Cadastre-se em nossa newsletter para ler este e outros artigos.

Doses semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas os lançamentos da ELLE!
Inscreva-se gratuitamente.

  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER
  • O melhor da ELLE direto no seu inbox! Inscreva-se gratuitamente.
  • INSCREVA-SE AQUI
PUBLICIDADE

CONTEÚDO PUBLICITÁRIO APRESENTADO POR URBANIC

Se você tem um perfil no Instagram e se interessa minimamente por moda, já deve ter sido impactado pela Urbanic. Se ainda não foi, aguarde: é uma questão de tempo. A marca londrina, conhecida pela agilidade com que capta os desejos do público, desembarcou no Brasil em maio com um catálogo de 200 mil peças, que vão das tendências que fazem os olhos da geração Z brilharem até o pijama mais fofo, passando por itens fitness e acessórios que conversam com o estilo de quem se veste com um olho no espelho e outro na câmera do celular.

Criada em 2018, a Urbanic é uma marca nativa digital, assim como os zoomers, apelido dado aos nascidos a partir da metade dos anos 1990 até 2010. Essa é uma clientela que pede atenção especial, e o motivo é que ela foge à regra de todas as gerações anteriores quando o assunto é hábito de consumo. É cada rasteira no mercado!

Uma delas é, por exemplo, o fato de que os zoomers, ao contrário dos millennials, não têm adoração por grifes do mainstream. Na hora de escolher uma marca preferida, falam mais alto valores como autenticidade e a preocupação com o coletivo. E velocidade, claro.

PUBLICIDADE

É aí que etiquetas como a Urbanic saem na frente, ao oferecer não só um leque enorme de estilos e de tamanhos – do PP ao G5 –, mas por usar inteligência artificial para fazer o balanço ideal entre demanda e produção. Dessa maneira, o estoque é milimetricamente planejado para que não haja desperdício de roupas, mostrando preocupação com o futuro do planeta.

Por aqui, as peças que fazem mais sucesso são as wide legs, os comfy looks e aquelas carregadas no colorido. Um time de influencers de todos os tipos, e em várias cidades do país, ajuda a colocar essas roupas em movimento, propondo formas de vestir que inspiram a compra.

Promover a inclusão e a diversidade, o body positive e a ação em comunidade são bandeiras que a Urbanic levanta, assim como incentivar os consumidores a reaproveitarem as embalagens da compra online. O sucesso dessa combinação aparece rapidamente: o app de compras nacional da marca foi lançado em agosto e já conta com 300 mil downloads, de acordo com dados do SensorTower.

Em apenas cinco meses de existência, o perfil @urbanic_brasil já contabiliza mais de 700 mil seguidores no Instagram e ultrapassa 1 milhão quando se acrescenta os números das redes TikTok e Facebook. O feed do Insta é o retrato perfeito da GenZ à moda local, com gente de todo o Brasil se autodeclarando fã da marca, gravando unboxing e trocando elogios. Uma olhadela na hashtag #UrbanicSquad mostra que a vibe é a mesma na Índia, por exemplo, onde a empresa também teve recepção calorosa.

PUBLICIDADE

Por aqui o time de marketing e de atendimento ao consumidor é 100% nacional e focado em fazer um atendimento ágil e totalmente online. A equipe está atenta ao comportamento desses mais de 23 milhões de jovens, que respondem por 30% da população brasileira, segundo o Target Group Index - IBOPE. Hiperconectados e acostumados ao compartilhamento, eles não só experienciam as compras de maneira diferente, mas a forma de encarar a moda também.

Para os zoomers, a roupa é um caminho para expressar a individualidade e a identidade – até aí, ok. O que surpreende é a atitude diante do ato de se vestir: é preciso sentir-se bem dentro das peças. Mais do que isso: a própria energia e a intenção ao produzir um look se tornam mais importantes do que os tecidos e acessórios que cobrem o corpo.

Certo ou errado na moda? Pode esquecer. Nada mais cringe do que look que segue regra como uma receita de bolo. A geração Z pede passagem – e vem vestida exatamente do jeito que quiser.

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE