Cadastre-se em nossa newsletter para ler este e outros artigos.

Doses semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas os lançamentos da ELLE!
Inscreva-se gratuitamente.

  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER
  • O melhor da ELLE direto no seu inbox! Inscreva-se gratuitamente.
  • INSCREVA-SE AQUI
Fotos: Adima Macena
PUBLICIDADE

Alguns processos criativos precisam ser explicados para que seu valor não se perca em leituras apressadas. À primeira vista, as roupas que Alexandre dos Anjos mostrou neste segundo dia da Casa de Criadores se resumem a variações de casacos pesados, vestidos longos e conjuntos de camisas e calças amplas tingidas com pinceladas grossas de colorido elétrico. E ponto. Mas não é bem assim.

O filme foi gravado em meio às memórias guardadas no barracão da escola de samba Vai-Vai e mostra como o designer transformou o corpo em tela em branco para pintar uma moda figurativa, baseada no primeiro jogo de búzios tirado por ele, em 2013. Os arquétipos de orixás se materializaram nessa conexão espiritual implementada em bases lisas.

Com um certo teor alegórico, tal qual a memória da primeira vez que cruzou um sambódromo, ele aplica detalhes em tule e franjas nas barras, acessórios de brilho e grafismos que, misturados, amplificam o choque de colagens proposto pela apresentação.

ALEXANDRE DOS ANJOS CDC JULHO 2021 www.youtube.com

Pinturas de rostos surgem na tela, resgatando as lembranças que o estilista guarda do chão apinhado de gente dos carnavais. Nesse misto de homenagem ao passado e reverência ao presente exposto na imagem urbana, caótica como as pichações que agora enchem coleções mundo afora, Anjos cria um universo paralelo ricamente adornado em cores e linhas irregulares.

PUBLICIDADE

ancestralidade na costura concebida para esta coleção, mas ela aparece quase como uma obra de arte em movimento, explosiva e carregada de elementos que só de perto podem ser entendidos.

É o tipo de roupa que exige ser vista, tocada e sentida nas minúcias, como acontece com aquelas guardadas no armário mais por causa de seus significados do que pelas possibilidades de uso no dia a dia.

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE