Cadastre-se em nossa newsletter para ler este e outros artigos.

Doses semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas os lançamentos da ELLE!
Inscreva-se gratuitamente.

  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER
  • O melhor da ELLE direto no seu inbox! Inscreva-se gratuitamente.
  • INSCREVA-SE AQUI

Ilustração: Mariana Baptista

PUBLICIDADE

Em agosto de 2020, Airon Martin abriu a primeira loja da Misci, sua marca conhecida por uma alfaiataria despretensiosa e sofisticada. O endereço escolhido foi a Rua Mateus Grou, no bairro de Pinheiros, em São Paulo. Apesar do cenário pandêmico e desanimador, ele enxergou ali uma oportunidade para reaquecer uma região que já vinha ganhando destaque como centro de consumo de moda há algum tempo. "Não queria que fosse apenas em uma zona de compras. Para nós, é um lugar para um novo estilo de vida, reunindo marcas que compartilham dos mesmo valores sociais, sustentáveis e de trabalho, tudo mais colaborativo", explica o estilista.

De lá para cá, o número de negócios – de moda e não só – cresceu consideravelmente. A própria Misci mudou de espaço, para um maior e com direito a jardim e bar. Pouco tempo depois, outros nomes como Heloísa Faria, Neriage e Isaac Silva também se mudaram para o mesmo CEP.


"Acompanhei a abertura da Misci, e logo pensamos em usar a rua como um polo de novidades para sair da bolha dos jardins", diz Rafaella Caniello, estilista à frente da Neriage. "Senti que esse lugar tinha uma energia de renovação e o bairro tem essa coisa cool com restaurantes e bares". O projeto da nova loja, inaugurada há um mês, é inclusive assinado por Airon. "Fizemos tudo em família, com essa ideia de se ajudar, não concorrer e trazer o espírito de comunidade da nova geração de estilistas", conta ela.

PUBLICIDADE

A próxima etiqueta a desembarcar por ali é Isaac Silva, com a sua segunda loja. Com inauguração marcada para o próximo dia 28, Isaac quer trazer um pedaço do axé e alegria da matriz da Santa Cecília para Pinheiros. E não só isso. Uma das novidades do novo ponto de venda é uma multimarcas focada na venda e promoção de criadores negros. "Tenho uma clientela muito grande que tem comprado online para não se deslocar ao centro, mas a compra presencial é diferente, então será um novo lugar para tocar e experimentar as roupas, tanto mais elaboradas, quanto as clássicas", fala.

Dessa nova comunidade também nasce o projeto Zona Criativa Grou, encabeçado por Airon para transformar o trecho em um destino de compras e socialização para quem busca conhecer marcas autorais brasileiras. "Uma rua ocupada, iluminada e revitalizada é mais segura, movimenta a comunidade e os negócios locais", define ele. O primeiro pontapé da iniciativa acontece no próximo dia 28.11, com uma programação especial e aberta ao público, das 14h às 20h, com música, moda e arte pelas lojas da rua. Enquanto isso, listamos abaixo os principais endereços de moda para descobrir na Mateus Grou. Confira:

PUBLICIDADE

A Mafalda


Criada em 2008 por Maria Fernanda Sodré, a marca de sapatos de couro se inspira no dia a dia urbano para criar peças modernas e confortáveis, produzidas a mão por uma equipe exclusiva de artesãos.

Onde: Rua Mateus Grou, 580

Cabtudo


O salão de beleza mais querido dos fashionistas também tem um quintal supergostoso para relaxar, bar com drinques e comidinhas, além de ser um ambiente pet friendly, com direito a uma loja dedicada aos companheiros de quatro patas, a My Boo.

Onde: Rua Mateus Grou, 355

Corcel


Inaugurada há pouco mais de um ano e uma das estreantes da edição 52 da SPFW, a pequena loja tem grandes achados, especialmente os sapatos e botas de couro de pegada rocker. Há ainda acessórios como lenços, cintos, bolsas e até uma fragrância própria, batizada de Hermafrodita.

Onde: Rua Mateus Grou, 520

Dois Trópicos


Idealizada pelo casal Fernando Werney e Carol Von Atzingen, a loja de botânica também possui um café com cardápio de comida consciente e ministra aulas de yoga, formando o refúgio wellness perfeito.

Onde: Rua Mateus Grou, 589

Heloisa Faria


Moda autoral, consciente, feminista e upcycled. Esse é o conceito da marca homônima da estilista, expert em moulage. A loja física é também o ateliê, onde a própria Helô recebe as clientes – com sua mesa de trabalho no meio do ambiente.

Onde: Rua Mateus Grou, 530

Isaac Silva


Com a sua bandeira "acredite no seu axé" saudando os transeuntes da janela, Isaac inaugura seu segundo espaço em São Paulo, no dia 28, após o desfile na SPFW. As peças do show já estarão disponíveis para venda, assim como os principais hits da label.

Onde: Rua Mateus Grou, 622

Karin Reiter


O espaço intimista é um prato cheio para as fãs da joalheria artesanal de Karin, que já vestiu musas como as cantoras Céu, Liniker e Gaby Amarantos. O destaque fica para as peças de vibe lúdica, como os braceletes Boca e Formiga.

Onde: Rua Mateus Grou, 538

Luiza Dias 111


A loja reflete o olhar moderno da designer de acessórios, conhecida pelo bom mix de formas geométricas, cores e texturas. Com exceção de algumas peças feitas em fundição, sua produção é manual e executada minuciosamente por um time 100% feminino.

Onde: Rua Mateus Grou, 509

Misci


Com cores, formas e texturas inspiradas no nosso país, a loja tem projeto assinado pelo fundador da marca, Airon Martin, em parceria com a Babbie Arquitetura e Interiores, e reúne roupas, acessórios e mobiliários que carregam uma brasilidade nada óbvia.

Onde: Rua Mateus Grou, 597

Mareu Nitschke


Veterano da moda, Mareu tem um extenso currículo que inclui uma marca própria, a Catzo Homem, criações para outras grifes como Osklen, Maria Bonita e Havaianas, além de figurinos para espetáculos de teatro e música. Com sua label, ele vem realizando um trabalho de pesquisa feito com moulages em repetições de quadrados.

Onde: Rua Mateus Grou, 623

My fots


Aberta desde 2017, a loja da grife fundada por Tatiana Marcondes foi pensada para ser um lugar onde as pessoas pudessem se sentir acolhidas e bem-vindas, como uma casa de avó. Por lá, encontram-se roupas e acessórios desenhados para mulheres que apreciam conforto e versatilidade no vestir.

Onde: Rua Mateus Grou, 503

Neriage


Dividido em loja, escritório e ateliê – com um charmoso roof top como cereja do bolo –, o novo espaço da marca foi projetado para extrapolar as roupas e despertar os sentidos de quem o visita. Por isso, além das novidades que recheiam as araras a cada mês, há também uma pequena coleção de cerâmicas, desenvolvidas em parceria com o ateliê Paula Souza, e outra de velas aromáticas, ambas inspiradas nas técnicas de plissados e nas modelagens criadas por Rafaella Caniello, estilista à frente da etiqueta.

Onde: Rua Mateus Grou, 618

Reptilia


Fundada em Curitiba, a marca desembarcou em São Paulo há poucos meses, trazendo roupas minimalistas e shapes confortáveis, arrematados por uma cartela que vai dos tons sóbrios, entre eles branco e preto, aos bem vibrantes, como o rosa pink. A marca também ganhou fama por adotar práticas sustentáveis, como o desperdício zero, onde todos os resíduos pré-consumo – aqueles que não são usados durante a confecção das peças – são coletados e reinseridos na produção.

Onde: Rua Mateus Grou, 626

Studio Laundry


Feita por mulheres e para mulheres, a marca independente existe desde 2003 com o objetivo de criar roupas e acessórios que vão além das tendências do momento. As camisas de algodão são um hit, assim como os shorts e calças de alfaiataria minimalista.

Onde: Rua mateus grou, 528

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE

A ELLE Brasil utiliza cookies próprios e de terceiros com fins analíticos e para personalizar o conteúdo do site e anúncios. Ao continuar a navegação no nosso site você aceita a coleta de cookies, nos termos da nossa Política de Privacidade.

Assine nossa newsletter

Doses Semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas as novidades e lançamentos da ELLE no seu inbox.
Increva-se gratuitamente.