Cadastre-se em nossa newsletter para ler este e outros artigos.

Doses semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas os lançamentos da ELLE!
Inscreva-se gratuitamente.

  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER
  • O melhor da ELLE direto no seu inbox! Inscreva-se gratuitamente.
  • INSCREVA-SE AQUI
Beleza

ELLE testa: corretivos Fenty Beauty

Uma vez por mês, três membros da redação de ELLE vão testar os itens de beleza mais desejados do mercado e contar tudo sobre a experiência para vocês. Dessa vez, tudo o que você precisa saber sobre os corretivos Pro Filt'r e Bright Fix, da Fenty Beauty.

Foto: Nathalia Levy

Fenty Beauty

PUBLICIDADE

Quando a Rihanna entrou para o mundo da beleza lá em 2017, foram as bases e corretivos da linha Pro Filt'r que fizeram história com seus mais de 40 tons disponíveis. A promessa é de um acabamento forte que funciona quase como um filtro como os do Instagram e do Tiktok. Anos depois, para quem gosta de uma cobertura menos intensa, mais natural, surgem os corretivos da linha Bright Fix. Aqui na ELLE, testamos os dois! Vejam aqui o que a nossa descobriu na comparação.

Nathalia Levy

Antes de começar esta resenha, preciso contextualizar vocês de que eu não costumo usar maquiagem no dia a dia (para além de lip tint e, às vezes, máscara de cílios), tenho poucas habilidades com o pincel e quase nenhuma experiência com produtos como bases e corretivos. Tive a sorte de nunca ter tido nenhuma grande questão com a minha pele e costumava me maquiar mais quando era adolescente e queria parecer mais velha. Ainda assim, tenho algumas insatisfações com a minha pele e fiquei animada e curiosa para testar estes produtos da Fenty Beauty porque obviamente admiro a marca que Rihanna criou e nunca encontrei um corretivo que ficasse natural o suficiente para eu achar que valia a pena incluir este passo na minha rotina.

PUBLICIDADE


Antes e depois da Nathalia usando o Bright Fix, da Fenty BeautyFoto: Nathalia Levy

O Pro Filt'r Instant Retouch é o corretivo mais famoso da marca, disponível nas dezenas de tons que Rihanna popularizou, e me parece perfeito para uma maquiagem mais elaborada, com diversas camadas. Eu testei na cor 180 e apliquei primeiramente com os dedos. Não sei se foi por causa disso, mas achei que ficou bem pesado para mim que não tenho o hábito de usar maquiagem e não queria passar base ou pó junto com ele. Com o pincel, a experiência melhorou, mas, na região do nariz, onde tenho certa vermelhidão, ainda assim senti que ficou marcado. Já com o lançamento Bright Fix (testei a cor 04 Crepe), alcancei um visual bem mais natural. Ele tem uma textura leve, espalha muito bem, e lembra mais um produto de skincare do que maquiagem. Além disso, a ponta redonda transparente é bem confortável para a aplicação.


Antes e depois da Nathalia usando a Pro Filt'r, da Fenty Beauty.Foto: Nathalia Levy

Mesmo satisfeita com a minha pele natural, não vou negar que me senti mais "viva" nos dias em que usei ambos os corretivos e até o meu lip tint habitual durou mais na pele – o que achei ótimo. Na minha opinião, o Bright Fix é uma ótima escolha para pessoas que procuram uma maquiagem mais natural e um corretivo para o dia a dia, mas ainda assim acho que vou reservá-lo apenas para os dias de olheiras mais intensas.

PUBLICIDADE

Gabriel Monteiro

Eu acompanho a Fenty Beauty desde o início. A ideia de uma marca com uma gama de produtos verdadeiramente diversa sempre me chamou a atenção. Tenho um tom de pele que nunca foi fácil de identificar. Existe um fundo avermelhado na parte das bochechas, um padrão geral puxado para o caramelo, a herança familiar em olheiras bem escuras. Aprendi com o tempo a gostar de todas essas minhas características, mas encontrar produtos que casem bem com a minha pele não é tarefa tranquila.

