• ASSINE NOSSA NEWSLETTER
  • O melhor da ELLE direto no seu inbox! Inscreva-se gratuitamente.
  • INSCREVA-SE AQUI
Colunistas

Eclipse oculto

Do que você tem se despedido?

PUBLICIDADE

Dizem que os eclipses são janelas de despedida protegidas pela sombra.

Pode ser que alguém abra dentro de si uma gaiola. O que sai dela pode ir sem tanto alarde, encoberto pela luz escassa. Talvez não seja bonito, talvez seja tímido, talvez não seja assunto para os olhos de mais ninguém.

Pode ser que uma palavra volte ao seu estado opaco, um senso comum qualquer que faz sentido por mínima convenção. As palavras e as pessoas esvaziam. Quando isso acontece em lugares importantes é preciso cuidado. Nada aí pede extravagâncias.

Palavras um dia importantes quando esvaziam deixam marca. Um nome desenvestido de chamado ainda escuta seu som por algum tempo, às vezes pra sempre. Certas palavras não se despedem da vida que tiveram em grandes cerimônias, só podem partir em intervalos minúsculos, em ínfimas distâncias.

Às vezes o que precede essas passagens quase invisíveis são longos períodos de luto, vividos à maneira de cada um, com ajuda ou contra o mundo. O resto de um luto sem mundo causa dores terríveis que se escondem em palavras desencantadas e empedernidas. É preciso lidar com elas e com o que não pôde ser ouvido, com o que aconteceu em silêncio.

Aquilo que pode ser vivido como fim compartilhado parece aceitar melhor a transformação. Há nisso certa paz.

PUBLICIDADE

Depois das hecatombes e mesmo diante da novidade de outras construções, algumas palavras vivem quietas o quanto for necessário. E um dia encontram o sim em um piscar de nada. Estão autorizadas, enfim, a partir. As palavras maiores vão primeiro, são mais resistentes ao horário comercial e à luz do dia. Mesmo que tristes, suportam ir embora diante do calor dos outros, aceitam testemunhas e não raro contam com sua força.

Mas há as mais difíceis de transformar, as que para isso enfrentam os mais inumeráveis processos e circunstâncias. Essas são as que exigem adeus em posição de eclipse.

Palavras pequenas, como eu e você.


Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE

A ELLE Brasil utiliza cookies próprios e de terceiros com fins analíticos e para personalizar o conteúdo do site e anúncios. Ao continuar a navegação no nosso site você aceita a coleta de cookies, nos termos da nossa Política de Privacidade.

Assine nossa newsletter

Doses Semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas as novidades e lançamentos da ELLE no seu inbox.
Increva-se gratuitamente.