Cadastre-se em nossa newsletter para ler este e outros artigos.

Doses semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas os lançamentos da ELLE!
Inscreva-se gratuitamente.

  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER
  • O melhor da ELLE direto no seu inbox! Inscreva-se gratuitamente.
  • INSCREVA-SE AQUI
PUBLICIDADE

Não sem tempo, a Louis Vuitton entrou na corrida para tentar mitigar os impactos ambientais de sua produção ao anunciar, nesta quinta-feira (22), o lançamento do tênis Charlie, no qual 90% dos materiais são recicláveis e de origem natural.

O modelo é unissex e foi desenvolvido após uma análise do ciclo de vida de cinco calçados masculinos da Louis Vuitton, contou a diretora de sustentabilidade da marca, Christelle Capdupuy, ao site WWD. Segundo ela, os esforços ajudarão a mudar a mentalidade da empresa em grande escala, para que ela adote cada vez mais o design ecológico.

"O estudo nos ajudou a identificar os pontos principais em que podemos mexer para reduzir o impacto ambiental de nossos sapatos. O Charlie é o resultado de todo o trabalho científico e técnico que temos feito", disse Capdupuy à publicação.

T\u00eanis Charlie Louis Vuitton Tênis Charlie da Louis Vuitton tem 90% dos materiais de origem natural e reciclávelDivulgação

A sola do tênis é feita com 94% de borracha reciclável, fator que, segundo a Louis Vuitton, ajuda na absorção dos impactos nas pisadas. O tecido da parte de cima, por sua vez, é composto por poliéster, também reciclado, e uma camada de biopolioli, um tipo de plástico feito a partir do milho. Tanto a língua do sapato, quanto os detalhes da parte de trás — como o logo da marca — são feitos com nylon derivado de reciclagem, retirado de redes de pesca, restos de tecidos e plástico industrial.

PUBLICIDADE

O tênis Charlie será lançado no dia 12 de novembro nos Estados Unidos e terá versões de cano alto, que custarão 1.130 dólares, e de cano baixo, por 1.080 dólares. Ambos serão empacotados em uma embalagem sustentável, feita de fibras de madeira reutilizada, que poderá ser usada no futuro como sacola de compras.

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE