Cultura

Instalação em forma de nuvem vence o Loewe Craft Prize

Obra da artista chinesa Fanglu Lin homenageia o trabalho de mulheres da minoria Bai, da província de Yunnan. Mostra virtual traz visão de 360 graus das peças expostas no Musée de Arts Décoratifs, em Paris.

Foto: Loewe Foundation
PUBLICIDADE

Com um instalação de 6 m de comprimento, que lembra uma nuvem toda texturizada, a chinesa Fanglu Lin foi a vencedora do Loewe Foundation Craft Prize e levou o prêmio de 50 mil euros. O evento, idealizado pelo diretor criativo da Loewe, Jonathan Anderson, para celebrar o trabalho artesanal, realiza este ano sua quarta edição, desta vez, em formato digital. As obras dos 30 finalistas, escolhidos entre quase 3 mil candidatos do mundo todo, estão no Musée des Arts Décoratifs, em Paris. Acessando o site da mostra, os visitantes podem percorrer o museu e ter uma visão de 360 graus das peças.

Feita de algodão e madeira, a obra "SHE", de Fanglu Lin, é um tributo da artista às mulheres da minoria Bai, que moram no vilarejo de Zhoucheng, na província chinesa de Yunnan. A instalação é toda feita com intrincadas técnicas milenares de entrelaçamento, dobras e pregas – um trabalho minucioso que levou mais de três meses para ser finalizado.

Além da obra vencedora, a mostra traz peças que variam de joias e acessórios a vasos, mobiliário e esculturas. O site demora um pouquinho para carregar, mas vale a espera. Para conferir a mostra, clique aqui.

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE