PUBLICIDADE

Notícia triste para a cultura e o entretenimento brasileiros: morreu na noite desta terça-feira, aos 42 anos, o ator Paulo Gustavo, depois de uma longa batalha contra a Covid, acompanhada à distância por fãs em todo país.

O ator foi internado em março e, entre diversas complicações provocadas pela doença, chegou a apresentar uma melhora nos últimos dias.

Paulo fez rir com sucessos de bilheteria como a série de filmes "Minha mãe é uma peça", em que interpretou Dona Hermínia Amaral, inspirada em sua mãe, além de atuar em humorísticos como "220 Volts" e "Vai que cola".

O ator é uma das 409 mil vítimas da Covid no Brasil. Ele deixa o marido, Thales Bretas, e dois filhos.


Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE