• ASSINE NOSSA NEWSLETTER
  • O melhor da ELLE direto no seu inbox! Inscreva-se gratuitamente.
  • INSCREVA-SE AQUI
PUBLICIDADE

Nohoa Arcanjo iniciou sua carreira na moda, mas foi no universo das startups que encontrou a verdadeira paixão. “Startup é uma loucura, todo dia temos que repensar coisas que no dia anterior pensávamos possíveis de fazer. A dinamicidade desse tipo de negócio é, de fato, muito legal”, conta a cofundadora e chief growth officer da Creators, que conecta criadores de conteúdo com marcas que precisam escalar sua comunicação e iniciar conversas com suas comunidades. A empresa registrou um crescimento de 420% em 2021 atendendo clientes como o Google, Docusign, Xiaomi, Prime Vídeo e TikTok, todos no universo da creator economy, ou seja, monetizando a paixão de pessoas que se tornam influenciadores.

Certificada pela Growth Academy, no Vale do Silício, Nohoa já trabalhou como executiva de marketing em multinacionais como Pandora e Coca-Cola Clothing, desenvolveu projetos com a ONU Mulheres e a RME (Rede Mulher Empreendedora), além de atuar como mentora na B2Mamy e Miami Ad School. “Também somos uma das três primeiras startups escolhidas para receber um investimento do Google for Startups na América Latina, por meio do programa Black Founders Fund, que investe em startups lideradas por pessoas negras”.

No quinto encontro do #MovimentoELLE 2022, ela explicou os princípios básicos de uma startup e compartilhou insights sobre tecnologia e comunicação digital. Na conversa, Nohoa destacou o conceito de MVP, sigla em inglês para Minimum Viable Product – ou Produto Mínimo Viável. Significa construir a versão mais simples e enxuta de um produto, gastando o mínimo possível para entregar a principal proposta de valor da ideia. “Através desse processo, você conseguirá entender se há mesmo um potencial de vendas e evitará gastar dinheiro à toa”.

PUBLICIDADE

Segundo a empresária, há grupos de pessoas altamente interessadas em testar novos produtos e serviços, ajudando a aprimorá-los. “É o que chamamos de ‘early adopters’, e eles têm um valor absurdo na cadeia, pois através dos seus feedbacks saberemos se o produto mínimo viável que está sendo concebido faz sentido”.

Confira abaixo outras dicas valiosas passadas por Nohoa Arcanjo no encontro:

Definindo o negócio

Nem toda empresa nova ou pequena é uma startup. O termo se constitui quando o negócio é: inovador, tem alto risco, baixo custo de operação, alta potência de escala e uma base tecnológica.

Radar de oportunidades

Inovação não é só criar algo do zero. Às vezes, é apenas um outro jeito de fazer algo que já existe, mais fácil, menos burocrático ou com resultados melhores.

Novo olhar

Você pode pensar no seu negócio como uma startup. Mesmo que não seja tecnológico, outros conceitos podem deixá-lo mais ágil e flexível para testá-lo antes de investir e não queimar dinheiro.

PUBLICIDADE
Match ideal

Na hora de escolher um investidor, reflita se essa pessoa contribuirá com inteligência, ajudando a gerir o negócio ou trazendo conexões que impulsionem seu crescimento. Procure alguém que possa acrescentar outros valores ao seu negócio além do dinheiro.

Para testar

O Whatsapp Business é um excelente modelo para novos negócios de moda e está explodindo no Brasil, além de ser um ótimo MVP - Minimum Viable Product, uma sigla em inglês que significa o produto mínimo viável, um experimento antes de lançar um produto oficial ou completamente pronto - possível e primeiro passo para um ecommerce – mais caro e complexo.

Começando bem

Parcerias com micro e nano influencers são mais viáveis para novos negócios, tanto na construção de conteúdo (mais orgânico e fluido), quanto no custo.

Comunicação 360°

Influencers não são o único caminho quando um negócio está começando e há milhões de pessoas para impactar. É preciso fazer mídia, investir em SEO, blogs, redes sociais, newsletters etc... testando um pouco de cada ferramenta/estratégia de comunicação digital para ver qual funciona melhor e investir nela.

O que é o #MovimentoELLE
O #MovimentoELLE é um projeto solidário idealizado pela ELLE e pensado para impulsionar o desenvolvimento sustentável entre pequenos empreendedores de moda.

PUBLICIDADE
Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE

A ELLE Brasil utiliza cookies próprios e de terceiros com fins analíticos e para personalizar o conteúdo do site e anúncios. Ao continuar a navegação no nosso site você aceita a coleta de cookies, nos termos da nossa Política de Privacidade.

Assine nossa newsletter

Doses Semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas as novidades e lançamentos da ELLE no seu inbox.
Increva-se gratuitamente.