Cadastre-se em nossa newsletter para ler este e outros artigos.

Doses semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas os lançamentos da ELLE!
Inscreva-se gratuitamente.

  • ASSINE NOSSA NEWSLETTER
  • O melhor da ELLE direto no seu inbox! Inscreva-se gratuitamente.
  • INSCREVA-SE AQUI
Este vídeo faz parte do ELLE Stories, uma curadoria de vídeos, filmes e documentários inéditos feita pela equipe da ELLE Brasil, que você confere primeiro aqui, no nosso site.
PUBLICIDADE

Na edição de setembro da ELLE View, que teve como tema a dança e sua força pra transformações, trouxemos em duas matérias a importância da comunidade ballroom e do voguing para a cultura internacional e também para a brasileira, onde chegou com mais força entre nos anos 1980 e 1990.

Neste vídeo, idealizado por Ísis Vergílio e Suyane Ynaya e dirigido por KVPA, convidamos cinco nomes da cena paulistana para contarem sobre sua relação com a comunidade, com a dança, como começaram nela e se desenvolveram. Natasha Olubusayo, Félix Pimenta Zion, Cunanny 007, Brunessa Candace Zion Loppez e Puri Yaguarete participam de diferentes casas, mas pertecem a uma mesma cena acolhedora, que se prova cada dia mais necessária.

"A comunidade ballroom vem há anos resistindo e construindo novas narrativas e perspectivas pensadas por pessoas trans, negras e corpos dissidentes", diz Félix Pimenta. Como escreveu Ísis, na matéria Strike a Pose, a comunidade é um organismo vivo em constante movimento, ela é expansiva, potente e sua força está intrinsecamente ligada às conexões que são estabelecidas entre os personagens que integram essa rede. O senso de coletividade está no DNA de todos que compõem esse organismo e o coração da comunidade são todes que contribuem com sua pulsação.

PUBLICIDADE

Muitas pessoas que tiveram um primeiro contato com o voguing e com o ballroom podem imaginar que se trata apenas de performance com pouca ligação com a realidade, mas como dizia Jonovia Chase, "a comunidade ballroom não é um mundo de fantasias, é um mundo possível reimaginado".

Créditos
Direção, edição e design: KVPA
Beleza: Mari Kato
Edição de moda: Yumi Kurita
Concepção: Suyane Ynaya e Isis Vergilio com colaboração de Nathalia Levy
Direção de fotografia: Leo Kawabe
Direção de produção: Andre Bernardes
Produção de moda: Giovanna Gobbi
Produção executiva: Mariana Araujo e Mayra Dias
Mixagem e Tratamento de Som Direto: Lou Schmidt
Finalização de áudio: Compasso
Assistente de produção de moda: Leopoldo Mendonça
Assistentes de beleza: Andrey Batista e Carlaxane
Trilhas: "One Side: Your Body" por Edu Ferreira e "Creme" EVEHIVE, Biel Lima e Zaila



Dirigido por Filipe Rodrigues e produzido de forma colaborativa, videoclipe em homenagem a Cleiton Oliveira, morto pela polícia, traz cenas banais do cotidiano da periferia de Salvador captadas pelo celular de amigos – mas o espectro da violência se faz presente.

PUBLICIDADE
Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE