Cadastre-se em nossa newsletter para ler este e outros artigos.

Doses semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas os lançamentos da ELLE!
Inscreva-se gratuitamente.

  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER
  • O melhor da ELLE direto no seu inbox! Inscreva-se gratuitamente.
  • INSCREVA-SE AQUI
PUBLICIDADE

CONTEÚDO APRESENTADO POR PERNOD RICARD

Às vezes a gente faz uma misturinha achando que vai arrasar e na verdade as proporções se desencontram, resultando num coquetel decepcionante. Para acertar na alquimia, conheça três grandes famílias da coquetelaria clássica, suas técnicas de preparo e sugestões para variar o tradicional.

Na hora de pensar nos coquetéis que você vai servir, fica mais fácil tomar qualquer decisão quando se conhece um pouco mais sobre a família a que eles pertencem. Cada uma dessas famílias têm características e técnicas próprias de preparo – podem ser drinques batidos, montados ou mexidos. Assim fica fácil organizar a próxima seção de coquetelaria caseira. A mixologista Stephanie Marinkovic mostra o caminho das pedras e gostosas variações sobre o mesmo tema.


SOURS

São coquetéis doce-azedos, refrescantes e bons para abrir a apetite antes de uma refeição. Basicamente, os sours têm três ingredientes: uma base alcoólica, um elemento cítrico e um agente de dulçor (açúcar, xaropes, licores). De maneira geral, são batidos na coqueteleira, para integrar bem os elementos e obter uma consistência mais aerada.

O passo a passo:

  • Coloque todos os ingredientes numa coqueteleira com muito gelo;
  • Agite bem até resfriar a mistura;
  • Coe para uma taça (coupe ou martini) previamente resfriada, com ajuda de uma peneirinha fina, para não deixar grumos de frutas caírem no coquetel. Ou para um copo baixo com gelo, se preferir;
  • Enfeite com uma casquinha ou rodela de fruta.

Penicilin de TangerinaFoto: Bon Vivant

Seguindo a técnica sour, você pode preparar:

Daiquiri
  • 60 ml de rum Havana Club 3 Anos;
  • 40 ml de suco de limão;
  • 20 ml de xarope de açúcar.
Penicillin de Tangerina
  • 30 ml de whisky Chivas Extra 13;
  • 20 ml de whisky defumado;
  • 40 ml de suco de limão;
  • 20 ml de xarope de tangerina.
White Lady 2021
  • 50 ml de gim Beefeater London Dry;
  • 20 ml de xarope de gengibre;
  • 20 ml de licor de laranja;
  • 30 ml de suco de limão;
  • 15 ml de clara de ovo pasteurizada ou albumina em pó.

HIGHBALLS

Highballs também são refrescantes, com menor teor de álcool (por causa da diluição) e muito fáceis de fazer. Basta ter à mão um copo longo, uma bebida alcoólica como base, água com gás ou refrigerante e muito gelo. São coquetéis montados, bons para preparar em festas de verão com muita gente.

PUBLICIDADE

Um highball com morango Foto: Whitney Wright

O passo a passo:

  • Encha o copo alto com gelo até a boca, para garantir um drinque bem gelado até o final;
  • Sirva a base alcoólica no copo (se a receita pedir, acrescente mais ingredientes e mexa);
  • Complete com a bebida carbonatada gelada, despejando-a lentamente;
  • Mexa suavemente com a colher de bar;
  • Decore com uma casquinha ou rodela de fruta.

Stephanie sugere as seguintes composições:

Highball Frutado
  • 50 ml de whisky Chivas 12;
  • 20 ml de xarope de frutas vermelhas;
  • 100 ml de espumante seco.
Honey Highball
  • 50 ml de whisky Ballantine’s Finest Bourbon Finish;
  • 20 ml de xarope de mel;
  • 100 ml de água com gás.
Gin-Gin Pink
  • 50 ml de gim Beefeater Pink;
  • 20 ml de suco de abacaxi concentrado;
  • 100 ml de ginger ale;
  • 2 lances de bitter para finalizar.

MARTINIS E COQUETÉIS CURTOS

Esses são poderosos, pois geralmente levam apenas ingredientes alcoólicos na composição. Abrem o apetite ou acompanham a conversa com comidinhas salgadas. São coquetéis mexidos, feitos no copo de misturas, perfeitos para reuniões íntimas.

O passo a passo:

  • Coloque todos os ingredientes no copo de misturas com bastante gelo;
  • Mexa com ajuda da colher de bar até resfriar a mistura;
  • Coe para uma taça martini, uma taça coupe ou um copo baixo com gelo, dependendo do estilo do coquetel ou de sua preferência;
  • Decore com casquinhas de frutas. O Dry Martini tradicional exige uma azeitona como guarnição.

Dry MartiniFoto: Taylor Simpson

Stephanie dá três dicas:

Apeach Martini
  • 30 ml de vodca Absolut;
  • 20 ml de vodca Absolut Apeach;
  • 20 ml de suco de pêssego.
Rob Roy
  • 60 ml de whisky Chivas 15;
  • 20 ml de vermute tinto doce;
  • 10 ml de vermute branco seco.
Dry Martini
  • 60 ml de gim Beefeater;
  • 20 ml de vermute branco seco.
Como regra geral, para o drinque sair perfeito, tome cuidado com a proporção e balanço dos ingredientes. Pouco gelo pode deixar o drinque com cara de final de festa, quente e desaplaudido. Muito álcool agride as papilas gustativas na língua e acaba tomando conta do sabor ao degustar.
Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE

A ELLE Brasil utiliza cookies próprios e de terceiros com fins analíticos e para personalizar o conteúdo do site e anúncios. Ao continuar a navegação no nosso site você aceita a coleta de cookies, nos termos da nossa Política de Privacidade.

Assine nossa newsletter

Doses Semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas as novidades e lançamentos da ELLE no seu inbox.
Increva-se gratuitamente.