Cadastre-se em nossa newsletter para ler este e outros artigos.

Doses semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas os lançamentos da ELLE!
Inscreva-se gratuitamente.

  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER
  • O melhor da ELLE direto no seu inbox! Inscreva-se gratuitamente.
  • INSCREVA-SE AQUI
PUBLICIDADE

Carol Jannini gosta de moda desde criança. Seu primeiro contato com esse universo foi pelas revistas que sua mãe lia. Mais tarde, aos 14, assistiu a um desfile na São Paulo Fashion Week e teve a certeza de que queria trabalhar com algo relacionado ao assunto. "No mesmo dia, ao chegar em casa, criei um blog para começar a dividir com outras pessoas um pouco da minha paixão", relembra ela. Formada em publicidade e propaganda pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, foi trabalhar na Editora Abril. "Foi ali, acompanhando os bastidores das revistas mais importantes de seus segmentos, que tive enfim a certeza de que estava no caminho certo", fala.

Coincidentemente, o Instagram começava a crescer como principal plataforma de comunicação de moda, e Carol não perdeu tempo. Seus posts logo chamaram atenção de algumas marcas, que a chamaram para ser modelo. Começava ali sua carreira de influenciadora. Em setembro de 2019, Carol se casou com o empresário Ivan Zarzur. Hoje, o casal espera o nascimento do primeiro filho. A seguir, conversamos como a influenciadora para entender como a gravidez impactou seu trabalho e estilo. Nas fotos, Carol veste a mais recente coleção da Miu Miu.

Carol Jannini posa com look Miu Miu Carol usa camisa Miu Miu.

Ser mãe sempre foi um sonho?

PUBLICIDADE

Sem dúvida! Sempre tive o sonho de casar, e deixar meu legado para mundo através de uma nova geração da nossa família.

Como tem sido a gestação e preparação para a maternidade num período tão caótico como o de agora?

Confesso que não está sendo fácil. A gestação é um momento superdelicado, existe muita oscilação de humor, mudanças bruscas na rotina, alterações na alimentação, no corpo. Ter de enfrentar isso durante uma pandemia, sem sair de casa, sem encontrar meus familiares, amigos, é muito mais complicado.

Como a gravidez impactou sua rotina de trabalho?

Os primeiros três meses foram bem complicados. Passei supermal e não conseguia fazer nada, era muita indisposição, enjoo, azia, cansaço. Foi quando minha rotina de trabalho começou a mudar. Sempre fui muito ativa e, naquele momento, percebi que deveria diminuir o ritmo, respeitar o meu corpo. No início, fiquei mais ausente da internet, foquei em entender o que era necessário e temporário. Depois, consegui equilibrar. Tem dias que consigo produzir mais e dias que produzo menos, e está tudo bem.

E seu guarda-roupa, como mudou?

A única coisa que mudou foi o tamanho. Tentei me manter fiel ao meu estilo, adicionando apenas o conforto de uma papete ou tênis. Óbvio que vejo algumas peças de roupa incríveis, que, no momento, não consigo usar. Mas estou muito satisfeita com a maneira que consegui driblar a gravidez e criar looks inimagináveis para uma gestante. Meu público inclusive está amando, até porque, no momento em que anunciei a gravidez, recebi uma nova audiência de gravidinhas em busca de inspiração de looks e outras dicas.

PUBLICIDADE

Carol Jannini posa com look Miu Miu Cardigan e sutiã, Miu Miu.

Você é uma pessoa que vive em evidência, seu trabalho consiste em expor sua imagem. A gravidez trouxe algum questionamento em relação a isso?

Tive um pouco de medo das comparações, críticas e até mesmo de palpites desnecessários. A gestação é um assunto sobre o qual as pessoas divergem muito e isso me assustou um pouco. Estou prezando pela paz do meu psicológico, então tem certos assuntos que evito abordar ou expor justamente para me poupar de algum stress. Claro que muitos outros eu divido com prazer, sei que do outro lado da tela pode ter alguma leitora passando por algo semelhante.

Como pretende lidar com essas questões de exposição em relação à imagem do seu filho?

Ainda não temos uma definição precisa de qual o nível adequado ou limitações da exposição da imagem do nosso baby. Acho que será de forma orgânica, quando couber. Talvez seja algo tão intuitivo, que vai acontecer naturalmente. A verdade é que a profissão que segui me tornou uma pessoa pública, então de certa forma, todos os que me rodeiam acabam sendo incluídos nesse universo. E ficarei imensamente feliz de poder dividir um pouco dessa nova etapa da minha vida com àqueles que me seguem.

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE