PUBLICIDADE

Kamala Harris prestou homenagem aos mais de 400.000 americanos que morreram vítimas de coronavírus no último ano, em memorial solene na última terça-feira (19.01), véspera do dia da posse, junto ao seu marido, Doug Emhoff, o presidente eleito Joe Biden, e sua esposa, Jill Biden.

Kamala Harrus Kamala Harris escolheu peça assinada por Kerby Jean-Raymond para a cerimônia, estilista engajado na luta contra o coronavírus Michael M. Santiago/Getty Images

Kamala Harrus

Outra vez, a futura vice-presidente dos Estados Unidos, que tomará posse nesta quarta-feira, usou a moda para reforçar sua mensagem. Para o evento, Kamala vestiu um casaco de um tom terroso da marca novaiorquina Pyer Moss. Quando olhamos para a história da marca, percebemos que sua escolha não é à toa, ela aponta para o que Kamala acredita. O designer da peça e fundador da grife, Kerby Jean-Raymond, é conhecido por lutar contra as injustiças raciais e usa a moda para isso. Filho de imigrantes haitianos, ele teve uma infância difícil e viu boa parte de sua família nos Estados Unidos ser deportada. Você pode ler mais sobre sua história aqui.

Durante a pandemia, ele também se destacou por seus esforços em apoiar empresas locais, a quem doou US$ 50.000. Em março de 2020, Raymond transformou seu escritório em Nova York em um centro de distribuição de máscaras, luvas e outros acessórios usados para prevenir a contaminação pela Covid-19 — depois que sua irmã, profissional da área da saúde, contraiu a doença. Ele também doou US$ 5.000 para a compra desses suprimentos.

PUBLICIDADE

"Esta noite nós lamentamos, mas começamos a nos curar, juntos", disse Harris durante o memorial.



Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE