Cadastre-se em nossa newsletter para ler este e outros artigos.

Doses semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas os lançamentos da ELLE!
Inscreva-se gratuitamente.

  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER
  • O melhor da ELLE direto no seu inbox! Inscreva-se gratuitamente.
  • INSCREVA-SE AQUI
PUBLICIDADE

Todos os domingos, um cheiro delicioso se espalhava pela casa e deixava todo mundo com água na boca e louco para chegar logo a hora do almoço. O "culpado" por todo esse alvoroço? O frango com bacon e batatas que saía do forno direto para a mesa da família. Em seu mais novo livro gastronômico, Na Cozinha com Carolina 3, a apresentadora, atriz, empresária, produtora e cozinheira Carolina Ferraz traz preparos de pratos como esse, carregados de histórias e afeto, e faz uma grande homenagem à sua mãe, Dona Giscelda, com quem aprendeu a cozinhar. "No início da pandemia, ficamos separadas e estava sendo muito difícil para ela enfrentar toda essa situação sozinha. Resolvemos passar um tempo juntas em um sítio e, durante esse período, surgiu a ideia de fazer um livro que revisitasse sua cozinha e trouxesse alguns de seus pratos que viraram hits em nossa família, como esse frango com bacon", conta a autora.

Compondo com os clássicos da homenageada, a publicação ainda conta com receitas de Carolina que foram incorporadas por sua mãe, e outros pratos criados recentemente pela autora, como os que estão na seção "feitos com uma panela só", com opções práticas, descomplicadas e muito saborosas, que, aliás são as principais marcas registradas da cozinha da atriz. "Gosto muito do fato dos meus pratos não serem difíceis de fazer, e com ingredientes que podem ser trocados, pois isso acaba incentivando cada vez mais gente a pilotar as panelas e descobrir essa experiência prazerosa", diz. As bebidas também não ficaram de fora do livro: há uma seção dedicada aos drinques com criações autorais e outros coquetéis já conhecidos, mas que andavam meio fora de moda, segundo ela, como o daiquiri de abacaxi. São 86 preparos no total.

PUBLICIDADE

Dona Giscelda com a filha, Carolina Ferraz. Dona Giscelda com a filha, Carolina Ferraz.Foto: Divulgação

Além da edição que chegou às livrarias em julho, a publicação ainda ganhou uma versão especial e limitada, desenvolvida de forma bem artesanal, em família. Carolina o produziu, sua filha Valentina, cuidou da direção e coordenação, e as receitas foram escritas à mão por Dona Giscelda. Ele foi revestido por algodão orgânico e bordado por artesãs da ONG Orientavida. Nas páginas, há QR Codes que levam os leitores às histórias de cada artesã. As 500 cópias impressas – e que não serão comercializadas – foram presentadas a amigos, personalidades, e editores de gastronomia.

Além do lançamento literário, a rotina da profissional de vários talentos segue agitada. Ela comemorou recentemente um ano à frente do programa Domingo Espetacular, na Record, continua preparando novidades para o canal que leva o seu nome no Youtube, e está cursando a escola de gastronomia Le Cordon Bleu Brasil. E faz questão de avisar que está se cuidando muito, faz testes de Covid com frequência e segue sempre os protocolos de segurança em suas atividades. A seguir, confira o bate-bola gastronômico que fizemos com a atriz e cozinheira, e conheça o passo a passo de duas receitas que estão em Na cozinha com Carolina 3.

PUBLICIDADE

A primeira receita e quem ensinou:
O pavê JK, feito com biscoitos champagne, chocolate e rum. E foi minha mãe quem me ensinou.

Especialidades da casa:
No dia a dia, gosto de fazer o trivial: arroz, feijão, legumes, salada e proteína. E tem um prato super-simples que eu faço e todo mundo adora, que é o macarrão do aconchego: coloco tomate ralado cru, azeite, e parmesão na massa quente e fica ótimo. Bem comfort food!

Ingredientes indispensáveis:
Limão, pimenta-do-reino, azeite e manteiga.

Restaurantes/chefs preferidos:
No momento, não tenho ido a restaurantes, mas estou com muita vontade de conhecer o restaurante novo da Bela Gil, o Camélia Òdòdó. Gosto muito da cozinha dela.

Comida inesquecível da infância:
O frango com bacon na cerveja da minha mãe (receita na matéria).

Mania de chef:
No geral, gosto de cozinhar sozinha, fazendo as coisas do meu jeito e no meu tempo.

Xodós:

Ah! A minha cozinha é uma Disneylândia, com bons equipamentos e utensílios, que me ajudam muito.

Sonho de consumo gastronômico:

Fazer uma viagem ao Japão e aproveitar muito a gastronomia de lá. Na verdade, tenho até essa viagem marcada com a minha filha Valentina para o final do ano, mas acho que devo adiar para 2022. De qualquer forma, tenho certeza de que será incrível.

Filhas de peixe, peixinhas são?

Pois é… Tanto a Valentina quanto a Isabel adoram gastronomia e sabem fazer várias receitas. A Isabel, que tem só 6 anos, já faz bolo, muffin, panquecas americanas.

Último assalto à geladeira:

Não sou muito de assaltar a geladeira, mas como costumo jantar cedo, perto da meia-noite acabo sempre comendo um abacate ou alguma outra fruta. Mas quero tirar esse lanchinho noturno do meu dia a dia.

O que lhe tira do sério na cozinha:

Sempre que eu termino de cozinhar, deixo a cozinha limpa. Então, detesto encontrar a cozinha bagunçada depois que alguém cozinha.

O que você não come de jeito nenhum?

Não gosto de jiló e quiabo. O restante como de tudo.

O melhor de cozinhar é...

Me conectar com coisas gostosas e não ficar pensando tanto. Minha relação com a cozinha é de puro prazer.

Receita de risoto de quinoa

Foto: Divulgação

"Esse prato está na seção de receitas 'feitas em uma só panela', com diversas opções bem gostosas, rápidas e fáceis de fazer. Esse risoto – e a maioria dos preparos dessa parte do livro – foram criados por mim durante esse período pandêmico e são ótimos para aqueles dias em que a gente não quer passar horas preparando uma refeição."
Carolina Ferraz, atriz, apresentadora e autora do livro Na cozinha com Carolina 3.

Tempo de preparo: 30 minutos
Rendimento: de 2 a 4 porções

Ingredientes

1 ½ xícara de quinoa
1 xícara de couve-flor em floretes
1 xícara de milho com ervilha (enlatados)
1 xícara de tomate picadinho
1 pimenta dedo-de-moça picadinha sem sementes
1 garrafa de leite de coco (200 ml)
20 ml de água (ou mais se necessário)
Sal e pimenta-do-reino a gosto
Cheiro-verde picadinho a gosto
Curry a gosto

Modo de fazer

1. Coloque todos os ingredientes em uma panela e cozinhe em fogo médio, mexendo e misturando os ingredientes, por cerca de 20 a 25 minutos.

Receita de frango assado com bacon na cerveja e batatas coradas

Foto: Divulgação

"Este era o prato típico dos domingos em família da minha casa. Era o nosso prato sagrado! Me lembro nitidamente de estar na sala assistindo a desenhos com 6 ou 8 anos de idade, esperando o almoço ficar pronto e enlouquecendo de tanta fome com o perfume desse prato invadindo a sala."
Carolina Ferraz, atriz, apresentadora e autora do livro Na cozinha com Carolina 3.

Tempo de preparo: 2 horas e 45 minutos
Rendimento: 4 porções

Ingredientes

5 batatas grandes sem casca cortadas em nacos irregulares
6 sobrecoxas de frango sem pele
6 fatias de bacon em temperatura ambiente
500 ml de cerveja
Suco de 2 limões
Azeite, sal, pimenta-do-reino e cheiro verde picadinho a gosto

Modo de preparo

1. Em uma travessa refratária grande, espalhe as batatas pré-cozidas e as sobrecoxas enroladas nas fatias de bacon (se precisar, prenda com um palito). Regue com azeite, o suco de 1 limão (deixe o outro para regar mais adiante durante o cozimento).

2. Tempere com sal, pimenta-do-reino e mais um pouco de azeite. Finalize com a metade da cerveja. Cubra com papel-alumínio e leve ao forno preaquecido a 200 ºC. Deixe cozinhar por cerca de 1 hora coberto com o papel-alumínio. Cuide para não secar a cerveja.

3. Assim que as sobrecoxas estiverem completamente cozidas, você deve tirar o papel-alumínio e voltar a travessa ao forno para dourar o frango. Esta é a parte que mais requer a sua atenção, pois, para que fique perfeito, é necessário estar atento, sempre virando as batatas e o frango de lado para que todas as partes fiquem em contato com o molho e possam, assim, ficar mais saborosas. Isto deve demorar cerca de 1 hora e 30 minutos. Aos poucos, vá adicionando o restante da cerveja e o suco do limão para que você mantenha seu frango sempre úmido.

4. O frango ideal estará bem corado e extremamente úmido por dentro. É importante não deixar ressecar.

Dica: Escolha uma travessa bem grande para que haja espaço para virar as batatas e as sobrecoxas durante todo o cozimento.

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE