PUBLICIDADE

Baseados em livros homônimos,Duna, Casa Gucci e A filha perdida chamaram atenção do público e da crítica em 2021. Este ano traz uma lista de novas adaptações feitas para o streaming e o para cinema, incluindo versões de clássicos e best-sellers contemporâneos. A seguir, confira dez delas para ler e assistir:

A serpente de Essex


Logo que a naturalista Cora (Claire Danes) se muda para o condado de Essex (Inglaterra), após a morte do marido, fica sabendo sobre uma suposta criatura mitológica que estaria atacando a população. Intrigada, ela decide investigar as origens do monstro e acaba se envolvendo com Will Ransome (Tom Hiddleston), líder religioso da comunidade, casado, e que também está determinado a acabar com os rumores que rondam a região. Ambientada no período vitoriano, a série da Apple TV+ é inspirada no livro de Sarah Perry.
Estreia : 13.05.

Conversas entre amigos


Lançado em 2017, Conversas entre amigos será o segundo romance de Sally Rooney adaptado para a TV. A produção chega dois anos após o sucesso de Pessoas normais e acompanha quatro personagens que dividem interesses amorosos e desejos em comum. A jovem escritora Frances (Alison Oliver), sua ex-namorada e melhor amiga, Bobbi (Sasha Lane), além do casal formado por Nick (Joe Alwyn) e Melissa (Jemima Kirke, de Girls e Sex education). Parte da equipe de Pessoas normais também assume a nova adaptação, incluindo o diretor Lenny Abrahamson (O quarto de Jack) e a roteirista Alice Birch (Lady Macbeth).
Estreia: 15.05 nos EUA (ainda não há data para o Brasil).

Persuasão


Escrito por Jane Austen (Orgulho e preconceito), Persuasão apresenta a história de Anne Elliot, uma mulher que deixou o amor de sua vida escapar, mas que anos mais tarde ganha uma segunda chance com ele, desde que esteja disposta a enfrentar os dilemas morais da sociedade inglesa do século 19. Repleto de crítica social, o romance foi o último trabalho completo de Austen e ganha adaptação como filme, via Netflix, com Dakota Johnson (A filha perdida) como protagonista.
Estreia: 15.07.

Um lugar bem longe daqui


O longa baseado no best-seller de Delia Owens é protagonizado por Daisy Edgar-Jones (Pessoas normais) no papel de uma jovem que passa a ser caçada pela polícia após a morte de um garoto. Vivendo isolada em um pântano desde que foi abandonada pelos pais na infância e hostilizada pelos moradores da cidade próxima, ela precisará provar sua inocência. Produzido por Reese Witherspoon após a obra ser incluída em seu clube de leitura, o longa traz uma canção original de Taylor Swift na trilha sonora.
Estreia: segundo semestre de 2022.

Em nome do céu


Andrew Garfield encara seu primeiro papel como protagonista em uma série de TV, após uma boa temporada nos cinemas, onde reviveu o Homem-Aranha, estrelou Os olhos de Tammy Faye ao lado de Jessica Chastain e foi indicado ao Oscar de melhor ator por Tick, tick... boom!. No drama policial Em nome do céu, ele interpreta o detetive mórmon Jeb Pyre, responsável por investigar o assassinato brutal de Brenda Laffertym (Daisy Edgar-Jones, mais uma vez) e de sua filha, que, aparentemente, possui ligação com a Igreja Mórmon. A produção é baseada no livro Pela bandeira do paraíso, de Jon Krakauer (de No ar rarefeito e Na natureza selvagem), e narra um crime que aconteceu nos anos 1980, nos Estados Unidos, discutindo ainda intolerância, violência e a criação da religião mórmon no país.
Estreia: em breve, no Star+.


Daisy Jones & The Six


Fenômeno no mundo literário, os livros de Taylor Jenkins Reid estão finalmente ganhando versões para as telas. O primeiro deles será o best-seller Daisy Jones & The Six, sobre uma banda de rock fictícia, fortemente inspirada no Fleetwood Mac, que decide contar sua trajetória, do auge à separação, em uma série de entrevistas. A versão encomendada pela Amazon Prime Video tem também produção-executiva de Reese Witherspoon, que afirmou ter devorado o livro em apenas um dia. No elenco, Sam Claflin (Peaky blinders) e Riley Keough (O diabo de cada dia).
Estreia: ainda não há data de lançamento no Brasil.

Meu policial


Ambientada na década de 1950, o livro escrito por Bethan Roberts vira filme pelo Amazon Prime Video e mostra um romance proibido entre dois homens, o policial Tom (Harry Styles) e o jovem Patrick (David Dawson), em uma época em que a homossexualidade ainda era considerada crime na Inglaterra. Por medo e segurança, Tom decide se casar com Marion (Emma Corrin), que é apaixonada por ele, e os três terão que lidar com as consequências desse triângulo amoroso. O livro foi lançado recentemente no Brasil pela editora Melhoramentos.
Estreia: segundo semestre.

JÁ ESTREARAM NESTE ANO: O BECO DO PESADELO


O beco das ilusões perdida
s, de William Lindsay Gresham, já ganhou duas versões para o cinema. A primeira em 1947, por Edmund Goulding, e a segunda, no começo deste ano, por Guillermo del Toro (A forma da água). A nova adaptação, que recebeu o título de O beco do pesadelo, segue a mesma premissa: espécie de faz-tudo em um circo, Stanton Carlisle (Bradley Cooper) aprende os truques de um número de vidência com o casal Zeena e Pette (Toni Collette e David Strathairn). O vigarista acaba usando as artimanhas para enganar um magnata com a ajuda de uma psiquiatra misteriosa (Cate Blanchett). O longa recebeu quatro indicações ao Oscar, incluindo melhor filme.
Onde assistir: Star+.

Pachinko



A história de Min Jin Lee sobre três gerações de uma família coreana que migrou para o Japão durante o século 20 é contada pela matriarca, Sunja. Pobre e grávida de um homem casado, ela aceita um casamento arranjado com um estranho e vai viver no Japão. Longe de casa, os salões de Pachinko (jogo de azar muito popular no país) se tornam a única maneira que ela e seus descendentes encontram para sobreviver. Em 2017, a obra escrita por Min Jin Lee foi eleita um dos dez livros do ano pela Time e pelo The New York Times, além de ter sido recomendada por Barack Obama. A adaptação pela Apple TV+ é narrada em inglês, coreano, japonês e conta com a vencedora do Oscar de melhor atriz coadjuvante Youn Yuh Jung e o ator Lee Min Ho, conhecido pelos fãs de k-dramas.
Onde assistir: Apple TV+

Iluminadas



Um assassino que viaja no tempo para matar mulheres é o cerne de Iluminadas, livro de Lauren Beukes que inspirou a série homônima lançada pela Apple TV+ no fim de abril. No suspense, a jovem Kirby (Elisabeth Moss) consegue escapar do serial killer (Jamie Bell) e precisa unir forças com o jornalista Dan Velázquez (Wagner Moura) para investigar o caso. Ambientada em Chicago, a história ainda se divide entre idas e vindas no tempo, enquanto a dupla tenta descobrir as motivações por trás dos crimes. Leonardo DiCaprio assina a produção-executiva.
Onde assistir: Apple TV+

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE

A ELLE Brasil utiliza cookies próprios e de terceiros com fins analíticos e para personalizar o conteúdo do site e anúncios. Ao continuar a navegação no nosso site você aceita a coleta de cookies, nos termos da nossa Política de Privacidade.

Assine nossa newsletter

Doses Semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas as novidades e lançamentos da ELLE no seu inbox.
Increva-se gratuitamente.