Em resumo, a minha expectativa para usar o meu primeiro produto Fenty estava nas alturas. E, de fato, Riri entrega muito bem nessa questão. Como muitos sabem, a gama de tons oferecidos pela casa é vasta. No site da Fenty você consegue até achar o tom que mais se assemelha ao seu, por meio da ferramenta Shade Finder. Não vou mentir: errei na escolha. O que me conforta é saber que dá para acertar no próximo produto subindo um ou dois tons pra cima. Além disso, esse não foi um grande empecilho para eu testar os meus novos produtos no make. Tanto, que viraram meus acompanhantes diários o Fenty Beauty Pro Filt'r e o lançamento focado para a região dos olhos, o Fenty Beauty Bright Fix.

Foto: Gabriel Monteiro

O que chama a atenção logo de cara é a alta cobertura. Essa foi a primeira vez que lidei com um produto tão intenso. O Pro Filt'r, por exemplo, tem inclusive uma textura mais firme, que se assemelha quase a uma pomada. A fixação é tamanha que eu tive que aprender a lidar com ele especificamente. Você também usa a velha dica de deixar o corretivo secar um pouco antes de passar por toda a região que deseja cobrir? Com esse produto é necessário passar por toda a região logo de cara, porque uma vez que ele seca, fica lá para cumprir a sua função. Cobre mesmo!

Por essa razão, percebi que ele funciona melhor em algumas situações: para os dias difíceis, para as manchas mais complexas, para os makes inspiradíssimos e para quando a gente quer tirar aquela foto biscoiteira. Quer make levinha? Penso que não vai ser sua praia. Mas se tiver afim de montação, se joga.

Por outro lado, o mais recente Bright Fix parece surgir exatamente como como uma opção para quem não deseja uma cobertura tão intensa. A textura dele é bem mais suave e a parte mais bacana é que se trata de um corretivo iluminador. O que isso significa? Dá mais um efeito blur do que de cobertura, além de uma aparência hidratada. Esse produto é o ideal para quem não quer ter muito trabalho, quem nem usa base na rotina ou curte um tipo de corretivo com uma aderência natural na pele.

Ísis Vergílio

Não é novidade pra ninguém que eu sou uma verdadeira cadelinha de Fenty. Gosto realmente dos produtos e da performance deles na minha pele. O que eu amei no Bright Fix é que com pouquíssimo produto você consegue alcançar um bom resultado, a textura é incrível e espalha fácil. Apesar da cobertura ser média, pessoalmente, considerei ótimo! Sou dessas que gosta muito de uma aparência mais natural.

De um lado do rosto, Ísis está sem maquiagem. Do outro, ela usa o Pro Filt'r, da Fenty Beauty.Foto: Ísis Vergílio

A Fenty tem história quando o assunto é iluminador, a própria Riri já comentou que o objetivo dela é ver todas as sisters brilhando muito. Sendo assim, no quesito glow, a gata entregou tudo, fica realmente escandaloso e a pele fica viva e muito hidratada, sem parecer gordurosa (odeio me sentir derretendo).

De um lado do rosto, Ísis está sem maquiagem. Do outro, ela usa o Bright Fix, da Fenty Beauty.Foto: Ísis Vergílio

Ponto negativo: O aplicador. Achei difícil dosar a quantidade de produto. É uma embalagem de apenas 10 ml, não dá pra desperdiçar esse ouro. Uma gota funciona pra mim, o que fiz e acho que pode ajudar vocês (caso tenham a mesma dificuldade que eu) é colocar o produto em uma esponjinha ou manipular com os dedos. Saldo final: Fenty sendo Fenty, um grande babado.

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE

A ELLE Brasil utiliza cookies próprios e de terceiros com fins analíticos e para personalizar o conteúdo do site e anúncios. Ao continuar a navegação no nosso site você aceita a coleta de cookies, nos termos da nossa Política de Privacidade.

Assine nossa newsletter

Doses Semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas as novidades e lançamentos da ELLE no seu inbox.
Increva-se gratuitamente.