• ASSINE NOSSA NEWSLETTER
  • O melhor da ELLE direto no seu inbox! Inscreva-se gratuitamente.
  • INSCREVA-SE AQUI
PUBLICIDADE

Poderia ser uma charmosa casa de praia no Algarve ou no Alentejo. Mas é nas encostas de São Sebastião, no litoral norte paulista, que o Miradouro exala sua atmosfera mansa e acolhedora, idealizada por sua fundadora, Isabel Varandas, portuguesa de Trás-os-Montes.

Inaugurado há pouco mais de cinco meses no canal de São Sebastião, com vista para a Ilhabela, o hotel é um discreto refúgio emoldurado pela Mata Atlântica. Com visual contemporâneo, sua decoração é protagonizada pelo Oceano Atlântico, onipresente graças à geografia e às grandes janelas e varandas de suas 21 acomodações.

São apenas 21 quartos, todos com vista para o mar.Foto: Adriano Escanhuela

“A influência portuguesa vem de um uma nova visão de Portugal e de seu litoral, muito mais globalizado. Das tradições, trazemos a hospitalidade, o receber com fartura, a boa música, a boa bebida e um ambiente social agradável”, traduz Rafael Varandas, diretor estratégico do hotel e filho de Isabel.

Vai daí que inaugurar a estadia com um porto tônica é mera confirmação, reforçada por um menu que inclui camarões à moda alentejana, mexilhões ao algarve, bolinho de bacalhau e arroz de polvo. A bem dizer, as receitas inspiradas em memórias familiares demonstram, sobretudo, o cuidado com a hospedagem e a generosidade do serviço, sem que isso signifique bufês exagerados nem portuguesices batidas.

PUBLICIDADE


Amplas janelas e varandas levam a paisagem para dentro dos ambientes do Miradouro.Foto: Adriano Escanhuela

O brunch diário a la carte, por sua vez, fortalece o posicionamento: ao mesmo tempo em que evita o desperdício de alimentos, propicia pratos mais complexos. “Café da manhã tem um peso enorme na avaliação dos hóspedes. Fomos atrás dos melhores brunches de São Paulo para desenvolver o nosso”, conta Rafael.

Varanda de uma das suítes master: vista de 360º e banheira ao ar livre.Foto: Adriano Escanhuela

Em parceria com o HM Food, o Miradouro sugere que o ritual matinal comece com um shot antiinflamatório, à base de cenoura, mel, cúrcuma, gengibre e laranja e, na sequência, acena com uma sedutora lista. Há pães como o sourdough, brioche e sírio; salada de frutas do dia com leite de coco, chia e granola; bowl funcional com ovos mexidos, espinafre, abacate, tomate cereja e repolho roxo; panqueca sem glúten de banana e melaço; tostadas como a francesinha, com peito de peru, gruyère, molho mornay (um bechamel mais cremoso e queijudo) e gema; bolinho recém-assado, entre outros itens que não dispensam um café coado. De certo modo, o brunch seria o exemplo mais guloso do que o hotel propõe: fugir da mesmice, escapar das aglomerações e liberar dopamina – o que amplifica a sensação de calma e pontua como felicidade.

PUBLICIDADE


Piscina com wi-fi, rodeada pela Mata Atlântica.Foto: Adriano Escanhuela

Em tempos em que o escritório na firma não é mais expressão de produtividade, considerar esse cenário como “beach-office”, com internet até na piscina, não é nada mal, não é mesmo? Vários hóspedes já descobriram essa possibilidade. Mas seja para ter o luxo de trabalhar em um cenário paradisíaco, seja para descansar, pura e simplesmente, o plano ambicioso do Miradouro é ser mais do que um hotel de praia relaxante. A ideia, conta Rafael, é que os hóspedes terminem a estadia inspirados – com novas ideias de decoração, nova trilha sonora no repertório e, certamente, novos sabores para amar.

Miradouro Hotel: Av. Vereador Antônio Borges, 88, São Sebastião, São Paulo, tel. (11) 91032-2474. Diárias a partir de R$ 780.

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE

A ELLE Brasil utiliza cookies próprios e de terceiros com fins analíticos e para personalizar o conteúdo do site e anúncios. Ao continuar a navegação no nosso site você aceita a coleta de cookies, nos termos da nossa Política de Privacidade.

Assine nossa newsletter

Doses Semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas as novidades e lançamentos da ELLE no seu inbox.
Increva-se gratuitamente.