Cadastre-se em nossa newsletter para ler este e outros artigos.

Doses semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas os lançamentos da ELLE!
Inscreva-se gratuitamente.

  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER
  • O melhor da ELLE direto no seu inbox! Inscreva-se gratuitamente.
  • INSCREVA-SE AQUI
Moda

Mugler e Castelbajac inauguram exposições em Paris

Enquanto Thierry Mugler abre o acervo de suas criações retro-futuristas no Museu de Artes Decorativas, Jean-Charles de Castelbajac propõe arte para os adultos do amanhã no Centro Pompidou

Manfred Thierry Mugler e Jean Charles de Castelbajac | Foto: Stephane Feugere/Reproducao/Instagram @jcdecastelbajac
PUBLICIDADE

Depois de um ano pandêmico e fora da curva, a semana de moda de Paris, que começou na segunda-feira (27/09), voltou a fazer a cidade movimentar a energia com eventos relacionados ao assunto. Um deles é Thierry Mugler, Couturissime, que abre nesta quinta-feira (30/09) no Museu de Artes Decorativas.

A mostra itinerante é montada em atos, como uma ópera. Roupas e fotografias se mesclam com música e projeções animadas para mostrar a produção pra lá de imaginativa do estilista, perfumista, fotógrafo e figurinista que marcou os anos 1980 e 1990 com silhuetas gráficas, robóticas, metamórficas e fantásticas.


Cardi B, Manfred Thierry Mugler e Irina Shayk na mostra Thierry Mugler Couturissime Cardi B, Manfred Thierry Mugler e Irina Shayk na mostra Thierry Mugler CouturissimeReproducao/Instagram/@irinashayk

Quem tem uma certa idade vai se lembrar do clipe Too Funky, de George Michael, dirigido por Mugler no início dos anos 1990. O bustiê Harley Davidson ficou famoso ali, assim como a entrada de Linda Evangelista de vestido branco – há exemplares desse grande momento música-encontra-moda na mostra.

Ah, e as fotografias são uma atração à parte. Há cliques assinados por Helmut Newton, Guy Bourdin, Karl Lagerfeld, David LaChapelle, Paolo Roversi, Herb Ritts e Ellen von Unwerth.

Na abertura da expo, para convidados, a modelo Irina Shayk e a cantora Cardi B fizeram entradas retumbantes com looks do estilista. Carla Bruni, Farida Khelfa e Riccardo Tisci estiveram entre os primeiros a poder ver de perto a retrospectiva de Mugler.

PUBLICIDADE

Jean-Charles de Castelbajac no ateli\u00ea, de p\u00e9 em frente ao totem da mostra Le Peuple de Demain no Centro Pompidou O estilista e artista Jean-Charles de Castelbajac e o totem da mostra Le Peuple de Demain no Centro PompidouReproducao/Instagram @centrepompidou

Para crianças

Quem também esteve por lá foi Jean-Charles de Castelbajac, que dias antes, no sábado (25/09), inaugurou uma expo-ateliê na Galerie des Enfants (galeria das crianças) no famoso Centro Pompidou. Pai pela terceira vez, de uma menina de 1 ano chamada Eugenie, Castelbajac foi convidado a montar a experiência que une cor, ilustrações e música para crianças a partir de 4 anos – ou adultos que ainda guardam seu espírito infantil.

Le Peuple de demain (o povo do amanhã, em tradução literal) é uma instalação alegre, marcada pelas cores primárias com as quais ele ficou bastante conhecido. Elas aparecem em totens, painéis e cartazes, que trazem desenhos de traço poético, que mostram anjos, asas, estrelas, corações, cobras, coroas. Além de brincar por ali, as crianças podem participar de nove atividades, que envolvem desenhos e dança.

"Nos desenhos da minha infância, resumia minhas emoções a sinais ou símbolos: a tristeza era uma nuvem de chuva, a recompensa era uma coroa, uma doação era uma mão. Criei assim uma linguagem de sinais universal. Daí veio a ideia de montar uma instalação de um mundo de signos para as pessoas de amanhã – as crianças de hoje", explica ele no site do centro cultural.

PUBLICIDADE

De carona no evento, o atual diretor criativo da Benetton aproveitou para lançar um livro de desenhos da mostra, com tarde de autógrafos marcada para sábado (02/10). Ainda em setembro, no dia 15, ele havia lançado Dessins Tout-Terrain, livro de ilustrações feitas desde a década de 1970, muitas delas inéditas.

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE