PUBLICIDADE

O Grupo Soma, do qual fazem parte as marcas Animale, Farm, Cris Barros e Maria Filó anunciou ao mercado que está na fase final do processo de aquisição da NV, grife da empresária Nati Vozza. A transação, avaliada em R$ 210 milhões, ainda depende do cumprimento de algumas condições (a conclusão de auditoria e a aprovação definitiva do Conselho Administrativo de Defesa Econômica – CADE) e a assinatura dos documentos definitivos deve ser concluída, segundo a empresa, em até 60 dias.

Lançada em 2010, a grife da influenciadora campineira chamou atenção dos empresários do grupo pelo rápido crescimento e forte presença digital. Em 2019, o faturamento da NV foi de R$ 100 milhões e, para este ano, a projeção é de R$ 170 milhões. "Sempre admiramos a marca e olhamos essa associação sob um viés estratégico na composição do nosso portfólio", disse Roberto Jatahy, CEO do Soma, em comunicado oficial.

Com a compra, o grupo carioca, que arrecadou R$ 1,8 bilhão em um IPO em julho deste ano, tem como objetivo aproveitar a impressionante audiência conquistada organicamente pela marca de Vozza para reforçar sua atuação digital. Algo negligenciado por muitas empresas de moda, os e-commerces tiveram um boom de crescimento durante a pandemia, acelerando os investimentos e melhorias na área. Como contrapartida, a NV passa a contar com todo suporte operacional e plataforma de aceleração do Soma, via abertura de lojas físicas e expansão no atacado.

PUBLICIDADE

"A NV ocupará um espaço até então não preenchido, não só pela sua capacidade de comunicação no meio digital, como pelo seu grande potencial de crescimento", continua Jatahy. "A NV é um projeto de vida e não poderíamos estar mais felizes em fazer parte do Grupo Soma. Tivemos muita afinidade desde a primeira conversa e quando percebemos que o modelo de negócio do Grupo nos daria total autonomia e independência, ficamos ainda mais entusiasmados. É um reconhecimento do meu trabalho e tenho certeza que uma associação estratégica com o Soma só agregará no nosso foco de expansão e crescimento estruturado, para levar a marca para outro patamar", afirma Natalia Vozza.

Nos termos divulgados pelo Soma, a transação será feita com pagamento em dinheiro e ações, de forma que Natalia Vozza e Antônio Junqueira, sócios fundadores da marca, passem a compor o bloco de controle do grupo. Adicionalmente, foi divulgado que os novos sócios poderão fazer jus a um valor adicional, a ser pago até 2026, caso a marca supere o plano de negócios firmado entre as partes.

PUBLICIDADE




Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE