• ASSINE NOSSA NEWSLETTER
  • O melhor da ELLE direto no seu inbox! Inscreva-se gratuitamente.
  • INSCREVA-SE AQUI
PUBLICIDADE

Maria Celina Pessoa sempre acreditou que trabalhar com moda não é apenas sobre fazer roupas, mas também sobre o que se pretende comunicar à sociedade. “Não quero ditar o que os consumidores devem vestir, mas dar liberdade para eles escolherem”, explica a fundadora da Viva Celina, marca de João Pessoa, cujos pilares englobam o slow fashion, a moda sem gênero e a sustentabilidade, selecionada para a segunda fase do #MovimentoELLE.

A etiqueta surgiu em 2018, quando a estilista, recém-formada em moda, percebeu o lado altamente poluente da indústria, especialmente entre as marcas de fast fashion. “Também vi como elas empregavam pessoas em trabalhos análogos à escravidão, por isso, quando decidi empreender nesse ramo, estava convicta de que queria fazer algo diferente.”

Foto: Thayse Gomes

Assim nasceu a Viva Celina – o nome é uma homenagem à dona Celina, avó da empreendedora –, com o propósito de inspirar práticas sustentáveis e sociais na moda, por meio do uso de matéria-prima reciclada e do equilíbrio na cadeia de produção, com fornecedores locais e certificados e colaboradores bem remunerados, tudo para também valorizar a cultura nordestina. “A marca é um mergulho nas minhas raízes paraibanas, e cada coleção resgata memórias e vivências em peças atemporais, mas carregadas de história”, explica a designer.

PUBLICIDADE

Foto: Elyenai Fernandes

“Em seu ateliê, utiliza-se principalmente o algodão orgânico, agroecológico e o reciclado (a partir do algodão colorido cultivado pela agricultura familiar da Paraíba). “Nosso próximo passo é implementar a logística reversa: o cliente pode nos trazer um produto da marca que não usa mais e daremos um destino à peça, que poderá virar um novo item ou ir para uma segunda linha nossa. Em troca, ele recebe um vale-desconto para usar numa próxima compra”, antecipa Celina.

Foto: Thayse Gomes

Com o apoio do #MovimentoELLE, esse viés sustentável está se desenvolvendo ainda mais. “Cada encontro é um novo aprendizado, não só pela troca com os especialistas, mas com as outras marcas, tirando dúvidas e compartilhando dores em comum”, diz Celina. “Isso nos engrandece como empresa e como criadores de moda autoral e regional”, completa. Há três meses no projeto, a estilista tira diferentes pontos para trabalhar em sua empresa a cada semana. “São degraus que subimos para crescer pessoal e profissionalmente. Após dois anos tão difíceis, o projeto trouxe uma luz no fim do túnel, nos colocando para cima.”

O que é o #MovimentoELLE
O #MovimentoELLE é um projeto solidário idealizado pela ELLE e pensado para impulsionar o desenvolvimento sustentável entre pequenos empreendedores de moda.

PUBLICIDADE
Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE

A ELLE Brasil utiliza cookies próprios e de terceiros com fins analíticos e para personalizar o conteúdo do site e anúncios. Ao continuar a navegação no nosso site você aceita a coleta de cookies, nos termos da nossa Política de Privacidade.

Assine nossa newsletter

Doses Semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas as novidades e lançamentos da ELLE no seu inbox.
Increva-se gratuitamente.