• ASSINE NOSSA NEWSLETTER
  • O melhor da ELLE direto no seu inbox! Inscreva-se gratuitamente.
  • INSCREVA-SE AQUI
Beleza

A magia do óleo capilar

Produto queridinho da influenciadora (e atual BBB 22) Jade Picon, ele é um grande clássico do universo do haircare. Aqui, um guia de como usá-lo da melhor maneira e uma lista com suas diferentes versões. Encontre a que funciona melhor para você

Foto: Getty Image

Oleo capilar

PUBLICIDADE

Ressecamento, falta de brilho, quebra, frizz e pontas duplas. Estão aí cinco das mais comuns queixas de cabelo, que carregam um ponto em comum: o óleo como solução. Ou, pelo menos, como truque de beleza – dos bons – para contornar o problema.

O uso de óleos faz parte de uma cultura milenar de beauté que se mantém até hoje. Apesar dos avanços tecnológicos, a extração do concentrado de sementes e frutos da natureza ainda é o composto principal dos mais icônicos produtos do mercado.

Afinal, qual a principal ação dos óleos capilares? "Ricos em ômegas 3, 6 e 9 – poderosos ativos para a reparação lipídica do cabelo –, eles são soluções importantes quando há algum dano químico, como os do alisamento ou descoloração. Esses procedimentos acabam removendo a camada de proteção da fibra, responsável também pelo brilho e maleabilidade, e o óleo age minimizando as consequências desses processos", explica a farmacêutica e bioquímica Marcela Buchaim, especialista em tricologia e queda capilar.

Entre os mais famosos e cobiçados pela indústria de beleza estão: o de argan, abacate, coco, linhaça, jojoba, oliva e girassol. "Eles podem ser usados sozinhos, bem concentrados, ou como um blend de óleos que agregam ainda mais benefícios, para um tratamento mais completo", afirma Marcela. Há, ainda, as linhas completas que trazem o óleo como ativo principal, incluindo condicionador, máscara e finalizadores.

PUBLICIDADE

Versátil, o óleo pode ser usado com os cabelos úmidos (para nutrir e reparar); secos (como finalizador, com o objetivo de amenizar frizz e promover maciez); antes do secador (se tiver proteção térmica); como pré-xampu (para amenizar os danos da lavagem); e até na praia (prefira as versões com FPS). Dica importante: escolha o seu de acordo com a sua necessidade principal e tipo de cabelo. Quem tem fios muito finos, por exemplo, deve procurar as versões light ou mais fluidas, para não pesar. "Outro bom jeito de aproveitar os benefícios do óleo é como tratamento noturno, quando o cabelo tem mais tempo de absorver todos os nutrientes. Aplique em todo o comprimento e lave só no dia seguinte", ensina Marcela Buchaim.

A seguir, reunimos verdadeiros cases de sucesso e novidades do mercado para hidratar, condicionar, reparar, nutrir e proteger os fios. Pode escolher!

Oil Reflections, Wella Professionals

Foto: Divulgação

Para todos os tipos de cabelo, pode ser usado como pré-xampu, leave-in, tratamento noturno ou extrabrilho. Como tem proteção térmica, é um ótimo aliado para o uso com o secador.

PUBLICIDADE

L'Huile Originale Elixir Ultime, Kérastase

Foto: Divulgação

Um dos clássicos da marca, combina cinco óleos poderosos (marula, camélia, milho, pracaxi e argan) para proporcionar nutrição e proteção térmica até 230°. Ajuda a disfarçar o efeito desalinhado causado pelas pontas duplas e controla o frizz. A fragrância é outro ponto alto do produto.

Óleo Multiuso Baobab Botanical Blend, Phyto

Foto: Divulgação

Com óleo de baobá, karité, rícino, soja e oliva, garante nutrição, hidratação e proteção aos cabelos cacheados, ondulados e crespos. Para usar como pré-xampu, aplique algumas gotas diretamente no couro cabeludo, espere 15 minutos e enxágue antes de iniciar a lavagem.

Óleo Capilar Satin Oil, Keune

Foto: Divulgação

De textura fluida e rápida absorção, é ideal para cabelos finos ou com tendência à oleosidade. Repara cabelos secos e sem brilho sem pesar.

Óleo Capilar Bb Hairdresser's Invisible Oil, Bumble and Bumble

Foto: Divulgação

Combina seis óleos essenciais de rápida absorção pelos fios: coco, argan, semente de uva, semente de cártamo, amêndoa e macadâmia. Além de nutrir, dar brilho e maciez, protege contra os raios UV.

Óleo Reparador Serie Expert Absolut Repair Gold Quinoa 10in1, L'Oréal Professionnel

Foto: Divulgação

Traz o óleo extraído da quinoa dourada e a proteína hidrolisada de trigo como ativos principais para reparar cabelos finos, ressecados e danificados.

Óleo Capilar Aromacologia Reparador, L'occitane Provence

Foto: Divulgação

Com infusão de óleo de girassol, ajuda na redução do frizz e do volume, proporciona maciez imediata e aumenta a maleabilidade dos fios.

PUBLICIDADE

Óleo Capilar Oil For All, Redken

Foto: Divulgação

Indicado para todos os tipos de cabelo, ajuda a reter a umidade do fio para amenizar o frizz. Atua também como protetor térmico, extrabrilho e reduz o tempo de secagem.

Óleo Capilar Hidratação Intensa Unidas Pelos Cachos, Pantene

Foto: Divulgação

Com óleo de coco na formulação, ajuda a dar força e definição aos cachos enquanto hidrata e reduz o frizz sem pesar.

Óleo de Coco, The Body Shop

Foto: Divulgação

Mistura óleo de coco e de pracaxi, para tratar cabelos com ressecamento e danos severos nas pontas. Também pode ser usado antes da limpeza, direto no couro cabeludo, para potencializar a nutrição e evitar a desidratação que os fios sofrem na lavagem.

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE

A ELLE Brasil utiliza cookies próprios e de terceiros com fins analíticos e para personalizar o conteúdo do site e anúncios. Ao continuar a navegação no nosso site você aceita a coleta de cookies, nos termos da nossa Política de Privacidade.

Assine nossa newsletter

Doses Semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas as novidades e lançamentos da ELLE no seu inbox.
Increva-se gratuitamente.