Beleza

O guia completo das técnicas de alongamento de unha

Maior resistência e esmaltes intactos por um mês. Esses são os principais benefícios das unhas artificiais – além de serem ultraestilosas. Entenda a diferença entre gel, acrílico, fibra e outros termos.

Foto: Deborah Maxx
PUBLICIDADE

Dua Lipa, Cardi B, Rosalia, Kylie Jenner... É longa a lista de ícones de estilo que, com suas unhas compridas e enfeitadas, vêm influenciando cada vez mais pessoas a usar a ponta dos dedos como forma de expressão. Consequentemente, as técnicas de alongamento também estão se popularizando.

Além do comprimento extenso quase instantâneo, as unhas artificiais também são mais resistentes que as naturais e permitem uma maior durabilidade do esmalte e da nail art. "Não descasca! Elas ficam praticamente intactas por cerca de 25 dias", garante a nail designer Carla Rocha, do Salão Due, em Belo Horizonte.

Apesar dos benefícios, os métodos de alongamento demoraram a ser valorizados no Brasil. A nail designer e instrutora profissionalizante Cintia Rodrigues, mais conhecida como Cindy Unhas, acredita que a falta de informações e as práticas informais contribuíram para que muita gente torcesse o nariz para eles por um longo período.

"Com as influenciadoras mostrando as vantagens nas redes sociais, muitas pessoas foram se interessando não só por adotar unhas artificiais, como por se especializar no ramo", comenta a especialista. Além do curso profissionalizante, ela mantém um canal no YouTube onde compartilha tutoriais e dicas sobre o tema com quase 870 mil inscritos.

PUBLICIDADE

Mas nem tudo são flores! Quem quer embarcar nessa onda deve ter cuidado extra com as mãos, já que apesar de mais resistente, o alongamento também é sensível. "É até engraçado falar, mas o jeito que as minhas clientes mais quebram as unhas é dando descarga no banheiro", alerta Carla.

"É preciso ter atenção ao abrir a porta do carro, tirar o cinto, mexer nas gavetas... E importante: unha não é abridor de lata." Segundo a mineira, o primeiro mês é mais complicado, mas logo as pessoas aprendem a readaptar os movimentos e veem que o esforço vale a pena.

Qual é a diferença entre unhas de gel, acrílico ou porcelana?

Existem diversas técnicas para conquistar a sonhada unha longa, a principal diferença é o material utilizado. Por baixo, para criar uma estrutura onde não tem unha natural e aumentar o comprimento de fato, vem sempre uma extensão que pode variar dentro do mesmo método. "Algumas pessoas confundem, acham que quando muda a base muda a técnica, mas é tudo a mesma coisa", comenta Carla.

Estas são as três possibilidades de extensão:

  • Tips: Significa, literalmente, "ponta" em inglês. Sabe aquelas postiças de plástico vendidas em farmácia? São bem parecidos com elas, mas feitos para colar apenas no final do dedo, bem na ponta das unhas, por isso o nome. Podem ser transparentes ou leitosas.

  • Molde: É um adesivo colado nos dedos e encaixado por baixo da unha natural para dar suporte apenas durante parte do procedimento. Quando a estrutura está firme, ele é retirado.

  • Fibra de vidro: Só funciona para a técnica em gel. São vários filamentos de vidro que são fixados na unha natural utilizando um gel específico para extensão.

Agora mãos à obra! Antes de qualquer coisa, afasta-se a cutícula com uma espátula e usa-se uma lixa elétrica para retirar a camada de oleosidade da unha. Essa preparação garante uma melhor aderência dos materiais. No entanto, a limpeza da cutícula e a esmaltação ou nail art são feitas só após o alongamento estar pronto. Em alguns salões, inclusive, as duas etapas são feitas por profissionais diferentes.

Quem já tem a unha natural forte e alongada não precisa das extensões uma vez que a estrutura já existe. Nesse caso, ao invés de "alongamento", o procedimento é chamado de "banho" e serve para deixá-la ainda mais resistente, além de garantir a maior durabilidade do esmalte.

Cindy ressalta que nenhum método é melhor que o outro. "Todos ficam resistentes, naturais e têm a mesma durabilidade. Cada profissional oferece o que mais domina, por isso existem tantas opções". Segundo as especialistas, os mais utilizados atualmente são:

  • Gel: Queridinha do momento! O nome vem do produto viscoso que é aplicado com a ajuda de pincéis específicos durante o procedimento. Primeiramente é utilizado um gel base para fixar a extensão e criar a estrutura, depois vem o gel de construção por cima para modelar a unha. A cada camada, os dedos precisam passar por uma cabine de lâmpadas UV ou LED para que o gel seque e fique rígido. Após serem lixadas e esculpidas, uma camada de gel finalizador (também chamado de top coat) é aplicada para selar tudo, garantindo um resultado mais natural, brilhante e resistente.

  • Acrílico ou porcelana: Uma mistura de pó acrílico e líquido acrílico (também chamado de monomer) é feita no próprio pincel, formando uma massinha que é aplicada sobre a unha e a extensão. Seca sozinho sem precisar ir na cabine. A estrutura fica um pouco mais rígida que as demais, então pode ser mais difícil de se chegar a um resultado natural.

  • Acrigel: As etapas são as mesmas do método em gel – inclusive a secagem na cabine –, mas o pó acrílico é misturado no gel base e no gel de construção. Essa combinação deixa o resultado ainda mais resistente e dificulta que o produto escorra durante o procedimento.

  • Acrilfix/New York/Star Nails: É sempre feita usanda as tips e costuma ficar mais fina que as outras. A mesma cola que fixa a extensão é usada para criar a estrutura do alongamento. Ela é específica para unha, não causa alergia, nem corrói. São três camadas alternando cola com pó acrílico, mas nesse caso o pó é aplicado colocando o dedo no potinho. Uma cobertura de monomer vem por cima de tudo para finalizar. Também não precisa de cabine para secar.

Quais são os principais formatos de unha

Em todas as técnicas, uma lixa elétrica é utilizada para esculpir a unha criando o visual mais natural possível. O formato da ponta fica por último, como ajuste fino e estilização. Carla conta um pouco sobre os mais populares:

  • Stiletto: "É mais pontuda parecendo uma garra." É o estilo que a Ariana Grande e a Lady Gaga usam no clipe 'Rain on Me'. O nome vem da palavra "punhal" em inglês.

  • Amendoada: "É a famosa unha do tempo das nossas avós." Chama assim porque fica igualzinha a uma amêndoa. A ponta é arredondada, mas um pouco mais fina que a base.

  • Quadrada: "É aquela ponta reta acompanhando a largura da raiz." Pode ser feita tanto com os cantos afiados quanto com eles mais arredondados.

  • Bailarina: "A ponta também é reta, mas é mais estreita." Lembra bastante uma sapatilha de ponta pressionada contra o chão, por isso o nome.
Unhas de Ariana Grande no clipe Rain On Me s\u00e3o chamadas de stilettoAs unhas que Ariana Grande e Lady Gaga usaram no clipe "Rain On Me" são chamadas de stiletto.Reprodução

Entre camadas de produto, secagem e lixamento, os procedimentos podem demorar entre uma hora e meia e 3 horas – fora o tempo da cuticulagem e da esmaltação ou nail art. Então apesar de a frequência na esmalteria, é preciso separar umas boas horas do seu dia quando marcar para fazer as unhas.

Como fazer a manutenção do alongamento de unha

"Qualquer técnica dura de 25 a 30 dias, dependendo do crescimento da natural e do cuidado da cliente", garante Carla. E o processo da manutenção é bem menos complicado que a aplicação completa. "O esmalte não descasca, mas vai ficando sem nada à medida que a unha cresce, é preciso retocar a parte que cresce", explica.

Depois. é preciso lixar novamente para controlar o tamanho desejado e refinar ou trocar o formato da ponta. A especialista diz que a extensão postiça é eliminada a partir do terceiro mês mais ou menos e então apenas a natural basta de suporte para todo o procedimento. Logo, ela passa a receber apenas um banho de produto e deixa de ser um alongamento.

Como usamos muito as mãos e acabamos nos descuidando, pode ser que uma ou outra unha se quebre nesse período. Aí é preciso refazer a técnica desde o início naquele dedo. Isso é chamado de reposição – que pode ser cobrada à parte dependendo do lugar. "Para não ter quebras nem descolamentos, eu indico a manutenção a cada 15 dias", comenta Cindy.

Como retirar o alongamento de unha

Cansou de desfilar por aí exibindo suas unhas enormes? O ideal é procurar uma profissional para a retirada da cobertura artificial. "Nunca puxe, arranque ou tente dissolver com a acetona. A remoção inadequada é o principal motivo de dano nas naturais após o uso de alongamento", alerta a instrutora e youtuber.

Carla explica que o acrílico e o acrilfix tendem a danificar menos porque vão se soltando aos poucos com acetona sendo usada do jeito certo. Já as técnicas que levam gel precisam ser retiradas com uma lixa elétrica. "Vai muito da profissional. Eu consigo lixar sem agredir a natural, mas é mais fácil dar errado."

Mesmo tomando todos os cuidados, a parte que estava coberta leva um tempinho para se recuperar completamente. Ela conta que "não existe nenhum procedimento feito por cima de algo natural do nosso corpo que não o danifique minimamente. O mesmo acontece com alongamento de cílios e com luzes no cabelo, por exemplo."

A retirada feita por profissionais garante que as unhas não se quebrem nem fiquem lascadas, facilitando a recuperação. Mas alguns cuidados são importantes para que elas cresçam fortes e saudáveis. Carla indica o uso contínuo de óleos fortificantes, cremes hidratantes e pomadas tipo Bepantol. E lembre-se: lixar corretamente, cuidar das cutículas e usar bases fortificantes são fundamentais sempre, tanto para as unhas naturais quanto para artificiais.

Rihanna, Beyoncé, Lady Gaga são algumas das celebridades que amam unhas alongadas


Dos grandes e já renomados ingredientes usados nos cosméticos às novas promessas da indústria, eis aqui seu novo guia de ativos para uma rotina com a sua cara!


Fortemente ligado à contracultura e excelente opção de customização, o tie-dye nem sempre foi abraçado pelas passarelas e vitrines, mas neste período de isolamento está por todos os lados. Saiba mais sobre sua origem e aprenda dicas de DIY.

PUBLICIDADE


Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE