Cadastre-se em nossa newsletter para ler este e outros artigos.

Doses semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas os lançamentos da ELLE!
Inscreva-se gratuitamente.

  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER
  • O melhor da ELLE direto no seu inbox! Inscreva-se gratuitamente.
  • INSCREVA-SE AQUI
Moda

Meninos Rei estreia em grande estilo na SPFW

Marca dos irmãos Júnior e Céu Rocha abre caminho como uma das melhores coleções do primeiro dia do evento.

Fotos: Bruno Gomes
PUBLICIDADE

Lá em 2014, quando Júnior e Céu Rocha lançaram a Meninos Rei, os irmãos pediram uma forcinha a Exu na abertura dos caminhos. E deu certo. A marca conquistou uma clientela estrelada (Gilberto Gil, Margareth Menezes, Carlinhos Brown, Paula Lima, entre tantos outros) e ficou conhecida por sua alfaiataria e camisaria em tons vivíssimos, modelagens primorosas e tecidos naturais, quase todos vindos de países africanos. Nesta mais recente coleção, aliás, eles são oriundos de Guiné-Bissau.

Na quarta-feira, 23.06, a dupla estreou na SPFW como parte do projeto Sankofa, e nada mais natural do que fazer da apresentação uma homenagem ao orixá da comunicação e da linguagem. "Senhor das encruzilhadas, dos becos e vielas, das avenidas e sambódromos, mensageiro do orun, guardião dos portais e porteiras, senhor do primeiro dia", como escreveu Rodney William, Exu está muito presente no trabalho da Meninos Rei, espiritual e esteticamente.

Um dos maiores diferenciais da dupla está na patchowork e reconstrução de estampas africanas. É um processo complexo de recorte, colagem e muita matemática. O resultado são padronagens completamente novas, ainda que carregadas de histórias, ancestralidades e estilos, que se cruzam, se encontram nas esquinas.

Outra troca importante nesta estreia é com o estilista João Pimenta. Foi ele o padrinho de Júnior e Céu no Sankofa. Em uma conversa antes da apresentação, a dupla contou que a experiência foi das mais ricas. E isso é visível. No vídeo, conhecedores do trabalho de João podem identificar algumas de suas influências (na androginia, na construção da alfaiataria e na performatividade, por exemplo).

PUBLICIDADE

Mas nada a ponto de anular a voz e identidade dos irmãos, pelo contrário. É um daqueles bem-vindos casos de colaboração fértil e aprendizado mútuo. Aliás, como revelado pelos designers da Meninos Reis, pode ir esperando peças assinadas conjuntamente. Caminhos abertos.

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE