Cadastre-se em nossa newsletter para ler este e outros artigos.

Doses semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas os lançamentos da ELLE!
Inscreva-se gratuitamente.

  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER
  • O melhor da ELLE direto no seu inbox! Inscreva-se gratuitamente.
  • INSCREVA-SE AQUI
PUBLICIDADE

Coletivamente, o último ano não foi nada fácil. Que alívio chegar até aqui e, enfim, encerrar esse capítulo. Sabemos que a chegada de 2021 não passa uma borracha no que aconteceu, nem garante o fim da pandemia, mas isso não deve ser impedimento para acreditar em dias melhores.

Então, convidamos a astróloga Natália Xavier e a taróloga Júlia Anadam para ajudar a ativar o seu lado bruxona indicando alguns rituais que fortaleçam as boas energias, ajudem a deixar o que foi ruim para trás e abram os caminhos para um recomeço próspero e repleto de alegrias.

Ouça a sua intuição

Os rituais não são sobre regras, mas sobre se escutar. "Às vezes, a gente pega um monte de coisa e mistura e não sabe o que está fazendo. Então, a minha primeira dica para encerrar esse ano doido é ritualizar aquilo que sente que será bom para você", diz Júlia.

Um banho a luz de velas, uma meditação... Tudo isso ajuda a acalmar a mente e pode ser muito positivo. "A partir dessa calma, a gente consegue tomar decisões melhores, clarear o pensamento e entender melhor as suas intenções para o próximo ano", explica.

Banho de ervas

Um costume da Natália toda virada de ano é tomar um banho de ervas para se despedir do que passou e outro para acordar para o que está se iniciando. "Vale usar erva fresca ou seca, depende do que for mais fácil de encontrar", diz. A sugestão da astróloga para a noite da virada é combinar manjericão, que afasta energias negativas e relaxa, e arruda, que promove uma limpeza energética e traz proteção, além de abrir os caminhos.

No dia 1º, o foco é reenergizar. "Normalmente, uso alecrim, que tem a ver com alegria e prosperidade, traz clareza e foco pro que a gente precisa, e calêndula, que é uma erva ligada ao feminino", sugere. No entanto, a ideia de se escutar segue valendo a todo momento. Natália diz que você pode tanto pesquisar o que cada erva promove e escolher aquilo que mais combina com o seu momento, quanto seguir um impulso. "Uma vez eu cheguei em casa com vontade de tomar um banho de camomila e, quando fui pesquisar os efeitos, fez todo sentido para mim."

De qualquer forma, para preparar o banho em qualquer ocasião, você primeiro esquenta a água até chegar no ponto de fervura, coloca as ervas em infusão e vai mexendo e mentalizando o que quer enquanto elas "acordam". Em seguida, tampe e deixe descansar por um tempo como se fosse um chá. Vale tanto esperar esfria quanto colocar um pouco de água morna para regular a temperatura antes de prosseguir. Depois, tome seu banho normalmente e finalize despejando a água com ervas sobre o seu corpo.

"Tem gente que fala para sempre começar do pescoço para baixo, mas acredito que o mais importante é se escutar. Pergunte ao seu corpo onde é mais leve jogar a infusão e atenda ao que ele pedir. Pode ser que você esteja precisando de despejar na cabeça – e tudo bem", avalia.

Defumação com sálvia branca


Seja qual for a sua preparação, para se despedir deste ano difícil, Júlia recomenda pegar um incenso de sálvia branca – ou até mesmo um maço da erva amarrado em um barbante mais fino –, queimar e passar a fumaça pelo seu corpo e pelo ambiente. "Deixe queimando enquanto você vai fazendo uma limpeza para que as energias ruins fiquem neste ano. Afinal, ninguém quer ficar vivendo para sempre em 2020", sugere.

"No Brasil, tudo que fala de sabedoria de folha venda a Ubanda. A crença é que se aquilo tem uma propriedade medicinal, se faz bem ingerindo, também tem uma energia que está vibrando na planta", explica a taróloga. "É tudo muito místico, mas a ideia é que as plantas passam essa energia quando a gente as ativa e faz essa mentalização com elas".

Queime o que não quer levar para 2021

Todos esses rituais são para potencializar a força daquilo que desejamos – seja para carregar com a gente ou para abrir caminhos, quanto deixar para trás. Tudo que a sua intuição lhe convidar a fazer nesse momento de virada a fim de atender os seus anseios é bem vindo. Uma sugestão de Natália para se despedir do que não foi bom é escrever tudo em um papel e queimar no dia 31.

Ela gosta de fazer isso antes do banho, para já se libertar de alguma forma dessas coisas, acontecimentos e sentimentos. O banho vem depois para trazer calma e novas possibilidades. "Coloco em um potinho de cerâmica para não correr o risco de por fogo em tudo e deixo queimar. Fico ali comigo mesma observando, mas também pode ser um bom ritual para compartilhar com amigos."

Tarot para orientar


Para olhar para o futuro, Júlia recomenda tirar um tarot. "A pergunta é esta: o que eu tenho que trazer para a luz em 2021? Porque, às vezes, certas coisas ficam em um lugar tão escondido e profundo que não estão no nível da consciência e o oráculo nos ajuda a percebê-las", comenta.

Para ritualizar esse momento, a taróloga indica que você passe um tempo com a carta que tirou. "Olhe para a imagem, se relacione com a sua simbologia, se imagine no lugar daquele personagem." Depois, Júlia sugere que se faça uma lista de ações para 2021 baseada nesse tarot. "Guarde esse papel e revisite ao longo do ano. Dá muito certo porque você carrega aquela energia e vai se lembrando recorrentemente."


Não é porque as comemorações vão ser reduzidas que precisamos abandonar a montação. As comemorações de fim de ano e todo o encantamento que elas promovem ajudam a deixar a vida mais leve e a reacender a esperança. Caprichar na sua produção é o primeiro passo para entrar no clima.


Para alcançar um estado de transformação social e coletiva, no entanto, é preciso percorrer os caminhos do aprimoramento interno.


Vênus carrega a fama de ser o astro que comanda o amor, mas ele é muito mais do que isso. Ele tem a ver com os acordos, a beleza e a forma que cada pessoa tem de se relacionar com tudo que a cerca, inclusive o dinheiro.

PUBLICIDADE
Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE