Cadastre-se em nossa newsletter para ler este e outros artigos.

Doses semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas os lançamentos da ELLE!
Inscreva-se gratuitamente.

  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER
  • O melhor da ELLE direto no seu inbox! Inscreva-se gratuitamente.
  • INSCREVA-SE AQUI
PUBLICIDADE

Após o anúncio da contratação de Pieter Mulier para a direção criativa da Alaïa, em fevereiro, a Alaïa acaba de anunciar seu retorno às passarelas, no dia 4 de julho, pouco antes do início da semana de alta-costura parisiense. Este será o primeiro desfile da grife francesa desde a morte do seu fundador homônimo, em 2017.

Vale lembrar que, durante 15 anos, Mulier atuou como braço direito de Raf Simons — hoje codiretor criativo da Prada —, tanto na marca do estilista como em suas colaborações com a Jill Sander, Dior e Calvin Klein. Seu trabalho nos bastidores da moda ganhou destaque no documentário Dior e Eu, de Frédéric Tcheng.

Em vôo solo, Mulier deve apresentar uma coleção de alta-costura e ready-to-wear, segundo confirmação da marca ao Business of Fashion. Um representante da label disse ao veículo: "a data em si também carrega um significado especial para a maison, já que a apresentação será realizada quatro anos após o último show de Azzedine Alaïa, em julho de 2017". Contagem regressiva.


Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE