• ASSINE NOSSA NEWSLETTER
  • O melhor da ELLE direto no seu inbox! Inscreva-se gratuitamente.
  • INSCREVA-SE AQUI
Lifestyle

O pivô de Marcelle Bittar nas dietas

Top brasileira dá adeus aos maus hábitos alimentares e agora se dedica a divulgar uma alimentação saudável e com bom senso em seu consultório de nutrição.

Foto: Arquivo pessoal
PUBLICIDADE

Há alguns anos, fast-food, macarrão instantâneo e outros exemplos clássicos de alimentos ultraprocessados eram escolhas frequentes no cardápio da modelo Marcelle Bittar. Também havia dias, perto da temporada de desfiles, em que a junk food dava lugar a malabarismos alimentares: e dá-lhe dieta da sopa, suco detox e outras extravagâncias para tentar um enxugamento a jato de peso.

Mas tudo isso é passado. Aos 39 anos, a top paranaense divide seu tempo entre atendimentos em seu consultório de nutrição, uma pós-graduação na área e os cuidados com a filha Lis, de 3 anos – que incluem atividades na cozinha e idas à feira para estimular bons hábitos alimentares na garotinha.

Marcelle também está retomando aos poucos sua carreira como modelo, depois de um tempo dedicada exclusivamente aos estudos e à maternidade. “A ideia é conciliar minhas duas profissões, sem deixar de estar muito presente na vida da minha filha”, diz. Um dos caminhos para juntar as duas profissões, aliás, é falar sobre alimentação em agências de modelos: "É legal levar esse tipo de informação a um meio que conheço bem. Ainda há muitas meninas que convivem com distúrbios alimentares ou que fazem essas dietas da moda que acabam prejudicando muito a saúde delas", diz Marcelle.

PUBLICIDADE

A seguir, a modelo e nutricionista fala à ELLE sobre seus novos rumos profissionais e dá dicas para uma alimentação saudável e com bom senso.

O que levou você a estudar nutrição?

Sempre fui muito estudiosa. No backstage dos desfiles, minha forma de passar o tempo era lendo, e fazer uma faculdade já fazia parte dos meus planos. Acho que escolhi a nutrição por ser uma profissão muito prática, que pode ajudar a melhorar a qualidade de vida das pessoas. Eu vendi durante muito tempo a falsa ideia do corpo perfeito magro. Agora, cada vez mais eu quero levar para as pessoas a informação de que o corpo perfeito é aquele que tem uma pessoas feliz e saudável dentro dele.

Na época em que se dedicava totalmente a sua carreira como modelo, você já era uma pessoa que ficava atenta para o que você comia?

De jeito nenhum, eu comia muito mal! Muito hambúrguer, macarrão instantâneo e outros alimentos ultraprocessados. Na época, eu não tinha tanta informação sobre o assunto e paguei o preço por isso. Falta de energia, celulite e flacidez foram algumas das consequências. Saindo da adolescência, comecei a ficar mais atenta, mas foi realmente durante a faculdade que adquiri mais consciência sobre o que estava comendo e passei a me alimentar de uma maneira bem mais saudável.

PUBLICIDADE

E você chegou a fazer as chamadas “dietas da moda” nesse período com muitos desfiles e viagens?

Eu sempre fui naturalmente bem magra, mas me lembro que, quando chegava perto da temporada de desfiles, a gente fazia algumas loucurinhas, que vejo hoje como totalmente desnecessárias. Tipo a dieta da sopa ou dos sucos detox. Mas cheguei a ver várias meninas com distúrbio de alimentação, o que é muito grave. Ainda bem que a moda está um pouco mais consciente quanto a esse assunto e hoje há espaço para modelos com diferentes tipos de corpos, mas ainda sinto que há um longo caminho a ser percorrido.

Atualmente, o que você come em seu dia dia?

Na minha casa, eu brinco que comemos comida de verdade: sempre tem arroz, feijão, saladas e verduras, e vou variando as proteínas ( frango, carne bovina etc.). Não tomamos refrigerante e evitamos ao máximo industrializados e processados. Mas não sou nada radical, adoro sair para comer hambúrguer com batata frita de vez em quando, e não há problema nenhum nisso. Ruim são sempre os excessos. Comer hambúrguer várias vezes por semana não vai fazer bem para o seu corpo nem para a sua saúde.

PUBLICIDADE

E como é ser uma mãe nutricionista?

Claro que eu ficaria feliz se ela gostasse de tudo que é saudável e rico em nutrientes, mas infelizmente tem alimentos que não consigo convencê-la a comer. Mas, no geral, ela não é uma criança difícil quando se trata de alimentação. Eu acho que o fato de chamar a Lis para me ajudar na cozinha e as visitas frequentes à feira para comprar os legumes e verduras da semana contribuíram muito para ela se interessar por experimentar várias coisas, o que foi ampliando o cardápio de possibilidades nas refeições do dia a dia.

Quais as dicas que você daria para alguém que está em busca de uma alimentação mais saudável ?

Incluir ao máximo em suas refeições alimentos in natura, como frutas, verduras e legumes, e evitar os processados e ultraprocessados. Ingerir muita água por dia – costumo multiplicar o peso da pessoa por 35 ml para saber a quantidade diária ideal. Muita gente se preocupa demais com os macronutrientes, como proteínas, carboidratos e gorduras, mas os micronutrientes, como as vitaminas e os minerais, são extremamente importantes para seu corpo. Eles contribuem, por exemplo, para deixar sua pele mais bonita e ajudam o seu intestino a funcionar melhor. Quanto às dietas, acho importante fugir daquelas mais imediatistas e que prometem milagres em pouco tempo. Eu acredito em resultados a partir de uma rotina alimentar. E, por último, sempre costumo dizer que não há um alimento vilão: é sempre a soma do que você comeu no dia que conta. Se você gosta de doces, não tem que se privar de comê-los, mas ficar atento para não exagerar na quantidade.

Você tem atendido muitas modelos?

Talvez seja algo que aconteça com o tempo, mas dentro desse quase um ano de atendimento ainda não tive nenhuma. Há pouco tempo, me sugeriram falar sobre alimentação nas agências de modelos e achei a ideia muito boa. É legal levar esse tipo de informação a um meio que conheço bem. Ainda há muitas meninas que convivem com distúrbios alimentares ou que fazem essas dietas da moda que acabam prejudicando muito a saúde delas.

Quais são os seus projetos no momento?

Eu quero continuar me aperfeiçoando cada vez mais dentro desse meu novo caminho profissional. Agora estou fazendo uma pós-graduação na área e minha ideia é seguir sempre fazendo cursos. Também estou abrindo espaço novamente na minha agenda para trabalhos como modelo, depois de um período quase que exclusivamente dedicado à maternidade e à nutrição.

Tenha acesso a conteúdos exclusivos
ASSINE A ELLE

A ELLE Brasil utiliza cookies próprios e de terceiros com fins analíticos e para personalizar o conteúdo do site e anúncios. Ao continuar a navegação no nosso site você aceita a coleta de cookies, nos termos da nossa Política de Privacidade.

Assine nossa newsletter

Doses Semanais de moda, beleza, cultura e lifestyle, além, é claro, de todas as novidades e lançamentos da ELLE no seu inbox.
Increva-se gratuitamente.