Beleza

Fique de olho em Victoria Tavares

Ela é conhecia como @maquiatrix no Instagram, e deu algumas voltas até escolher a maquiagem como profissão, mas agora que chegou ao mercado de beleza ninguém mais segura Victoria Tavares. Conheça o seu trabalho.

Foto: Victoria Tavares
PUBLICIDADE

Esta reportagem faz parte de uma série de perfis que estamos publicando aqui em ELLE.com.br na qual apresentamos novos talentos da maquiagem no Brasil e no mundo.

Se você gosta de maquiagem e ainda não segue a @maquiatrix está perdendo o seu tempo. Por lá, você vai encontrar visuais incríveis cheios de cor e brilho: características que dão o tom do trabalho de Victoria Tavares, a criadora por trás desse perfil no Instagram. Nascida em Belém do Pará, a jovem maquiadora de apenas 22 anos é apaixonada pelos pincéis desde criança. No entanto, sua trajetória até o mercado de beleza deu algumas voltas antes de chegar nele. "Aos 10 anos, achei que queria ser estilista. Tinha até vários croquis desenhados, mas, quando atingi a idade do vestibular, fiquei com medo de fazer o curso por causa da falta de mercado em Belém", conta à ELLE. Assim, optou por canalizar sua criatividade na publicidade. Hoje, contudo, é 100% beauty artist: "Nos primeiros estágios que fiz como produtora, sempre acabava maquiando alguém. Isso sem contar as maquiagens que sempre fazia para os eventos das amigas." Em resumo, de um jeito ou de outro, as paletas estavam sempre por perto, "eu só não tinha enxergado esse talento como uma possível profissão".

PUBLICIDADE

"Minha história começa desde muito pequena. Tenho uma família com mulheres que me inspiram e minha avó paterna foi minha primeira grande incentivadora", relembra. "Ela me deixava brincar com os batons vermelhos e esmaltes dela." Essa postura de encarar a maquiagem como diversão, no fim das contas, foi o que mais ajudou Victoria a aperfeiçoar suas técnicas. "Fiz cursos que não me agregaram tanto quanto isso de experimentar sem parar. Estou sempre testando alguma coisa, lendo, assistindo aulas e aprendendo técnicas. Hoje, nós temos muitas ferramentas para nos aprimorar na internet, mas nada é tão eficiente quanto simplesmente tentar", aconselha.

Na adolescência, Victoria carregou certa obrigação de maquiar-se diariamente até o momento em que percebeu que aquela leveza com a qual se permitia descobrir o mundo da beleza estava se perdendo. "Comecei a não achar muito legal essa relação de dependência cheia de regras (contorno, iluminação e delineado gatinho)." Atualmente, faz questão, inclusive, de se afastar ao máximo desse visual. "Sabe a categoria 'Extravaganza' de RuPaul?", brinca aludindo aos exageros encantadores da drag queen norte-americana autointitulada "Supermodel of the World" e criadora do reality RuPaul's Drag Race. "Gosto de cor, de grafismo, de tudo que a gente não vê muito por aí no dia a dia. Sou de Belém! Aqui, somos cercados de mato, tons vibrantes e muito calor... Acho que não tem inspiração maior que essa."

PUBLICIDADE

"Beleza é arte. É sobre expressão e vivência. Ela pode trazer vida, poder, sensibilidade... Tudo depende da história que tu escolhes contar. Maquiagem, para mim, é sobre libertar-se." Victoria Tavares

Para dar vazão a esses impulsos criativos, não raro, Victoria convoca artistas locais e produz junto deles ensaios fotográficos colaborativos. "Sempre quis trabalhar com moda, assinar a beleza de clipes de música... Foi daí que surgiu essa ideia", disse antes de citar as cariocas Carla Biriba e Renata Brazil como referência no campo da maquiagem. A pandemia, infelizmente, deu uma congelada temporária nesses projetos independentes, mas os planos não param. "A longo prazo, quero trabalhar com criativos de outros lugares. Viver essa troca de experiências". E se for pra sonhar bem alto, a resposta vem sem pestanejar: "Parece clichê, mas eu queria trabalhar com a Beyoncé!". Já pensou?

Foto clicada pelo duo @estudioterezaearyanne com beleza de Victoria Tavares e styling de @vinny_araujo

Sobre o futuro do mercado de moda e beleza, ela chega cheia de esperança: "Acredito que estamos caminhando para um comportamento cada vez mais consciente. Tanto a respeito da nossa relação com o meio ambiente como das questões sociais. Debates como representatividade e consumo responsável são o início dessa mudança", aponta. A ideia é viver um contexto menos tóxico em que a criatividade possa fluir livremente. "Beleza é arte. É sobre expressão e vivência. Ela pode trazer vida, poder, sensibilidade... Tudo depende da história que tu escolhes contar. Maquiagem, para mim, é sobre libertar-se."


Foto: Matheus Calandrini



O jovem maquiador assina o editorial "Um novo digimundo" da segunda edição da ELLE View e aqui você confere uma conversa sobre seus processos, sua história e seu ponto de vista sobre a intersecção entre beleza e arte.


Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE