Cadastre-se em nossa newsletter para ler este e outros artigos.

Doses semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas os lançamentos da ELLE!
Inscreva-se gratuitamente.

  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER
  • O melhor da ELLE direto no seu inbox! Inscreva-se gratuitamente.
  • INSCREVA-SE AQUI
Fotos: Kendy Higashi
PUBLICIDADE

Quem que não viveu em modo avião nos últimos tempos sabe que as redes sociais ocuparam um espaço muito maior em nossas vidas. Em uma crítica à proporção que isso tomou, Dario Mittmann recria a história de "Alice no País das Maravilhas" em uma estética gamer cyberpunk no vídeo apresentado neste primeiro dia da 48a edição da Casa de Criadores

Em busca por likes e aprovação, a protagonista vai da ascensão à queda, passando por uma espécie de webhedonismo que é exacerbado por códigos dos e-boys e e-girls. Cores ácidas, shapes amplos e comprimentos mini ganham vida por meio de estampas cartoon com jeitinho kawaii pelas quais o estilista é conhecido.

Apesar dos desenhos fofinhos, há uma mensagem subliminar mais profunda nessas estampas. "Criei essa coleção em um momento muito triste. Ela é colorida porque essa é minha estética. Vivemos em um mundo de euforia, mas, em nossas camadas mais densas, não estamos tão bem", explica o estilista.


Entre margaridas, smiles, ETs e personagens ultra coloridos, lê-se frases como "it's ok not to be ok" (tudo bem não estar bem) e "thank you for nothing" (obrigado por nada), que representam problemas geracionais como a ansiedade e a depressão, principalmente entre aqueles que fazem da internet sua morada. A estética um tanto sombria que o vídeo dirigido por Los Cabras e Hanna Batista traz, tal qual a fábula de Lewis Carroll, reforça essa mensagem.

PUBLICIDADE

A novidade fica para o design modular, que Mittmann começa a explorar nesta temporada, com calças que viram shorts, jaquetas reversíveis e macacões de manga longa que ganham versões curtas através de zíperes. O conforto e a versatilidade seguem sendo temas recorrentes na maioria das marcas por conta da pandemia e eles ganham uma versão divertida e colorida nas mãos de Mittmann.

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE