Cadastre-se em nossa newsletter para ler este e outros artigos.

Doses semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas os lançamentos da ELLE!
Inscreva-se gratuitamente.

  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER
  • O melhor da ELLE direto no seu inbox! Inscreva-se gratuitamente.
  • INSCREVA-SE AQUI
PUBLICIDADE

Jean Paul Gaultier transformou o jantar anual da Sidaction — instituição beneficente que ajuda pacientes com HIV — em um leilão de peças de grifes de luxo, doadas por celebridades. Diante da pandemia de Covid-19, o estilista inovou na solução para arrecadar recursos para a fundação, uma vez que não seria possível reunir os convidados em um evento beneficente presencial.

Como parte da estratégia de divulgação do evento, Gaultier irá produzir comerciais à la anos 1980, estrelando as personalidades que contribuíram com o leilão, como Michèle Lamy, Jacquemus, Alexandre Mattiuss. Os vídeos serão dirigidos pelo diretor francês Loïc Prigent e serão divulgados pelo perfil do Instagram @fashionforsidaction, no dia 28 de janeiro.

Mais de 40 itens serão leiloados, entre eles modelos exclusivos da Balenciaga, Rick Owens e Louis Vuitton. O evento será online, pelo site da casa Drouot Estimations, entre os dias 28 e 31 de janeiro.


Depois da Givenchy virar meme, a Balenciaga foi mais longe com o seu tênis que separa cada dedo do pé, mas essa não é uma criação nova. Conheça nesta matéria a história dos Tabi Shoes, que se confunde com a história do Japão e da Maison Margiela.

PUBLICIDADE


Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE