Cultura

Beatriz Milhazes volta ao Masp

Desdobramento de mega retrospectiva da carioca, nova exposição reúne pinturas de pequeno formato da artista, um dos principais nomes da arte contemporânea brasileira.

Foto: Divulgação/Pepe Schettino

O idiota (2013-2014), pintura de Beatriz Milhazes

PUBLICIDADE

Beatriz Milhazes: Avenida Paulista, maior exposição já dedicada à artista, exibiu até o início deste mês 170 trabalhos da carioca no Masp e no Itaú Cultural, ambos em São Paulo. A partir desta sexta-feira, 25.06, o Museu de Arte de São Paulo volta a receber a obra da artista com Gabinete Beatriz Milhazes.

A exposição traz 17 pinturas de pequeno formato de Beatriz, conhecida por seus trabalhos em grande porte. O recorte da exposição era um desejo antigo da artista e de Adriano Pedrosa, diretor artístico do Masp e curador da mostra, ao lado de Amanda Carneiro, curadora assistente do museu.

Assim como a exposição anterior, a mostra traz obras criadas entre 1989 e 2020, entre a abstração e a figuração, com os característicos arabescos e círculos de Beatriz. A exposição também mantém a vitrine que já estava no espaço e que reúne mais de 80 documentos, de catálogos a livros da artista, de seus 30 anos de carreira.

Gabinete Beatriz Milhazes: de 25.06 até 01.08; masp.org.br.

A pintura "Belezinha" (2011)Foto: Divulgação/Manuel Águas & Pepe Schettino

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE