Moda

15 livros essenciais para quem ama moda

Hoje é Dia Nacional do Livro! E que tal dar um presente para você? Confira as indicações da equipe da ELLE para completar a sua biblioteca básica de moda.

Ilustração Gustavo Balducci
PUBLICIDADE

Olha que desculpa boa para fazer aquele agrado a si mesmo: 29 de outubro é Dia Nacional do Livro. Que tal ir atrás daquela obra que você estava querendo comprar há tempos para entender mais sobre a moda no Brasil e no Mundo? São muitas as opções? Então, para facilitar sua vida, a redação da ELLE preparou uma lista com 15 títulos com diferentes abordagem sobre a moda que não podem faltar na estante.

A batalha de Versalhes

Uma competição histórica entre estilistas norte-americanos e franceses é o mote para esse livro de Robin Givhan. Colunista do Washington Post, Robin é a única jornalista de moda premiada com o Pulitzer. Entre outros méritos, a obra é ótima para entender a história da moda norte-americana (Zahar, 224 págs.).

Babado Forte

Neste registro histórico, a jornalista Érika Palomino, colunista da ELLE, traça um panorama da moda, da música e do comportamento da juventude dos anos 1990. Entre as mais de 100 entrevistas realizadas nesse extenso trabalho de pesquisa, há conversas com Madonna, Ru Paul e Kate Moss. O livro está esgotado, mas ainda pode ser encontrado em sebos e brechós. Para quem quer escrever sobre moda, é também uma referência babado para se soltar na escrita (Mandarim, 288 págs).

PUBLICIDADE

O Biquíni Made In Brazil

assets.rebelmouse.io

Escrito pela jornalista de moda Lilian Pacce, é uma linha do tempo válida sobre um setor de moda bastante importante pro país (Editora Arte Ensaio, 344 págs.).

História da Moda no Brasil

É um dos mais completos estudos já realizados sobre a moda brasileira, coordenado pelo jornalista e escritor Luís André do Prado e pelo professor de moda e escritor João Braga. Reúne mais de 400 imagens e uma pesquisa robusta com informações de diversos acervos e relatos de figuras-chaves (Disal Editora, 640 págs.).

O Império do Efêmero

Escrito pelo filósofo francês Gilles Lipovetsky, é uma leitura importante para entender moda de um jeito mais histórico e sociológico (Companhia de Bolso, 352 págs.).

Moda: uma filosofia

Como entrega o título, a obra propõe uma abordagem filosófica da moda, com referências que misturam arte, música pop e pensadores como Kant e Theodor Adorno. O autor, Lars Svendsen, é professor do Departamento de Filosofia da Universidade de Bergen, na Noruega (Zahar, 224 págs.).

Sistema da Moda

O escritor, filósofo e semiólogo francês Roland Barthes analisa nessa obra os significados dos códigos de vestuário e dos discursos sobre a moda, a partir de artigos publicados na imprensa (WMF Martins Fontes, 480 págs.).

PUBLICIDADE

The Anatomy of Fashion: Why We Dress the Way We Do

Colin McDowell, considerado um dos maiores historiadores de moda da atualidade, responde nessa obra por que nós nos vestimos dessa ou daquela maneira e muitas outras questões relacionadas a roupas e tendências. O livro é fartamente ilustrado com fotografias, desenhos, cenas de filmes e pinturas (Phaidon Press, 358 págs.).

Collage Culture: Examining the 21st Century's Identity Crisis

Em ensaios assinados por Mandy Kahn e Aaron Rose, o livro traz reflexões sobre como a colagem exerce um papel fundamental na cultura contemporânea, seja na moda, na música, na literatura e até mesmo na arquitetura (JRP | Ringier, 96 págs.).

History of International Fashion

É considerado por muita gente o melhor livro de história da moda. O autor, Didier Grumbach, foi por 16 anos o presidente da Fédération Française de la Couture du Prêt-à-Porter des Couturiers et des Créateurs de Mode (hoje Fédération de la Haute Couture et de la Mode). A versão em português, Histórias da Moda, editada pela Cosac & Naif, está esgotada, mas ainda pode ser encontrada em alguns sebos (Interlink Books, 462 págs.).

The New Black Vanguard: Photography Between Art and Fashion

Curador e crítico de arte, Antwaun Sargent relata nesse livro como fotógrafos negros sacudiram e continuam a sacudir o mercado de moda. HIstórias de inclusão e exclusão, a criação de uma imagem comercial negra e outras questões relevantes são abordadas na obra (Aperture, 256 págs.).

Fashion and Postcolonial Critique

Abordando temáticas que vão da história da arte e estudos têxteis a mídia e sociologia, o livro reúne diversos autores que propõem uma análise global e crítica da moda numa perspectiva pós-colonial (MIT Press, 288 págs.).

People of The Twenty-First Century

Durante 20 anos, o fotógrafo e artista holandês Hans Eijkelboom fotografou milhares de pessoas nas ruas, em diversas partes do planeta, de Nova York a Shangai. Vistas em sequência, as imagens revelam como as pessoas se vestem de forma impressionantemente igual. Curioso, revelador e, hoje, mais relevante do que nunca.

Stitched Up: The Anti-Capitalist Book of Fashion

O lado zero glamouroso da moda, com relações de exploração que vão da indústria às modelos, é retratado neste livro. A autora é Tansy E. Hoskins, jornalista e ativista que colabora com veículos como The Guardian e Business of Fashion.

Take Ivy

Um achado para amantes da moda, a obra traz fotos clicadas por Teruyoshi Hayashida nos campus das universidades de elite que formam a Ivy League, nos Estados Unidos. Publicado originalmente em 1965, o livro acabou influenciando o estilo da juventude japonesa na época (powerHouse Books).

Os produtos incluídos nesta reportagem foram selecionados pela nossa equipe e contêm links para sites parceiros. Caso você compre produtos linkados no nosso site, podemos receber uma comissão.

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE