas redes e mídia. Já está mais do que na hora de criarmos novas referências que não sejam nocivas pra nossa saúde mental.

Mas quando estou inspirada... Normalmente, a inspiração vem na hora do skincare. (risos) A partir da rotina base, nos dias que estou mais afim, adiciono ou troco produtos – uma vitamina C pela manhã antes do protetor, ou troco o sérum da noite por outro com princípios ativos diferentes, faço alguma máscara hidratante, adiciono algum produto para a área dos olhos... Já com a make, adoro brincar com sombras cremosas, coloridas, delineadores diferentes. Cores trazem muita vida e personalidade, eu acho.

O meu perfume é... Cheiro, para mim, é memória afetiva, te teletransporta. Sempre fui de usar um perfume só. Na minha adolescência meu "cheiro" era o Coco Mademoiselle, da Chanel. Alguns anos atrás, substitui pelo Gabrielle, da mesma marca. Passava até pra dormir. Gosto de definir um perfume para cada personagem que faço. Passo na hora de ir gravar e, quando volto para casa, tomo um banho e volto para o "cheiro da Julia". Mas, de uns tempos pra cá, tenho usado cada vez menos perfume – o Pedro tem sensibilidade, começa a espirrar quando passo muito. Deixava para passar só quando saía para algum evento, ou alguma ocasião especial. Como estamos isolados, ficando bastante em casa, parei de usar quase totalmente.

Quando olho no espelho vejo... Acho que, como toda mulher, já tive fases de distorção de imagem. Me achava acima do peso, ou implicava com minha pele, meu cabelo, me escondia atrás de maquiagem. Hoje, olho para o espelho e amo cada pedacinho da mulher que me tornei – até mesmo as manchas de acne que eu tanto odiava no passado. Reconheço que, para mim, a aceitação acaba sendo mais fácil. Sou uma mulher branca e dentro de praticamente todos os padrões de beleza impostos pela sociedade. Mas ainda assim, quando eu era mais nova, caía em todas as armadilhas do mito da beleza. Isso foi sendo descontruído aos poucos, principalmente após o término de um relacionamento extremamente abusivo. Renasci em todos os sentidos depois disso. Hoje faço um esforço diário para mudar minhas próprias referencias e ser um exemplo física e mentalmente saudável para outras mulheres.

No almoço... Almoço aqui na casa dos meus sogros é sagrado! (risos) Todos os dias, preparamos uma refeição completa, e nos sentamos todos à mesa para comer. Durante a semana, sempre tem arroz, feijão, legumes. A proteína varia bem, mas toda sexta-feira é peixe fresquinho comprado no dia. Às vezes, alguém se anima e faz algum prato diferente – alguns meses atrás, testei uma receita de tikka masala vegano de grão de bico que virou um dos favoritos aqui na casa! Engraçado que quando morávamos sozinho, o almoço muitas vezes passava batido, cada um fazia o seu. Hoje virou um encontro em que trocamos muito sobre os acontecimentos do dia de cada um, política, notícias. Todos ajudam a preparar e depois a limpar e organizar a cozinha, e o almoço acaba virando um momento de conexão com o outro.

A receita que eu mais amo... Acho que essa é a escolha mais difícil! (risos) Minha família inteira é do ramo gastronômico. Mas sou de fases – às vezes uma receita da minha avó (a galinhada dela com macaxeira molinha é tudo para mim), ou da minha mãe (a maionese de batata mais perfeita do universo). Às vezes cismo com algum prato de um restaurante específico. No momento, obcecada pelo lamen do restaurante Aska, no Bom Retiro. Volta e meia vamos até lá pegar pra viagem.

Meu jeito de me desligar do mundo... Ler! Sempre fui uma leitora voraz, principalmente quando adolescente. Tinha perdido o hábito, mas consegui retomar no ano passado. Leio de tudo, ficção, não-ficção e às vezes mais de um ao mesmo tempo. Comecei a escutar audiobooks também no ano passado, sempre quando ando de carro. Quando fico presa no trânsito, é maravilhoso para distrair! (risos)

Meu produto de beleza indispensável... O lip balm da Biossance. Quando está chegando o final do potinho, já corro para repor. Tenho lábios bem ressecados e é a única coisa que funciona para mim. Fora que deixa um brilho lindo.

Sou/estou obcecada por... Li um livro recentemente que mexeu muito comigo. Chama-se Todos los dias son nuestros, é da autora mexicana Catalina Aguilar Mastretta. A trama é muito bem desenvolvida, tem aquele humor de dar gargalhadas lendo sozinha, mas, ao mesmo tempo, toca lá no fundo. Terminei aos prantos e me senti órfã depois. Amo livros assim. Cheguei a entrar em contato com a autora para comprar os direitos pra transformar em série ou filme, achei realmente sensacional (spoiler: cheguei atrasada).

Meu ritual noturno de beleza... Capricho muito na higienização da pele, começando pela remoção do protetor solar com água micelar. Se usei maquiagem, uso o oil cleanser da Biossance para remover bem. Lavo o rosto com sabonete, e, depois de sentir o que a pele precisa, vejo qual sérum usar. Finalizo sempre com hidratante: hidratação é super importante para pele acneica e muita gente pula essa etapa com medo de deixar a pele mais oleosa.

A última coisa que faço antes de dormir... Tenho tentado melhorar a higiene do sono nos últimos tempos, mas ainda fico no celular ou assistindo alguma série já deitada. O Pedro gosta de pegar no sono vendo alguma coisa, e acabamos criando uma espécie de tradição de assistir alguns episódios de Modern Family pela noite e dar umas risadas juntos. Não é muito bom ver televisão antes de dormir... Ao mesmo tempo, por ser algo leve, tem nos ajudado a desligar um pouco da tensão do momento que estamos vivendo. Bem escapismo, mesmo. Mas a ideia é desligar as telas cada vez mais cedo para melhorar a qualidade do sono. Um dia chego lá!


Fã de experiências olfativas e óleos essenciais, a atriz contou tudo sobre sua rotina de beleza e autocuidado durante o isolamento.


No Beauty Chat, vamos falar sobre saúde, bem-estar, alimentação, rotinas de beleza, de relaxamento e muito mais com diversos personagens do universo ELLE. Para começar, a icônica atriz Taís Araújo!

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE