Cadastre-se em nossa newsletter para ler este e outros artigos.

Doses semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas os lançamentos da ELLE!
Inscreva-se gratuitamente.

  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER
  • O melhor da ELLE direto no seu inbox! Inscreva-se gratuitamente.
  • INSCREVA-SE AQUI
PUBLICIDADE

Uma máquina do tempo, um arquivo, uma biblioteca, um laboratório e um ponto de encontro. É assim que a Gucci define sua nova plataforma digital, um mix de loja online de antiguidades, marketplace e espaço de conteúdos editoriais. Com nome de Gucci Vault, o projeto teve lançamento oficial no sábado, 25.09.

De maneira resumida, o espaço pode ser visto como a síntese de algumas paixões do diretor de criação Alessandro Michele, aliado a movimentos bem atuais de comportamento e mercado. "Para mim, ir às compras não é simplesmente adquirir coisas. É estabelecer uma conexão com elas, entrar em um relacionamento. É justamente esse vínculo que cresceu hoje", escreveu Michele, em comunicado à imprensa.

Há algumas maneiras de enxergar esse tal vínculo mencionado pelo designer. Uma delas tem a ver com história, no sentido literal da palavra. No Gucci Vault há uma seleção especial de peças vintage da marca italiana, que passam por um rigoroso processo de seleção e restauração, para depois sofrerem alguma interferência ou customização do diretor criativo. Não custa lembrar que a coleção de estreia de Michele no atual posto foi marcada por uma viagem ao passado, recuperando estilos das mais diferentes décadas.

"Sempre tive a ideia de criar um lugar em constante evolução onde conversas 'impossíveis' entre objetos de diferentes origens, criadores e épocas pudessem acontecer: figuras centrais em um diálogo entre o passado e o presente, capazes de despertar a inspiração futura", continua Michele. E aí entra outro tipo de conexão, dessa vez com outros criadores.

PUBLICIDADE

Em continuidade ao projeto de apoio e divulgação à novos designers que começou durante o Gucci Fest, as marcas Ahluwalia, Shanel Campbell, Stefan Cooke, Cormio, Charles de Vilmorin, JORDANLUCA, YUEQI QI, Rave Review, Gui Rosa, Bianca Saunders, Collina Strada, Boramy Viguier e Rui Zhou serão vendidas na nova plataforma digital.

A ideia é que esses nomes se renovem a cada nova edição. Cada uma delas deve vir também com uma seleção de textos – poemas, crônicas e contos sobre o raro e o belo – além de alguns conteúdos em vídeo, com dicas de styling ou puramente artísticos, como um de ASMR com o som de uma bolsa da marca. "Vivo porque respiro diferentes energias. A moda, hoje, precisa de oxigênio de fora", finaliza Michele.

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE