Cadastre-se em nossa newsletter para ler este e outros artigos.

Doses semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas os lançamentos da ELLE!
Inscreva-se gratuitamente.

  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER
  • O melhor da ELLE direto no seu inbox! Inscreva-se gratuitamente.
  • INSCREVA-SE AQUI
Cultura

Os favoritos de Maria Bopp

A atriz, conhecida também como "Blogueirinha do fim mundo", conta quais filmes, discos e séries a marcaram e quais shows e peças ainda deseja ver. Spoiler: ela é grande fã dos Beatles e de Breaking Bad.

Foto Gal Oppido | Divulgação
PUBLICIDADE

No começo de fevereiro, a Blogueirinha do fim do mundo de Maria Bopp completou um ano de existência. Em 2020, a atriz, que interpretou Bruna Surfistinha na série Me chama de Bruna, postou um vídeo no seu Instagram chamado Maquiagem do fim do mundo, em que imitava uma influenciadora e usava muita ironia para expor problemas da política e do governo brasileiro. O vídeo alcançou mais de 500 mil visualizações e apresentou Maria para muita gente que ainda não a conhecida. De lá para cá, ela levou sua personagem para o GNT, passou a participar do programa Saia Justa, ganhou milhares de seguidores e, atualmente, está gravando um filme. Convidamos a atriz e roteirista para participar da nossa série "Os favoritos de..." e ela revelou quais produções artísticas fazem parte da sua vida.

Um filme que você não se cansa de assistir a reprise: Notting Hill. As comédias românticas dos anos 1990 têm um lugar cativo no meu coração.

Uma série que você maratonaria de novo: Breaking Bad, sou muito apaixonada.

Um ator/atriz que te fez querer atuar: Lupita Nyong'o. Vendo ela parece que é fácil atuar.

Um papel (no cinema, na TV ou em série) que gostaria de ter interpretado: A protagonista de Fleabag. Gostaria, mas jamais conseguiria fazer o que ela faz.

PUBLICIDADE

Para quem daria um Oscar?: Fernanda Montenegro. Não superei o Oscar de 1999 ainda.

Uma peça que gostaria de rever: O musical da Elza Soares. Fiquei tão arrepiada assistindo que achei que tinha virado um porco-espinho.

Um livro de cabeceira: O mito da beleza - Naomi Wolf. Adoraria que fosse o livro de cabeceira de toda mulher.

O mito da beleza, de Naomi Wolf, \u00e9 um dos livros preferidos de Maria Bopp. O mito da beleza, de Naomi Wolf, é um dos livros preferidos de Maria Bopp.Reprodução

Um livro que gostaria de ter escrito: O amor nos tempos do cólera - Gabriel García Marquez. Uma aula de escrita e do amor.

Que cantora/cantora/banda nunca falta em uma playlist sua?: Caetano Veloso, inegavelmente.

Três discos que você levaria para uma ilha deserta: Me segurei pra não falar três dos Beatles. Abbey Road - The Beatles; Ok Computer - Radiohead; Mais do mesmo - Legião Urbana. Pela nostalgia.

Um show inesquecível: Todos os show do Paul McCartney.

Um show que você ainda quer assistir: Mais um do Paul McCartney. E algum da Beyoncé.

Qual cantora/cantora/banda você anda dando repeat ultimamente?: Chico César

Quem você adora seguir no Instagram?: Joice Berth. Aprendo todo dia.

PUBLICIDADE

Uma exposição inesquecível: Ai Weiwei, na Oca

Uma descoberta recente: Recentemente, só sei de BBB.

A atriz de longas como O Som ao redor e Aquarius conta quais as séries, filmes, peças, discos, cantores e shows que a marcaram profundamente, de Emicida a Lovecraft country.


Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE

A ELLE Brasil utiliza cookies próprios e de terceiros com fins analíticos e para personalizar o conteúdo do site e anúncios. Ao continuar a navegação no nosso site você aceita a coleta de cookies, nos termos da nossa Política de Privacidade.

Assine nossa newsletter

Doses Semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas as novidades e lançamentos da ELLE no seu inbox.
Increva-se gratuitamente.