• ASSINE NOSSA NEWSLETTER
  • O melhor da ELLE direto no seu inbox! Inscreva-se gratuitamente.
  • INSCREVA-SE AQUI
PUBLICIDADE

Num sábado quente, em Paris, a Lacoste reuniu um grupo de pessoas que ilustram bem as diferentes frentes de consumidores da marca francesa no Brasil. De um lado, tinha Helena Bordon, empresária e influenciadora. De outro, os irmão e trappers Kayblack e MC Caverinha, vindos periferia de São Paulo, onde a marca é reverenciada e conta uma verdadeira legião de fãs do jacaré mais famoso do mundo.

Em uma das músicas de Kayblack, por exemplo, ele canta “jacaré que dorme vira polo”. Estamos falando de um amor antigo, assim como o de Helena Bordon, que tem uma relação com a Lacoste desde criança, quando usava uniforme formal na escola e adorava customizar seu visual.

Com 1600 m2, o novo espaço de vendas serve como uma fusão de todos os mundos que circundam a marca. Da moda ao esporte, a loja será um local de encontros, com coleções cápsula exclusivas, além de várias experiências únicas que misturam diversão, inovação e informações sobre história da etiqueta. Tem ainda cum cantinho dedicado ao compromisso com a sustentabilidade, onde se encontram a polo LOOP, feita de fibras recicladas, a original polo L.12.12 e a polo Fleur de coton, uma reedição da peça de 1991 feita de algodão orgânico biodegradável.

PUBLICIDADE

Kayblack e MC Caverinha na Lacoste Arena.Foto: Chris Barley

Helena Bordon.Foto: Chris Barley

Mas esta não foi a primeira vez que Kayblack e MC Caverinha se juntaram a Lacoste. Em fevereiro desde ano, a dupla participou da campanha People Make Icons, sobre linha exclusiva que inclui blusas oversized, saias plissadas e parcas – aposta a marca para se aproximar do segmento streetwear. Desta fez, porém, a experiência foi um pouco diferente.

E foi uma experiência e tanto para eles estarem lá nesse momento. Tanto pelo reconhecimento pela Lacoste da importância da marca para o trap e para a quebrada – e vice-versa – quanto pelo amor que os dois nutrem pelo jacaré há tanto tempo. Em uma entrevista ao canal do Kondzilla, Kayblack mostra sua coleção gigante de peças emblemáticas, de collabs e algumas que, ele conta, foram usadas em momentos importantes de sua carreira, como no primeiro show superlotado que o trapper fez com calça, camisa e jaqueta Lacoste. No mesmo vídeo, Kayblack ainda diz que é muito gratificante poder ir na loja da marca e gastar cerca 27 mil reais, depois de ter passado a infância inteira desejando aquelas roupas.

See on Instagram

PUBLICIDADE


No vídeo acima, Helena Bordon também conta um pouco da sua história com a marca, além de relembrar sua relação com a moda e com o tênis desde muito pequena. Assista ao vídeo para entender um pouco o crash de mundos, vivências e narrativas que a Lacoste carrega por trás de seu icônico jacaré – e que conseguiu transportar para a sua nova loja-conceito.

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE

A ELLE Brasil utiliza cookies próprios e de terceiros com fins analíticos e para personalizar o conteúdo do site e anúncios. Ao continuar a navegação no nosso site você aceita a coleta de cookies, nos termos da nossa Política de Privacidade.

Assine nossa newsletter

Doses Semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas as novidades e lançamentos da ELLE no seu inbox.
Increva-se gratuitamente.