Cadastre-se em nossa newsletter para ler este e outros artigos.

Doses semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas os lançamentos da ELLE!
Inscreva-se gratuitamente.

  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER
  • O melhor da ELLE direto no seu inbox! Inscreva-se gratuitamente.
  • INSCREVA-SE AQUI

Stella McCartney faz apelo ao meio ambiente durante semana de moda masculina de Milão em 2020.

PUBLICIDADE

A Stella McCartney comunicou hoje (22.0-4) uma linha de camisetas em parceria com a campanha do Greenpeace contra o desmatamento da Floresta Amazônica, acelerado pela agricultura industrial e produção de carne.

A coleção Stella x Greenpeace conta com duas camisetas e dois agasalhos de moletom em azul claro e branco, todos feitos de algodão orgânico. A estilista britânica aproveitou para reafirmar que sua marca não usa recursos de florestas antigas ou sob algum tipo de perigo — todo o poliéster usado na produção das roupas da grife vêm de árvores plantadas para este fim na Suécia.

"Espero que as coisas não voltem ao normal em 2021 — ao invés disso, espero que voltemos para uma vida mais consciente. Florestas importantes, como a amazônica, não devem ser destruídas para produzir carne em escala industrial, vendida ao redor do mundo" disse Stella ao site WWD. Ela apelou também para que as pessoas reduzissem o consumo semanal de carne a fim de diminuir o desmatamento e, assim, garantir o futuro das próximas gerações.


Stella McCartney x Greenpeace www.youtube.com


As camisetas estão disponíveis para compra a partir desta quinta-feira, 22 de abril — dia da Terra — nos sites da própria grife e alguns revendedores globais. Os preços giram em torno de 250 e 550 libras.

PUBLICIDADE




Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE