Cadastre-se em nossa newsletter para ler este e outros artigos.

Doses semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas os lançamentos da ELLE!
Inscreva-se gratuitamente.

  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER
  • O melhor da ELLE direto no seu inbox! Inscreva-se gratuitamente.
  • INSCREVA-SE AQUI
PUBLICIDADE

Se você usa o TikTok, provavelmente já se deparou com algumas e-girls (são mais de 10,8 bilhões de visualizações só na hashtag principal). A estética que nasceu dentro da plataforma vem conquistando cada vez mais adeptas a medida que o aplicativo se populariza pelo mundo. Cabelo colorido – muitas vezes, bicolor –, roupas escuras, blusas listradas, camisetas largas de banda, saias xadrez e maquiagem marcante são algumas das assinaturas desse grupo. Tudo isso com clara inspiração principalmente nos emos, góticos e nas personagens de animes.

@luhsetra

dc @isafornecksemlives

Com mais de 4 milhões de seguidores na rede social chinesa e 863 mil no Instagram, a influenciadora Luh Setra, 20 anos, é uma das maiores referências nacionais desse estilo. "Quando eu comecei, em 2019, acho que tinham só uns cinco criadores brasileiros que se vestiam assim. Se fizesse uma busca no Google, não encontrava nada sobre e-girls, então eu me inspirava muito nos TikToks gringos", relembra.

Anna Vicente, 21 anos, também foi pioneira. Em 2018, já acumulava likes com sua franja verde contrastando com o chanel escuro, delineado marcado e piercings no rosto. Atualmente, tem mais de 344 mil seguidores no Instagram e 110 mil no TikTok – e parou de olhar para fora para pegar referências. "Hoje em dia, as minhas maiores inspirações são as minhas próprias amigas. Conheci todas pela internet, justamente por fazerem parte do mesmo cenário e terem gostos parecidos", conta.

PUBLICIDADE

Como fazer maquiagem e-girl

E-girl Luh Setra\u200b

Luh Setra

Se pelo look, as e-girls podem até ser confundidas com os membros das subculturas das quais derivam, na maquiagem, o remix de referências acabou resultando em um visual bem característico, com vários elementos que, juntos, criam uma unidade entre as meninas que fazem parte dessa turma. São eles:

Delineado

"Para mim, o delineado é a marca registrada", diz Luh. Sempre grosso e ultra pigmentado, é feito de uma maneira que dê uma puxadinha no olhar. Para isso, o traço superior costuma partir rente aos cílios na altura da pupila, deixando o canto interno livre, sem cores escuras. Normalmente, ele é reto para ficar bem gráfico, mas tem quem goste de dar uma curvada na ponta para criar um charme.

Já o inferior geralmente começa um pouco abaixo do canto externo e sobe em direção à ponta da sobrancelha até se encontrar com o de cima. "O que eu sempre recomendo é se inspirar em um desenho que você goste, mas adaptar para o seu formato de olho, porque nem tudo fica igual em todo mundo", sugere Anna, que apelidou o próprio delineado de bigorna pelo formato que ele fica quando a pálpebra está fechada, como mostra o vídeo abaixo.

Muito vermelho e rosa

Quando o assunto é sombra e blush, os nas cores rosa e vermelho são os favoritos das e-girls. Nos olhos, fica evidente que elas herdaram do estilo gótico o gosto pelas pálpebras quentes por trás do delineado intenso. No entanto, enquanto as integrantes da subcultura que surgiu nos anos 1980 preferem um acabamento mais pigmentado, as meninas da geração Z capricham no esfumado.

Nas bochechas, a ordem é deixá-las bem coradinhas, como uma personagem de anime com vergonha – o que inclui o nariz. Mas nada de ligar um lado ao outro como acontece no make com efeito queimado de sol. O rubor vai na lateral das maçãs e, pontualmente, na pontinha do centro do rosto. "Eu exagero pra caramba na quantidade para ficar bem marcadinho", conta Luh.

Boca esfumada

Vez ou outra, elas podem optar por um batom preto ou vermelho intenso, mas os lip tints são o produto favorito para colorir os lábios – quase sempre aplicados de uma forma que deixe a borda esfumada. "É para dar uma sensação assim: 'nossa, estou muito saudável'", avalia a influenciadora de 4 milhões de seguidores.

O esfumado pode ser feito com os dedos mesmo ou com a ajuda de um pincel fofinho. A dica é aplicar produto no centro dos lábios e ir espalhando com leveza até onde quiser – tem quem goste de extrapolar um pouco a borda para dar a impressão de lábios maiores e quem prefira o estilo k-beauty, que deixa a parte externa mais apagada e pigmenta apenas o centro, como se tivesse comido uma amora, entre outras variações.

Anna Vicente

Iluminador pontual

Se o delineador é usado como recurso para deixar o olhar mais puxadinho, o iluminador chega com um efeito quase oposto. Ele é aplicado nos cantos internos para dar a impressão de que os olhos são maiores, explica Luh. A ideia aqui também é se aproximar do visual dos personagens de anime. Já no nariz, o brilho vem para complementar a ponta avermelhada, criando a sensação de que ele é mais arrebitado. "Para mim, iluminar esses dois pontos ajuda a deixar a maquiagem mais fofa", comenta Anna Vicente.

Lente de contato

Ainda com o objetivo de aumentar os olhos, muitas e-girls costumam recorrer a lentes de contato pretas maiores que a íris, recurso copiado das ulzzang girls, subcultura de origem sul-coreana. Também é comum o uso de lentes azuis, brancas e vermelhas para se aproximar do visual gótico.

Desenhos de delineador

Por fim, as e-girl também amam brincar com o delineador criando desenhos gráficos nas pálpebras debaixo ou nas bochechas. Triângulos invertidos, coraçõezinhos, bolinhas e cruzes são os mais comuns.

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE