Cadastre-se em nossa newsletter para ler este e outros artigos.

Doses semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas os lançamentos da ELLE!
Inscreva-se gratuitamente.

  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER
  • O melhor da ELLE direto no seu inbox! Inscreva-se gratuitamente.
  • INSCREVA-SE AQUI
Beleza

Dossiê do bronzer

Para garantir o bronze do verão dentro de casa, o jeito é apelar para este produto que, temporada após temporada, segue se reinventando e firmando seu espaço como um dos clássicos do nécessaire.

PUBLICIDADE

Nem só de contornos supermarcados – à la Kardashians — vive o bronzer. O boom de lançamentos com a promessa de resultado natural, sem deixar o aspecto carregado demais, aponta para os novos usos desse item de make democrático e já considerado essencial no nécessaire da brasileira. Apesar de ainda estar muito em voga o truque que reforça os traços do rosto, experts afirmam sem medo: a palavra da vez é sutileza. "Os contornos mais marcados funcionam bem em superproduções, para fotos, mas a make do dia a dia pede naturalidade", defende a maquiadora Deia Sol, do ROM.Concept, em São Paulo.

Mais do que criar contornos cheio de regras e com o intuito de modificar o rosto (afinar um pouco aqui, dar a impressão de mais volume ali...), o bronzer vem sendo usado com o intuito de aquecer a pele, imitando o efeito do sol, e dar o famoso "ar de saúde" – também conquistado com blushes de outros tons.

A variedade é extensa – e as possibilidades infinitas. Além das texturas e formatos (bastão, compacto e em pó), há opções de bronzer com ou sem brilho que, por sua vez, pode vir mais ou menos intenso. Dentre tantas opções, como saber qual o melhor para você? "Tudo depende do efeito que se quer conquistar", afirma Carol Gaia, maquiadora e treinadora da Sephora Brasil. Ou seja: não tem certo e errado – e dá para ter vários deles no nécessaire para conseguir mais de um resultado em um mesmo look.

PUBLICIDADE

Acerte o tom

Diferente de bases e corretivos, que chegam às prateleiras em diversos tons (embora muitas marcas ainda pequem nesse quesito), o bronzer costuma ter uma cartela mais reduzida, sempre em tons de marrom, terracota e, no máximo, puxando para o dourado. Isso porque ele tem um objetivo específico: dar o toque de pele bronzeada. "O segredo, portanto, é que o produto seja cerca de dois tons acima da pele para esquentar a cor natural, mas sem que o contraste seja muito gritante para não carregar", afirma Deia.

O uso do bronzer vai além da clássica demarcação de linhas como maçãs do rosto, mandíbulas e centro da testa (onde os raios de sol costumam atingir mais diretamente). "Um truque que gosto muito é usar a versão líquida para esquentar o tom da base. É um jeito de conquistar o bronzeado homogêneo, sem muito esforço: é só ir dosando algumas gotinhas até conquistar a temperatura desejada", entrega a maquiadora Juliana Rakoza, de São Paulo.

PUBLICIDADE

A ausência de brilho é outro fator que colabora para o efeito sutil, embora nada impeça que um bronzer com cintilância seja usado em conjunto para complementar o look. Uma ideia atual (e democrática) é justamente misturar os dois, começando pelo opaco, para demarcar o rosto sem pesar. A versão com pigmentos brilhantes entra como um grand finale, por cima, para iluminar.

Truque de mestre

Além de ter em mãos o produto certo para cada efeito, o jeito de aplicar – e o pincel adequado – fazem toda a diferença no resultado final. Um pincel bem fofinho, com bastante cerdas, funciona bem quando o objetivo é um acabamento natural e mais homogêneo. "Se quiser usar como contorno, um pincel chanfrado facilita a aplicação, pois encaixa direitinho no rosto para fazer a marcação", ensina Carolina Zaia, maquiadora e treinadora da Sephora Brasil.


Para quem quer suavidade, o segredo é aplicar o bronzer com movimentos circulares, sem depositar o produto em excesso em determinadas áreas do rosto. "O pincel duo fibra é uma excelente opção para isso, porque ele não absorve muito produto", diz Washington Rodrigues, de Belo Horizonte. A clássica batidinha para remover o excesso do pó antes de levar o pincel ao rosto também evita o efeito carregado.

Caixa de ferramentas

Pincel para rosto 187S, MAC, R$ 161,93

Pincel para contorno, Mariana Saad by Océane, R$ 39

Pincel de blush, quem disse, berenice?, R$ 47,90

Múltiplos efeitos

Para cada look, existe um tipo de bronzer ideal. Entenda as diferenças e escolha o seu!

Pó solto

É o tipo mais clássico de pó bronzeador, um dos primeiros que surgiu no mercado. Tem textura bem fina e é ideal para conquistar o efeito homogêneo, esquentando o tom da pele como um todo. Por outro lado, não é a melhor opção para fazer o contorno porque é mais difícil de controlar a aplicação. "Essa versão pede também um pouco de cuidado para não deixar um aspecto manchado sobre a base", alerta Carolina. A dica é esperar a base secar bem e só então finalizar com o pó.

Pó facial, Boca Rosa Beauty, Payot, R$ 43

Bronzer facial em pó, Twoone Onetwo, R$ 75,95

Pó compacto

O bronze em pó compacto promove um efeito mais intenso, já que concentra as partículas de pigmento. "É uma opção indicada para um efeito mais marcado, para criar luz e sombra", diz Washington Rodrigues. Para esse tipo de look, como contorno e marcações do rosto, a versão ideal deve ser opaca. Deixe o brilho para leves pontuações.

Pó compacto bronzeador efeito glow, Mary Kay, R$ 79,90

Blush baked blush bronze, Laura Mercier, R$ 239

Cremoso

É o queridinho do momento, porque entrega cor com naturalidade e glow. "Os produtos cremosos geralmente trazem um acabamento mais suave porque se misturam facilmente com a pele", explica Juliana Rakoza. É, no entanto, mais difícil de aplicar porque não espalha tão fácil como as versões em pó. "Quem busca só dar um efeito coradinho, pode usar o bronzer cremoso por baixo da base. Fica fresh e bem natural", ensina a expert.

Creme bronzeador de brilho saudável, Chanel, R$ 390

Minimalist whippedpowder, Shiseido, R$ 199

Bastão

A textura se aproxima muito do cremoso, com a diferença do formato, que garante mais precisão na aplicação. Essa versão dispensa pincel – é possível aplicar direto no rosto e espalhar dando leves batidinhas com os dedos – e permite sobreposição de camadas para dosar o resultado (mais ou menos intenso).

Duo contorno facial em bastão Make B, O Boticário, R$ 73,90

The multiple, NARS, R$ 249

Líquido

Em spray ou conta-gotas, também está no topo da lista dos mais cobiçados do momento. Isso porque é um produto superversátil, que pode ser usado pontualmente – para colorir áreas estratégicas do rosto (como maçãs do rosto ou o ossinho acima da mandíbula) – ou misturado à base – para aquele efeito de esquentar levemente o tom da pele. Também é muito usado em versões com brilho, como um iluminador quente.

Gotas iluminadoras rosto e corpo, Avon, R$ 22

Lumi drops 006 bronze, GOSH, R$ 39

Dos grandes e já renomados ingredientes usados nos cosméticos às novas promessas da indústria, eis aqui seu novo guia de ativos para uma rotina com a sua cara!



Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE